As motocicletas custom são extremamente populares entre o público motociclista. Quando o sonho de possuir uma finalmente se torna uma realidade, a questão pode surgir: será que eu fiz a escolha certa? Este guia pode ajudá-lo a fazer a escolha certa na primeira vez. Tenha em mente que, embora exista uma categoria no mercado chamada “Customs” ou “Cruisers”, o termo abrange uma variedade de motocicletas que variam de pequenas a grandes, com vários modelos entre esses extremos. Normalmente, uma custom tem uma posição com as costas inclinadas para trás, ao contrário de um padrão que funciona melhor quando você está sentado totalmente na posição vertical. Há uma série de considerações que irão ajudá-lo a determinar o caminho certo para escolher sua custom.

O que está pensando ao procurar uma moto estradeira custom?

Quando você pensa em comprar uma motocicleta custom, como será o futuro para você? Você estará usando no dia a dia ou em uma viagem de fim de semana? Você se vê vestindo roupas de couro e se unindo a outros motociclistas para fazer alguns passeios juntos? Você realmente só quer possuir a moto porque vai ser bonito de se ver e deixar exposta na garagem e, ocasionalmente, dar um passeio? Ou talvez você queira se vestir bem e cruzar o país numa moto dessas? Você não seria o primeiro a pensar nisso tudo. Conhecer as respostas a essas perguntas ajudará você no caminho da seleção sem arrependimentos.

Ergonomia da moto custom

Como afirmado anteriormente, uma moto custom normalmente tem uma posição de costas inclinadas. Isto é importante para entender como você estará suportando o peso da extremidade superior do seu corpo, utilizando um número de músculos que você normalmente não usa muito na vida cotidiana. Depois de 500 km, isso pode desgastar você se você não estiver fisicamente à altura da tarefa. Se você tem uma barriguinha de chope, pode ser ainda mais estressante.

Experiência com as motos custom

Se você é um novo piloto e acha que uma custom é ideal para você, é importante não pegar um modeo muito grande desde o começo. Deixar cair uma moto grande e cheia com apenas algumas semanas ou meses sob seu comando pode ser caro e deixar um gosto desagradável em sua boca. Há aqueles que escolheram uma moto grande para começar e venderam de volta para o revendedor e se despediram de seu sonho de viagem quase tão rápido quanto começaram. Não deixe que seja o caso para você.

É simples o suficiente para começar com uma pequena moto custom e se preparar para a bicicleta dos seus sonhos ao longo de meses e quilômetros de experiência. Gostaríamos de dizer que colocar 6000 km a 10000 km no primeiro ano de direção é o suficiente para atingir o nível de conforto de subir para o próximo tamanho de custom, mas é claro que todos são diferentes, então isso é apenas uma regra guia para trabalhar. No final, só você pode saber quando você está confortável para ir para o próximo nível.

Outra coisa boa sobre começar pequeno é você pode comprar uma moto usada e vendê-la logo depois recebendo quase o mesmo que pagou por ela.

Tenha consciência de que mostos custom de baixa cilindrada não ir]ap realizar o seu sonho de montar para longas viagens ainda, mas elas irão fornecer os meios para aprimorar as habilidades você precisa andar de moto maior depois. E todas elas tem um bom retorno sobre o valor quando é hora de revender.

E não deixe que o vendedor te diga que uma moto de mais de 800 cc é uma boa moto custom para começar, pois não é. É muita moto para o piloto iniciante. Você deve buscar 500 cc para baixo.

Se você está andando há algum tempo e suas habilidades e agilidade estão no ponto em que você pode lidar com uma moto maior, então as possibilidades se expandem. Se você está saindo da categoria abaixo de 500 cc, aconselhamos que considere uma moto de 600 cc a 1.000 cc. Talvez mais uma experiência de comprar e vender antes de pular para modelos acima de 1.000 cc.

Motos custom

Motos custom proporcionam uma experiência confortável nas estradas, e são motos que todos nós lembramos quando falamos de motoqueiros. (Foto: motostation.com)

Idade e agilidade nas motos custom

Nós vemos muitos pilotos que voltam para as motos. Aqueles que costumavam pilotar casaram-se, tiveram filhos, e agora as crianças se mudaram e esses ninhos vazios querem voltar para a estrada e retomar a corrida. Se é seu caso, considere-se um novato como o piloto da primeira vez. Muita coisa mudou no treinamento, então por que não se inscrever em um programa básico de corrida oferecido por pilotos profissionais e voltar a andar com uma atualização de habilidades? Talvez até considere uma moto pequena ou média antes de pular em uma de grande tamanho.

E como é essa agilidade? Você é capaz de pegar uma moto de 350 kg quando você a deixa cair? Talvez voltar à forma seja necessário também. Algum treino leve, um pouco de Ioga? Mesmo uma hora por dia combinação de caminhar e fazer jardinagem faz maravilhas para obter o seu equilíbrio até o que você precisa para pilotar sobre duas rodas.

Onde você vai se encaixar com sua moto custom

O tipo de moto que você escolher será considerado uma declaração para os outros sobre quem você é. Se você comprar uma Harley, é como se você estivesse em um clube especial de entusiastas da Harley onde quer que você vá e muitos esperam que você tenha uma lealdade para a marca. Pode ser essa coisa de tribos e marcas não se encaixa no seu perfil. Mas se um grupo e estilo de pilotagem é sua “onda” com uma motocicleta, motos custom tem sua própria “vibe” e uma personalidade muito forte.

Quão longe você vai ir com sua custom?

Se o seu plano é dirigir milhares de quilômetros por ano, com certeza você preferiria ficar longe de uma moto rígida do tipo que não tem suspensão na traseira. Claro, nós ouvimos os contos daqueles que viajaram em motos pequenas com suspensões duras, mas você sabe, enquanto eles estavam nas motos, não era a viagem mais confortável. Com exceção de alguns modelos, a maioria das motos custom vem com suspensão dianteira e traseira. Se você planeja fazer viagens longas, procure uma moto que já esteja configurada para isso, ou que seja adaptável mais tarde. Bagagem a bordo é a primeira consideração, um quebra vento alto seria outra.

Motos custom: preço

O preço típico das motos custom varia muito. Por isso, você deve saber quanto você quer gastar e por que antes de ter seu primeiro encontro e cumprimentar o vendedor da loja. Uma palavra de cautela aqui: seu banco pode ficar feliz em lhe dar todo o dinheiro que quiser, mas o que você faria se precisasse de dinheiro para emergências? Suas finanças continuaram saudáveis? Pense bem nisso antes de comprometer suas finanças com um financiamento de moto.

Não é apenas o preço da moto a considerar, mas você também vai querer considerar quaisquer modificações adicionais que você queira adicionar imediatamente. Estes podem vir como compras de produtos de terceiros ou, em alguns casos, pacotes especiais estão disponíveis pelo modelo. Complementos práticos incluem bagagens, uma proteção contra o vento, suspensão reforçada, assento personalizado, barras de freio e linhas de freio Kevlar. Suplementos menos práticos podem incluir um escapamento revisado que é muito barulhento, franja de couro no guidão, pintura personalizada e muitas outras coisas.

Complementos e modificações são o que fazem a moto sua. Você vai optar pelo pacote de suspensão oferecido pelo revendedor, ou poderia gastar melhor o mesmo dinheiro investindo em uma melhor configuração de suspensão adequada para você no mercado paralelo? Pense nessas possibilidades.

Então, isso é tudo para pensar por você como você determina a sua primeira ou próxima compra de motocicleta customs. Esperamos que a sua experiência seja boa e parabéns antecipadamente pela sua nova moto. Não se esqueça depois de voltar nos comentários abaixo e contar como fez e decidiu pela sua compra!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)