Se você está sonhando em comprar uma moto há anos, pode ser difícil saber como transformar essa fantasia em realidade. No entanto, não há apenas um melhor momento para começar a busca da moto que é certa para você. Você é quem cria esse momento.

Em muitos aspectos, o processo de compra de uma motocicleta é semelhante aos passos que você segue para comprar um carro. Para a maioria das pessoas, os dois tipos de veículos são uma grande compra. Portanto, você quer evitar a tomada de decisões descuidadas.

Passo 1: O que você quer na sua moto?

Estilo de direção. Quando você está comprando uma moto, a primeira coisa que você precisa decidir é o tipo de moto que você quer. Isso requer pensar sobre a posição e estilo de dirigir que você pretende assumir. Você quer andar sobre pistas de terra ou trilhas? Você quer andar na auto-estrada? Obviamente, não há resposta certa ou errada a estas perguntas. Basta ser honesto com você mesmo.

Passageiros. Outro fator importante a considerar na compra de sua moto é se você pretende ou não transportar passageiros. Andar com um convidado é uma tarefa melhor para deixar a um condutor mais experiente. Mas, já que você provavelmente vai manter a sua motocicleta durante vários anos, é sábio planejar com antecedência.

Passo 2: Faça seu dever de casa

Pesquisas e comparações. Depois de ter decidido como você planeja usar sua moto, é hora de fazer alguma pesquisa preliminar. Visite os sites de fabricantes de motos para saber mais sobre os mais novos estilos. Procure informações sobre os preços em revendedores, recursos e acessórios. Faça anotações cuidadosas ou imprima um pacote de informações para levar com você para o revendedor. Compare motos usadas e novas, além de diferentes fabricantes.

Leia comentários de usuários das motos que você está comparando. Ler comentários de clientes de diversas marcas e modelos de motocicletas também pode ser útil. Embora seja verdade que muitas características são uma questão de preferência pessoal, estes comentários devem ser capazes de lhe dar uma ideia melhor se uma moto específica vai atender às suas necessidades.

Peça opiniões e ajuda. Se você tem amigos e familiares que também são entusiastas da motocicleta, peça opiniões sobre motos e revendedores específicos. Ouvir que o João teve uma má experiência na concessionária X pode te levar a escutar o conselho do José, que elogiou o atendimento da concessionária Y.

Escolhendo a moto certa

Cuidado ao comprar uma moto de grande potência. Muitos acidentes ocorrem porque o comprador escolheu uma moto de potência muito maior e com as quais eles não estava acostumados na condução. (Foto: modernbarber.co.uk)

Passo 3: Comprando uma moto com um orçamento apertado ou economizando na compra da moto

Muitas pessoas que sonham em possuir uma motocicleta adiam a compra por causa da despesa. No entanto, existem maneiras que você pode fazer a compra de uma motocicleta mais acessível.

Não tenha medo de negociar. Se você estiver comprando uma moto nova, tente obter o preço tão próximo possível ao preço de varejo sugerido pelo fabricante. Lembre-se que você terá que pagar os impostos, taxas e documentação após a compra. Use essas taxas na sua negociação, se possível.

Busque os modelos do ano anterior. Um negociante de carro geralmente marca para baixo o preço do estoque antigo para dar espaço para os mais novos modelos. Vendedores de motocicletas não são diferentes.

Pague em dinheiro/à vista. Se você pode se dar ao luxo, ofereça-se para pagar em dinheiro/à vista pela sua motocicleta. Muitos negociantes vão lhe dar até 10% de desconto para isso.

Cuidado ao usar sua motocicleta antiga como entrada. Se você está negociando em uma motocicleta antiga para ganhar crédito para a sua compra, não confie que vendedor irá te oferecer um preço justo. Faça alguma pesquisa para descobrir o quanto sua moto velha realmente vale e de preferência, tente vendê-la de forma independente.

Não esqueça os benefícios de comprar uma moto usada. Como carros usados, motos usadas podem ser uma verdadeira pechincha. Confira o guia de preços da tabela FIPE para saber mais sobre o custo médio de motocicletas de uma marca, modelo ou condição específica.

Passo 4: Faça sempre o test drive da motocicleta

Antes de comprar uma moto, pegue a moto para um test drive, seja ela usada ou nova. Você vai querer verificar que o assento é confortável e ter certeza que seus pés podem atingir o chão. Uma boa motocicleta deve tornar mais fácil para você parar, acelerar e desacelerar. Preste atenção extra à forma como lida com a moto nas curvas.

Se você está olhando para uma moto usada, você também vai querer prestar muita atenção para a condição de pneus, freios, faróis e setas. Se você está comprando a moto de um vendedor particular, peça cópias de todos os registros de manutenção.

Qualquer insegurança que você tiver com a moto usada, siga seus instintos e parta para a próxima.

Passo Final: legalizando sua motocicleta

Depois de ter comprado uma motocicleta, você vai precisar para completar o processo de registro no DETRAN do seu estado. É ilegal operar uma motocicleta que não foi devidamente titulada e registrada com a transferência para seu nome após 30 dias da compra da motocicleta.

Se você comprar a sua moto de uma concessionária, um representante de vendas irá ajudá-lo a completar a papelada necessária. Se você estiver comprando uma moto usada, certifique-se de que o vendedor oferece-lhe uma cópia do título e de registo que está em seu nome. Se o vendedor não pode fornecer estes documentos, a motocicleta pode ter sido roubada.

Após a compra, não se esqueça de fazer um check-up na motocicleta e manter a manutenção em dia. A parte mais fácil é escolher a moto. Difícil é mantê-la em um bom estado de conservação, com responsabilidade.

Vocês tem mais dicas sobre como comprar uma moto? Deixem suas dicas nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)