Moto ou carro usado? Ajudamos você a decidir!

Escrito na categoria "Automóveis e veículos" por André M. Coelho.

O sonho do meio de transporte pessoal. Seja um carro ou moto, é quase sempre um desejo das pessoas adquirir um destes veículos para uma melhor mobilidade nas cidades e estradas. Seja seu primeiro veículo ou apenas o momento de trocar seu veículo antigo, você terá que se decidir entre um novo ou um usado. Mas não é tão difícil decidir isso.

Para um carro, quase sempre é melhor comprar um veículo usado, mesmo com a redução de IPI. Dizemos isso porque um carro novo perde muito valor ao sair de uma concessionária. E ao comprar um carro usado, em boas condições de uso, você terá uma desvalorização anual muito menor. Porém, se você quer um carro que atenda melhor ao seu gosto pessoal, talvez só comprando um veículo novo que você conseguirá ter todos os opcionais e itens de série que deseja, mesmo que gaste um pouco a mais na compra.

Motos já exigem uma abordagem diferente. É muito fácil disfarçar danos de quedas e problemas em motocicletas. Por isso, só recomendamos a compra de motocicletas usadas se você tiver um conhecimento avançado de mecânica ou conhecer muito bem o antigo dono da moto, tendo certeza absoluta de que ele a mantinha com uma excelente manutenção. A moto nova sai mais cara, mas vai te dar muito menos dores de cabeça. Pegue como exemplo meu caso: comprei uma moto usada e já gastei mais de 50% do valor que paguei só em reparos mecânicos nela. E ainda não estou nem perto de terminar.

Decidir entre um veículo novo ou usado

Tanto o lado financeiro quanto o lado pessoal tem que ser levados em conta na hora de decidir sobre a compra de um veículo para você e sua família. (Foto: rmtonline.globo.com)

Na maior parte dos casos, a decisão por um veículo usado ou novo será tomada de acordo com os recursos financeiros disponíveis. Você pode ser até paciente, esperar um pouco e economizar para um veículo novo. Ou também, pode optar por um financiamento ou empréstimo bancário para conseguir o veículo de seus sonhos. Tanto motos quanto carros novos perdem muito valor assim que saem da concessionária. Encontrar um veículo bem conservado também é difícil, mas não impossível. Saiba bem as necessidades que você tem para o veículo ideal antes de tomar sua decisão. Você pode cortar um banco de couro de um carro, mas será que pode cortar o ar condicionado? Todos os opcionais tem um preço que você tem que estar disposto a pagar. Sabendo disso, você estará apto a decidir pelo tipo certo de veículo para seu bolso e seu gosto.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário