Como escolher um bom mecânico para moto ou carro?

Escrito na categoria "Dúvidas automotivas" por André M. Coelho.

Um bom mecânico é vital para garantir a segurança de seu carro e sua família. Então como é que você  pode encontrar um mecânico bem confiável?

Peça referências

Pergunte a amigos, parentes e colegas. O boca a boca é uma das ferramentas de marketing mais eficazes que qualquer empresa pode usar, por isso, quando alguém que você conhece e confia lhe dá uma recomendação, você pode estar no caminho certo.

Faça sua pesquisa

É o mecânico associado com grandes marcas e empresas, licenciado, correto, que segue as normas da profissão, aderindo a um código de ética e garantindo o seu trabalho? Será que eles têm um site que você pode conferir? Ele está sempre disponível pelo telefone?

Entreviste seu mecânico

Há uma série de perguntas que você deve fazer para garantir que seu mecânico está entregando o melhor serviço possível. Algumas delas incluem:

Necessidades de quem tem um carro

Um bom carro precisa de um mecânico. E um bom mecânico precisa de alguém que saiba encontrá-lo. (Foto: divulgação)

Há tantos outros elementos a considerar. Será que vão deixar você assistir enquanto eles trabalham? As áreas de recepção e a oficina são limpas? Utilizam equipamentos de segurança enquanto fazem os trabalhos? Eles te mostram suas peças antigas para mostrar o desgaste de cada uma? Será que eles te chamam para aprovação de orçamentos antes de prosseguir com qualquer grande reparação? São os uniformes mecânicos limpos e bem conservados?  Lembre-se sempre que um bom mecânico deve tratar todos os clientes – homens e mulheres – com respeito e cortesia. Encontrar um mecânico de qualidade é importante para a vida do seu carro e a segurança de sua família. Não subestime isso, tome o tempo para encontrar um bom mecânico e confie em seus instintos e sua avaliação. Salve seu dinheiro e evite ter que sempre acionar seu seguro.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário