Qual a diferença entre caminhão truck e trucado?

Escrito na categoria "Caminhões e Off road" por André M. Coelho.

Caminhões não existem em apenas um tamanho ou forma. Seu tamanho e construção variam para atender às mais diversas demandas de transporte. Para facilitar na classificação e diferenciação entre os caminhões, são usados termos como truck, trucado, traçado, que podem deixar muitos caminhoneiros ou curiosos em dúvidas.

Como é feita a classificação dos caminhões?

O nome e a classificação dos caminhões é feita de acordo com a quantidade de eixos do veículo, podendo influenciar também a quantidade de rodas do caminhão.

O que é o eixo do caminhão?

O eixo do caminhão é um tipo de eixo cardã, responsável por transmitir a tração do motor para as rodas. Basicamente, são dois (ou mais) tubos, unidos por uma (ou mais) junta especial que possibilita os tubos girarem e transmitirem essa força motriz para as rodas.

O que é o caminhão toco?

Também conhecido como caminhão semi-pesado. Tem um eixo simples na carroceria (um eixo frontal), e um traseiro (para as rodas traseiras), simples.  É o caminhão mais simples, geralmente o modelo de entrada para muitos caminhoneiros. Sua capacidade é de até 6 toneladas, com peso bruto de até 16 toneladas, e comprimento máximo de 14 metros. Também chamado de camnhão 4×2.

O que é caminhão traçado?

O caminhão traçado é o caminhão que tem 3 eixos, sendo 1 deles dianteiro, e 2 deles traseiros e com tração. Também chamado 6×4. O nome traçado é dado porque é um veículo de dois eixos de tração nas rodas traseiras.

Ilustração com diferentes tipos de caminhões

Na foto, algumas ilustrações para mostrar um pouco sobre como são os caminhões no Brasil. Cada “bolinha” entre as rodas delimita o fim de um dos eixos cardãs e o começo de outro. (Foto: www.guiadotrc.com.br)

O que é caminhão trucado/truck?

Quando o veículo tem dois eixos, um eixo é adicionado atrás do eixo motriz, isto é, o eixo que sai diretamente do motor (sempre o traseiro). O terceiro eixo serve para melhorar a estabilidade do caminhão e suportar mais carga, e não receberá qualquer força motriz do motor. Também chamado de caminhão 6×2. Tem uma capacidade entre 10 a 14 toneladas, um peso bruto máximo de 23 toneladas, e comprimento de 14 metros.

O que é o caminhão bi-truck?

É o nome dado para o caminhão com 4 eixos, sendo os 2 eixos dianteiros direcionais. O caminhão é do tipo 8×2 ou 8×4.

O que é o caminhão 3/4?

O caminhão 3/4 é o nome popular e antigo dado para caminhões pequenos, como o clássico Mercedes 608.

Veículo Urbano de Carga (VUC)

Caminhões de menor porte, com largura máxima de 2,2 metros, comprimento máximo de 6,3 metros, e limite de emissão de poluentes, com capacidade para 3 toneladas. Voltado para uso em áreas urbanas.

O que é o cavalo mecânico? E a carreta?

Até agora não falamos sobre isso, porque na verdade, não são tipos de caminhões. São termos específicos.

A carreta é a parte que possui o motor, rodas de tração e a cabine do motorista. A oura parte recebe o nome de carga. A parte motriz recebe o nome de cavalo mecânico, que pode ser acoplado a diferentes tipos de conjuntos como:

E a quantidade de pneus nos caminhões?

Ela não está relacionada com a classificação do mesmo. Está mais relacionada ao peso bruto do veículo. O nome conhecido é “rodado duplo” e “rodado simples”, e as rodas serão especificadas de acordo com o manual do veículo. A maior quantidade de pneus também proporciona maior estabilidade ao caminhão, e maior segurança.

Ficou alguma dúvida? deixe nos comentários suas perguntas, que estamos aqui para responder!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário