Seria bom ter um carro novo a cada ano, mas há maioria de nós não pode se dar ao luxo de fazê-lo. Consórcios e financiamentos tem facilitado a obtenção de um carro novo algo mais realista, enquanto algumas pessoas apreciam esperar mais tempo economizando para dar uma entrada maior ou comprar o carro à vista.

No entanto, depois de 10 anos ou mais, pode custar tanto para manter um veículo quanto é para comprar um novo. Por outro lado, alguns motoristas afortunados podem achar que o carro mais velho ainda funciona bem, e enquanto ele está rodando corretamente (com freios, suspensão e outros sistemas funcionando), não há necessidade de substituí-lo.

Se você está descontente com o seu veículo, considera obter um novo. Mas também considere o risco de desistir de um veículo funcionando por um diferente. Você deve levar em conta uma série de outros fatores, incluindo os seguintes:

  • Sua situação financeira;
  • Opções de financiamento/pagamento;
  • Características de seu veículo atual, tais como tamanho, ar condicionado e segurança;
  • Transporte e outras necessidades de condução;
  • Preferência pessoal.

O dinheiro é o mais importante

Obviamente, todos nós gostaríamos de pegar um novo Porsche ou Ferrari sempre que alguma coisa com o nosso carro existente desse errado, mas um veículo realmente deve ser visto como um investimento de longo prazo de, pelo menos, alguns anos.

Situe-se financeiramente

O ponto de partida para determinar se é hora de um novo veículo é a sua situação financeira. Você pode estar desejando que seu carro tivesse um pouco mais de potência, o ar condicionado fosse um pouco mais refrescante ou o sistema de som tivesse um pouco mais de som, mas pode não ser prático substituir suas rodas.

Quando trocar de carro

Seu carro pode ser velhinho, mas se anda bem e não tem muitos custos com manutenção, não há porque trocar. (Foto: www.flickr.com)

Economize

Se você é capaz de economizar dinheiro suficiente para um bom carro usado ou um pagamento em um carro novo ou financiamento, você pode ser capaz de começar a pensar em um novo veículo. No entanto, este deve ser um valor bastante substancial, quer para garantir que você está comprando um veículo de qualidade utilizados, quer para obter um melhor negócio de financiamento para o seu novo veículo.

Seja realista

Certamente não há regras rígidas e rápidas sobre o quanto você deve gastar, mas pelo menos R$5.000 a R$10.000 é uma boa faixa como ponto de partida. Claro, você vai ser capaz de obter um carro melhor usado, ou um carro novo mais caro, se você pode chegar a valores acima de R$10.000.

E se eu não conseguir poupar?

Se você é incapaz de salvar-se muito dinheiro, então pode ser melhor ficar com o veículo que você tem. Quando você conseguir começar a poupar, então você pode começar a pensar em comprar um carro novo.

Não se esqueça: além das economias, você precisa vender seu carro antigo

Dependendo da condição do seu veículo existente, você pode ser capaz de vendê-lo de forma independente ou trocá-lo para ajudar a fazer um pagamento em um veículo novo. Não espere para obter o máximo com uma troca ou trade-in (quando você usa seu veículo de entrada em uma concessionária) como você faria com uma venda particular. No entanto, a venda de um veículo envolve algum trabalho da sua parte e pode valer mais a pena a troca ou o trade-in.

Qual é a finalidade do veículo?

A próxima coisa a considerar após estabelecida a situação financeira é o que você vai fazer com o veículo e como ele será utilizado por você e sua família. Você pode querer um carro esportivo, mas você vai ser capaz de pegar as crianças, dar carona para o seu vizinho, ou levar os cães para acampar nele?

Pense sobre suas necessidades e os veículos disponíveis que podem caber sua situação. Além disso, você precisa se perguntar se o seu veículo já existente é suficiente para suas necessidades, e se um mais novo valeria a pena o custo e pagamentos.

Considere um reparo caro no seu veículo

Em alguns raros casos, pode valer muito a pena pagar caro para reparar seu veículo, até mais do que comprar um carro novo. Imagine que você tem um carro topo de linha completo de alguns anos atrás e que precisa de muitos reparos. Se você for vendê-lo, obterá recursos para comprar, no máximo, um carro popular novo não completo. Por isso, considere bem e converse com seu mecânico e profissionais na área. Um veículo que tem boa mecânica e é confiável vale sempre a pena ser restaurado ao invés de obter um veículo de qualidade duvidosa.

A hora de trocar de carro

Às vezes, um veículo novo ou diferente é menos de uma escolha e mais uma necessidade. Se um veículo mais antigo requer extensos serviços e reparos, você deve avaliar se você seria melhor poupar esse dinheiro para colocar em direção a uma nova compra. Você também pode achar que a sua família, o trabalho, ou outra situação mudou, assim como suas necessidades de condução, de modo que este pode ser um bom momento para trocar ou adicionar um veículo à sua casa. Um veículo pode ser uma parte importante de nossas vidas. Nós gastamos muito tempo com eles e dependemos deles para chegar onde precisamos estar.

Seja qual for a sua decisão, pense sobre as implicações a longo prazo e se você realmente vai estar melhor com outro veículo. Se você ainda continuar em dúvidas, traga elas para os comentários abaixo e faremos de tudo para ajudá-los.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)