Recentemente falamos aqui no site sobre algumas formas de se conseguir dinheiro emprestado tendo o automóvel como garantia. A troca com troco da qual falamos agora é apenas mais uma maneira de disfarçar um empréstimo bancário ou mesmo fazer um refinanciamento do seu veículo.

A troca com troco funciona da seguinte maneira. Suponha que você precise de 15 mil reais para pagar uma dúvida qualquer. O seu carro que já está quitado vale 30 mil reais, mas você não pode vendê-lo pois precisa dele para o trabalho, mas precisa trocá-lo por um mais novo. Uma opção seria fazer um refinanciamento comum, que nada mais é do que vender o seu carro à vista e comprá-lo novamente financiado, pagando juros. Um empréstimo disfarçado.

Outra opção é fazer a troca com troco, que também pode não ser muito atrativa. Na troca com troco, seguindo o exemplo acima, suponha que você queira aproveitar para pegar um carro mais caro, de 35 mil reais. Só por aí já dá para ter um idéia de como o problema tende a aumentar. Você tem uma dúvida e ainda vai comprar um carro mais caro. Claro que poderia ser um veículo mais barato, mas a situação é parecida.

Na troca com troco você “venderia” o seu carro por 30 mil reais, pegaria os 15 mil que precisa para pagar a sua dúvida (o troco) e os 20 mil restantes para completar o valor do novo carro são financiados pelo banco ou financeira. Pode parecer muito vantajoso a princípio mas você irá pagar juros e taxas para conseguir toda esta facilidade e prazos. Você paga mais caro para não ter tanta dor de cabeça e já sair com seu carro na hora. Certamente não pagarão no seu usado o valor de mercado e possivelmente haverá comissões da agência de veículos embutidas no valor do carro novo. Além disso pode haver alguma comissão da financeira para a agência por ter intermediado o negócio. Você cliente é quem paga por tudo isso.

Portanto a máximo de que “não existe almoço grátis” continua valendo aqui: para ter dinheiro e carro novo na hora, você pagará mais caro.

Claro que, dependendo da taxa de juros da dívida que estiver sendo paga, pode valer a pena toda esta negociação para quitar o quanto antes. Vender um carro e comprar outro diretamente no mercado pode ser bem complicado se você não tem tempo sobrando.

Troca com troco

Escolha um veículo mais novo e ainda saia com dinheiro no bolso?

A dica principal é: se vai refinanciar o seu carro ou fazer a “troca com troco”, calcule muito bem todas as taxas de juros envolvidas e outra taxas que tenha pagar para fazer todo o processo. Depois compare com as opções de empréstimo bancário a que você tem acesso. Escolha sempre a que lhe permite pagar menos juros, pois será a melhor maneira de sair das dívidas.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)