Será que trocar o carro por uma bicicleta é uma decisão inteligente? Apesar do grande aumento no número de ciclovias no país, ainda existem muitos casos de acidentes e riscos, constantemente vividos pelos ciclistas nas ruas brasileiras. Mesmo assim, muitos brasileiros já se decidiram por trocar o carro pela bicicleta. Ou, simplesmente decidiram comprar uma bicicleta para usar no dia a dia, e guardaram o carro na garagem para os fins de semana.

Seja você um entusiasta das bicicletas, ou apenas alguém interessado em saber se a troca de meio de transporte vale a pena, estamos aqui para te ajudar a decidir se a troca é uma boa decisão para você ou se bicicletas não são suas melhores amigas.

Bom humor e qualidade de vida andando de bicicleta

Ir de bicicleta para os lugares é divertido. O ato de andar de bicicleta remete à infância, aos dias em que andar pelo bairro sem preocupação era o padrão, e permite integrar essa simples sensação de alegria em sua rotina diária. É muito mais fácil observar o seu entorno, ouvir os pássaros e ser sociável quando você não está enclausurado no ar condicionado de um carro.  Enquanto a maioria das pessoas está presa em um congestionamento, ou dentro do transporte público lotado (e atrasado), a bicicleta para o trabalho pode realmente transformar os seus trajetos diários em uma forma moderada de terapia. Numerosos estudos têm mostrado que o exercício diário pode reduzir o estresse, aliviar os sintomas de depressão, melhorar os padrões de sono de indivíduos com insônia e reduzir a ansiedade. Fora a clara vantagem de chegar em muitos lugares bem mais rápido que seus amigos donos de carros, presos no congestionamento.

Saúde física e mental ao montar um bicicleta

Enquanto as calorias exatas queimado em um passeio varia entre cada pessoa, a velocidade, e a topografia da sua cidade, andar de bicicleta queima tantas calorias quanto jogging, com consideravelmente menos impactos negativos sobre as articulações. Ciclismo melhora a aptidão cardiovascular e aeróbica, reduz a pressão arterial, aumenta a energia, desenvolve os músculos, e melhora a coordenação. Pode até te ajudar a economizar dinheiro com a mensalidade na academia, se você usar a bicicleta como transporte todos os dias.

Ainda, comprovado por alguns estudos, há a associação entre exercícios físicos diários e a melhora na capacidade cognitiva, na memória, aprendizagem, e desempenho geral do cérebro. Se você estava procurando aquela promoção no trabalho, o raciocínio melhorado com a bicicleta pode ser sua chave.

Quando trocar o carro por bicicleta

Principalmente em cidades com poucos morros, a troca de um carro por uma bicicleta pode ser uma decisão muito inteligente e econômica. (Foto: www.streetsblog.org)

Economize dinheiro usando uma bicicleta como meio de transporte

Vamos imaginar que você tem um Volkswagen Gol. O tanque tem 55 litros. Se você pagar R$3,50 pelo litro de gasolina, encher o tanque vai custar R$192,50. Com um consumo aproximado de 12 km/l, você conseguirá rodar 660 km até encher o tanque novamente. Até aqui, tudo bem, nem é tão caro assim. Mas você esquece a manutenção do carro: troca de óleo, pastilhas de freio, suspensões, rodas, líquido de arrefecimento, limpeza do sistema de ar condicionado, eventuais batidas e problemas no motor, seguro, IPVA, DPVAT, renovação da carteira. Consegue perceber que os custos de manutenção de um carro vão aumentando consideravelmente? Para você ter uma ideia, os custos de um carro popular, de R$30.000 podem facilmente chegar a mais de 5% do valor do veículo só nos primeiros anos de uso (R$5.000). Cabe lembrar também que o carro vai depreciar em valor e, efetivamente, você perderá dinheiro a cada ano que passar com seu carro.

Já uma bicicleta? É possível comprar as melhores por menos de R$3.000, e sua depreciação é bem menor ao longo do tempo. Incluindo o equipamento de segurança, um máximo de R$4.000. E a manutenção? Se você gastar R$500 por ano na manutenção, é muito. Vamos falar de mais economias ainda: fora as economias individuais, a bicicleta reduz a poluição e ajuda a melhorar a saúde dos funcionários, o que resulta em uma otimização da produtividade, mais desenvolvimento para empresas, e mais dinheiro no bolso do trabalhador. Menos carros nas ruas, menos poluição, menos problemas de saúde, menos gastos com saúde pra todo mundo. Ah, e já falamos de bicicletas elétricas e suas vantagens, outro tipo de transporte a se pensar.

Reduzindo a poluição no mundo

Os transportes, tanto públicos quanto privados, são responsáveis por quase 30 por cento de todas as emissões de gases de efeito estufa, com carros e caminhões entregando quase 1/5 das emissões. Um motorista sozinho em um carro popular libera cerca de 170 g de CO2 por km. Acha pouco? Se você andar 2000 km com um carro, terá liberado 340 quilos de CO2 na atmosfera. Ao invés de ficar reclamando da qualidade do ar na cidade, talvez seja hora de fazer sua parte para melhorar a qualidade.

Conveniência da bicicleta

Inconveniente e improdutivo gastar 10 minutos à procura de estacionamento toda manhã, não é? Quando você vai de bicicleta para o trabalho, encontrar estacionamento é tão fácil quanto avistar o poste mais próximo, travar a bicicleta, e ir embora. Ou, para alguns modelos, você pode simplesmente dobrar e levar contigo para o trabalho. Mesmo em dia mais quentes, muitos ambientes de trabalho já tem pelo menos um vestiário, onde você pode tomar banho e se refrescar antes do trabalho.

Como decidir se trocar o carro por uma bicicleta é uma boa opção?

Mesmo quem tem filhos e precisa levá-los a escola pode se beneficiar da troca. Existem muitas bicicletas com banquinhos para crianças. Ou você pode também comprar uma bicicleta para seus filhos, e acompanhá-los até a escola. Com filhos muito pequenos, a história é outra, mas você pode levá-los a pé para a escola, ao invés de usar o carro. Não é uma mudança fácil, e você só deve fazer a mudança se já anda de bicicleta há algum tempo. Faça a troca gradual, indo um dia sim, um dia não ao trabalho com seu carro. Veja se você se adapta bem. Talvez, você se sinta melhor trocando o carro por uma moto, que polui menos e é mais econômica. Essa troca é até melhor que trocar por uma bicicleta, em cidades com terreno muito acidentado e muitos morros.. Mas tudo tem que ser bem gradual, ou você vai ter que desistir rapidamente da sua troca.

Esperamos que as vantagens acima tenham te ajudado a decidir pela troca por uma bicicleta. Você acha que ainda não vale a pena? Quais motivos te levam a continuar usando o carro? Quais te motivam a trocar?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)