Este artigo destina-se a ajudar os motoristas a identificar a causa de várias vibrações do sistema propulsor e a orientá-los a encontrar soluções. Estamos analisando especificamente o sistema de embreagem e as várias possíveis causas de vibração, como identificar a fonte e como remediá-la. Assim, o motorista poderá evitar problemas custosos e mais graves em seu veículo.

Embreagem tremendo na saída

A atualização da transmissão em um veículo geralmente inclui a alteração de outros componentes relacionados. O ângulo do eixo de transmissão pode mudar. E você provavelmente substituirá o conjunto da embreagem, que é o elo mais importante entre o motor e a transmissão. Um dos problemas mais comuns que podem surgir com as modificações no sistema de transmissão é a vibração excessiva do conjunto da embreagem, principalmente na saída.

O primeiro passo é identificar corretamente onde a vibração está vindo. Se você sentir vibrações no veículo em marcha lenta, desaceleração ou cruzeiro com o pé fora do pedal da embreagem, estará experimentando as vibrações harmônicas vindas do motor ou do sistema propulsor.

O motor irá gerar frequências de rotação e combustão. A maioria dessas frequências é causada pelos pulsos de disparo no cilindro.

O processo de combustão cria mudanças bruscas na aceleração angular no virabrequim. É por isso que todos os discos de embreagem originais da fabricante são projetados com molas de torção e outros componentes. Estes são projetados para absorver as vibrações e harmônicos do motor.

Além disso, o disco de embreagem suaviza as flutuações de rotação que ocorrem com mudanças bruscas nas rotações do motor, mudanças de marchas e até mesmo na mudança para marcha à ré.Existem vários conjuntos de molas de torção dentro de um disco de embreagem projetados para amortecer essas frequências.

Existem molas de amortecimento menores espaçadas ao redor do conjunto do eixo de entrada estriado no disco da embreagem que ajudam a evitar ruídos de trepidação dentro da transmissão. Como as molas de torção cumprem seu dever de absorver vibrações através de mudanças de marchas, existem várias molas cônicas, arruelas de fricção e uma placa de fricção para impedir que as molas de torção vibram.

Vibração na embreagem

Se a embreagem estiver vibrando, pode ser sinal de um problema, e é bom encontrar uma solução rápida. (Foto: The i30 Owners Club)

Embreagem trepidando com a embreagem acoplada

Se você está experimentando vibrações excessivas com a embreagem acoplada (pé fora do pedal) ou durante as trocas, é provável que as molas de amortecimento de torção do disco da embreagem não correspondam aos harmônicos do seu veículo. Isso é comum quando você adota um conjunto de embreagem de desempenho, pois as molas de torção serão mais pesadas para acomodar o aumento da carga de fixação da placa de pressão e lidar com um estilo de direção mais agressivo.

A solução para isso é trabalhar com o fabricante da embreagem para determinar se um disco de embreagem e uma placa de pressão diferentes seriam mais adequados para sua combinação de motor e transmissão.

Embreagem com barulho

Se você tiver mais barulho ou instabilidade ao engatar a embreagem, as causas podem variar de desalinhamento, contaminação de óleo / graxa, volante torcido ou disco danificado.

O primeiro passo para resolver é inspecionar todos os componentes em busca de danos. Peça ao volante para verificar se está deformado, e ressurgir ou substituí-lo, se necessário. Se houver óleo ou graxa, encontre a fonte e corrija o vazamento. Se um disco de embreagem tiver sido coberto com óleo, ele deve ser substituído. Certifique-se de que todos os componentes estejam limpos antes de serem instalados.

Naturalmente, há mais possíveis complicações para diagnosticar e resolver a vibração da embreagem. Cobrimos aqui apenas o básico, e recomendamos levar o veículo a um bom mecânico para o melhor diagnóstico.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)