Há várias razões para que um motor parar de funcionar quando está quente. A expansão das peças de metal, onde os parafusos não estão suficientemente apertados, problema no ponto de ignição, ou uma possibilidade de uma rachadura em algum lugar. Vamos eliminando os problemas, um a um, para ajudar a eliminar todos os problemas até uma possível solução.

Motor não pega depois de quente: comece pelo sistema de ignição

O primeiro sistema do veículo que você tem que verificar é o sistema de ignição. Isso significa verificar carburador, sensor de temperatura, bicos injetores, central de injeção eletrônica, verificar o aperto dos parafusos do sistema de alimentação do sistema de injeção, e verificar o motor de partida do veículo.

Partida pesada com motor quente ou não pegando: verificando o sistema de escapamento

Quando o problema está aparecendo no sistema de exaustão do veículo, isso pode ser causado por uma válvula de escape ruim ou assentamento de válvula ruim. Pode ser também problemas no sensor de oxigênio do veículo. Esse sensor é responsável por calcular a proporção entre álcool e gasolina na mistura, e dizer para a central de injeção eletrônica a proporção certa de ar e combustível para o carro funcionar perfeitamente. Se houver Fumaça ou estouros perto do motor, os parafusos podem não estar corretamente apertados.

Carro com motor aquecido terá problemas no funcionamento

Quando o carro se aquece, pode haver problemas no funcionamento que prejudicam sua ignição. (Foto: dekalbcountyonline.com)

Motor quente não dá partida: problema de compressão do motor

Se o motor gira mais livremente do que quando está quente, indicando compressão muito menor, verifique o torque dos parafusos do cabeçote. O cabeçote também deve ser verificado para possíveis rachaduras e vazamentos (o clássico problema de junta queimada). Selos do cabeçote devem ser verificados para vazamentos, e todos devem ser corrigidos apropriadamente, para que o veículo possa funcionar.

Motor quente não liga até resfriar

Se o motor não liga até que seja completamente resfriado, a válvula de escape (e/ou assentamento de válvulas) pode ser o problema. Isso exige que o motor seja desmontado, fazendo o assentamento corretamente, trocando a junta por uma nova. Deve ser feito o trabalho com cuidado e em um oficina especializada, para que tanto a montagem quanto a desmontagem sejam realizadas corretamente e o problema não se repita.

Funcionamento irregular do motor do veículo quando quente

Quando o motor tem um funcionamento irregular quando está quente, geralmente a vela de ignição está envolvida no problema, bem como o ponto de ignição. Pode ser que o motor esteja fora do ponto, e as velas devem ser verificadas para desgaste, e trocadas. A própria vela pode dar um diagnóstico apropriado se olhada por um bom mecânico, se ela estiver queimada, molhada, torcida, ou algo do tipo. Ele saberá dizer se a mistura do combustível está rica, pobre, e os ajustes que são necessários para o veículo funcionar.

Motor quente não funciona: combustível

O combustível quando não é de boa qualidade pode alterar a forma como funciona o motor. Em altas temperaturas, o motor pode falhar, e sequer funcionar quando o combustível é muito ruim e chega a uma certa temperatura.

Use um scanner veicular para diagnóstico

Veículos com injeção eletrônica tornam possível conectar um scanner automotivo no veículo e fazer um monitoramento de todos os sistemas do veículo. Ao fazer o uso desse scanner, você vai saber exatamente onde estão os problemas do veículo. A partir do relatório do scanner, com as variações do sistema, é possível identificar todos os sensores defeituosos, com o veículo em funcionamento, inclusive verificar códigos de erros. Assim, faz-se reparos mais barato: diagnóstico apropriado e logo depois, fazendo o reparo correto.

Ficou alguma dúvida? Não conseguiu resolver o problema com as sugestões que colocamos aqui no artigo? Deixe sua pergunta aqui nos comentários, que iremos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)