Comprar uma moto usada é uma boa maneira de obter uma máquina funcionando perfeitamente barato e ao mesmo tempo aumentar o seu orçamento para que você obtenha em uma moto muito mais completa. Estas são apenas algumas das vantagens que comprar uma moto usada vai trazer.

Comprando muito mais por muito menos

Ao comprar uma motocicleta usada, você pode comprar uma moto melhor por menos dinheiro. Por exemplo, uma Honda Sahara NX 350 de 1999 em bom estado de conservação pode ser comprada por R$5.000 a R$7.000, enquanto uma Honda XRE 300 2014 não sai por menos de R$13.000 e uma Falcon NX 400i 2014 não sai por menos de R$18.000. Este é só um exemplo ilustrativo.

Botando nosso exemplo em dados mais genéricos, uma motocicleta nova desvaloriza cerca de 30% quando sai da concessionária. Isso significa que se você comprar uma moto do ano vigente de alguém que acabou de tirar a moto da concessionária, você pagará cerca de 30% menos do que o valor à vista. Junte isso à uma desvalorização anual que todas as motocicletas tem e a cada ano, você terá uma moto mais barata para comprar.

Com uma moto mais barata, você ainda vai ter mais dinheiro para comprar acessórios e até uma moto mais completa, com mais opcionais, como protetores de manopla, mata-cachorro, bagageiros, bauletos e muito mais. Mas para comprar uma moto usada realmente valer a pena, você precisa estar disposto a algumas coisas, além de uma boa pesquisa e algum conhecimento de mecânica.

Esteja disposto a viajar

Valores de motocicletas usadas variam muito com base na localização geográfica. Preços no mercado de usados é baseado na oferta e na demanda e no quanto as pessoas em qualquer área geográfica estão dispostas a pagar. Por exemplo, em cidades do interior você pode encontrar motos de maior cilindrada mas mais antigas muito mais baratas, assim como motos em cidades litorâneas são mais baratas por enfrentarem a maresia e terem a tendência a um desgaste maior. Se você está disposto a ampliar a sua pesquisa em áreas que não estão sujeitas a modismos, você tem uma chance muito maior de conseguir um negócio melhor.

Valor de adições e melhorias na motocicleta

Comprar uma moto usada é uma maneira de obter uma motocicleta com as opções de pós-venda que você quer já instaladas. A desvantagem é que o vendedor muitas vezes acredita que as adições de reposição valem o valor que ele pagou por elas (incluindo o que eles pagaram para a instalação). Pneus novos, uma mudança de óleo fresca, um banco de viagem mais confortável (tipo sela) ou sistema de escape melhor são adições agradáveis ​​para uma moto usada e você vai economizar um bom bocado. Esses itens vale ma pena pagar um pouco mais para, enquanto espelhos e mudanças mais estéticas não valem muito a pena o preço extra.

Quantos quilômetros rodados são demais?

O mercado de motocicletas usadas é interessante por causa do inventário variado dentro dele. Tenho um amigo que acha que bater 2,000 km em um ano é um monte de pilotagem. Muitas pessoas vêem motocicletas como brinquedos de fins de semana, o que contribui para a ideia de que motores de motocicleta não podem lidar com o uso regular. Se você tiver duas opções idênticas lado-a-lado e uma tem 20 mil km a menos, é obviamente  a melhor compra. Se a moto que você quer tem 30-40 mil km e parece que foi muito bem cuidada no processo, não tenha medo de comprar a moto que você quer pois o motor tem muita vida nele. Já vi muitas motos com 5 mil km parecerem bem mais rodadas do que motos equivalentes com 40 mil km rodados.

Vantagens de comprar motos usadas

As motos usadas te dão uma flexibilidade maior de faixa de preços, mas demandam uma maior pesquisa e compreensão do mercado para que você realmente não saia no prejuízo. (Foto: motorvehichle.blogspot.com)

Seja agradável (de verdade) durante a negociação

É o seu direito de oferecer quanto você pode se dar ao luxo em pagar por uma moto usada. Oferecendo muito pouco, no entanto, pode ser tomado como uma ofensa pessoal, e pode ser a diferença entre uma venda ou não, por isso conheça o mercado, conheça o produto e ofereça algo justo. Você nunca sabe quando o vendedor tem adições e melhorias que ele planejava vender separadamente, mas vai oferecer para você porque o tratou com respeito. Lembre-se, todos nós estamos apenas tentando tirar o máximo proveito do nosso dinheiro.

Peça por registros de serviço e manuais

Ter os registros do serviço pode dizer se uma motocicleta foi mantida bem cuidada durante a sua vida anterior. Verifique se a moto teve suas revisões regulares, ao mesmo tempo, esteja à procura de qualquer coisa irregular. Além disso, procure pelo serviço anterior mais recente para determinar o que você vai precisar e quando  vai precisar. Uma motocicleta a 400 km de uma revisão completa pode ficar algumas centenas de reais mais cara.

Test drive SEMPRE

Sim! Não existem garantias na compra de usados, não importa o quanto o vendedor diz que tem um mecânico que você pode visitar ou em quanto tempo ele vai encontrar essas peças extras para ele. É muito importante aprender o máximo sobre a moto quanto possível. Motociclistas gostam de mexer com as suas motocicletas e é importante para ter uma ideia do que você está considerando. Apenas certifique-se de trazer sua carteira de motorista e equipamento de segurança.

Faça uma avaliação mecânica da motocicleta ou tenha um mecânico para avaliá-la para você

Se você tem conhecimentos de mecânica de motocicletas, ótimo. Agora, se você não tem muito conhecimento de mecânica e quer proteger suas apostas um pouco, vale a pena pagar um mecânico para olhar para uma nova aquisição em potencial. Sim, você vai perder alguns dos benefícios financeiros de comprar usado, mas você também vai ter uma ideia muito melhor de onde você está se metendo. Veja se o vendedor vai deixar você levá-la em algum lugar, ou traga o seu mecânico junto para a avaliação.

Considerações Finais

Vale lembrar que seguir conselhos de amigos pode ser uma faca de dois gumes. Quando comprei minha primeira motocicleta, uma Honda Sahara NX 350, pedi para um amigo testar a moto e levar a um mecânico de confiança dele. Teoricamente, este meu amigo sabia mais sobre motos do que eu. Depois de mais de R$2.000 investidos em reparos da motocicleta, vários pontos de quebra das carenagens descobertos depois, reparos mal feitos e um curso de mecânica de motos que fiz depois, sei que ele estava muito errado sobre a qualidade da moto, resultando em um prejuízo que acabou se tornando um grande aprendizado. Afinal, hoje estou restaurando a moto por completo, o que se tornou um passatempo e hobby bem relaxante.

Compartilhe os seus conselhos conosco. Será que você também não quer reparar uma motocicleta? Quais são as suas estratégias para conseguir o melhor negócio quando comprando uma moto usada? Você acha que vale a pena a moto usada?

2 comentários para “Vale a pena comprar moto usada?”

  1. Gilnei

    Show de bola o artigo, gostei!

    Responder
  2. Adriano

    Muito elucidativo matéria.

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)