Recentemente fiz alguns vídeos falando do funcionamento do câmbio iMotion, um câmbio automatizado conhecido como ASG que equipa como opcional vários modelos das Volkaswagem. É possível comprar Gol, Voyage, Polo, Fox e outros veículos com este câmbio. A Fiat tem também o seu equivalente automatizado, chamado de Dualogic, enquanto o Easytronic é da Chevrolet. Todos são automatizados, o que é bem diferente de um câmbio automático. A principal diferença na prática é que o automático utiliza conversor de torque e o automatizado possui um sistema que faz as trocas de marchas automaticamente sobre uma caixa originalmente projetada para trocas manuais. Aí é que surgem as dúvidas sobre os trancos. Todos se perguntam se a troca de marchas é suficientemente suave.

A seguinte análise sobre o câmbio iMotion é totalmente imparcial. Não tenho qualquer vínculo com a marca nem recebo nada para emitir esta opinião!

Após eu ter feito alguns vídeos recebi perguntas de pessoas que os assistiram e ainda assim não solucionaram todas as dúvidas. Para cada pergunta farei um artigo aqui no site explicando o que ocorre.

No vídeo abaixo eu falei sobre os possíveis trancos que ocorrem nas mudanças de marcha e não ficou claro se estes trancos são incômodos!

Explicando melhor!

Os trancos que ocorrem são apenas no início, quando o motorista ainda não se acostumou a dirigir o veículo e não entendeu bem o funcionamento do câmbio.

Não se dirige um carro automático ou automatizado da mesma maneira que se dirige um carro manual.

Para cada veículo a maneira de dirigir é ligeiramente diferente. Isto é um fato! Em qualquer carro você aprenderá a conduzir de forma mais suave após se acostumar com o mesmo. Em um veículo com o câmbio iMotion não é nada diferente!

Os trancos vão ocorrer caso sejam feitas arrancadas bruscas, com o pé fundo no acelerador ou com o botão “S” pressionado! Esta botão faz com que a direção do veículo entre no modo “Sport” e as trocas de marchas são feitas a mais de 5000 RPMs! Dá até um pouco de dó do motor ao usar esta função! :) Neste caso não há como não haver trancos! Mesmo em um carro automático as “mudanças de marchas” se tornarão perceptíveis se o giro do motor estiver nas alturas!

Foto do câmbio iMotion do Polo

Observe o botão “S”. Ele torna o carro “nervoso”, esticando as marchas até 5000+ giros.

Quando o modo de direção é normal e sem extravagâncias quase não se percebe nada quando o iMotion muda as marchas! E repito: fica ainda melhor quando o motorista está consciente do funcionamento do câmbio e “alivia um pouco o pé” ao sentir a troca de marchas. E ao contrário do que alguns dizem, não é algo complicado de ser fazer e não torna a direção do carro mais complexa! Com o tempo você passar a agir assim inconscientemente e nem percebe. Porém isto não é obrigatório: dirigindo normalmente você não terá problemas. As mudanças de marchas são bem suaves e o a embreagem é liberada de forma gradual, justamente para evitar aquele balanço incômodo que poderia ocorrer.

Em resumo: é possível perceber as mudanças de marchas se você se dispuser a isto! Se começar a prestar muita atenção você irá perceber da mesma maneira que conseguiria perceber em um carro automático! É muito cômodo de dirigir e vale a pena fazer um test-drive para ter uma noção de como funciona. Mas lembre-se que no test-drive você ainda não estará “treinado” no veículo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)