Como fazer para comprar um carro usado e não cair nas diversas armadilhas que esta aquisição pode esconder? Onde comprar um carro usado? Nas feiras de veículos em nas agências e concessionárias? Veja alguns cuidados que você deve tomar ao comprar um carro usado.

Saiba quanto pode gastar e determine qual modelo irá adquirir

Fazendo desta maneira você diminui a quantidade de veículos que terá que olhar com mais atenção e poderá se especializar naquele veículo, conhecendo as peculiaridades do mesmo antes de fazer a compra.

Dica para comprar carro usado: Conheça a história do carro

Todo carro usado tem uma história. Da mesma forma que os sintomas de um doença são importantes para um médico, a história de um carro usado o é para o novo comprador. Saber as reais informações sobre o passado do veículo a ser adquirido é o primeiro passo de uma compra. Nem sempre o vendedor vai querer lhe passar estas informações. Por isso você deve contar com alguém que entenda de carros para lhe acompanhar.

Carro usado tem armadilhas: Fique atento aos detalhes!

Alguns anos de uso causam marcas em qualquer carro. Saber observar e tirar conclusões destas marcas é muito importante. O desgaste dos pedais, especialmente o da embreagem pode lhe dizer se o carro é mais rodado do que mostra o velocímetro. Estofados desgastados e volante gasto também podem dar uma boa ideia sobre como e quanto um carro já foi usado, bem como marcas de enchente no veículo. Acostume-se a observar estes 3 detalhes em todo carro que tiver oportunidade. Com o tempo você irá perceber o quanto são valiosos.

Cuidados ao comprar carros usados

Em uma feira de carros usados, você tem que tomar cuidado extra para não comprar um carro por impulso e acabar com um pepino em suas mãos. (Foto: divulgação)

Converse muito com o dono atual

Esta dica é mais útil quando estamos nas feiras de automóveis procurando por um carro usado para comprar. Os donos devem ser capazes de explicar os pequenos defeitos e detalhes do carro, além de demonstrar sinceridade. Pode parecer difícil ver isto acontecendo, mas é bem mais fácil vender um carro desta maneira e mais tranquilo para o comprador também.

Compare preços em feiras de automóveis, agências e concessionárias

Mesmo que já tiver a preferência sobre onde irá adquirir, é bom ter um noção de quanto realmente valo o veículo que quer comprar. É uma questão de se familiarizar com os preços e detalhes do modelo de carro escolhido para ter argumentos no momento de barganhar o preço. Não se esqueça de anotar também os acessórios e opcionais de cada veículo para que as comparações sejam justas.

Estas são dicas simples mas importantes que são muitas vezes negligenciadas por compradores que acabam por fazer um mau negócio. Fique atento e compre um carro usado que não irá lhe trazer dor de cabeça!

Gostou do artigo? Faça um comentário e complemente com suas ideias!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)