Vai andar de bicicleta? Bom, antes de sair pedalando, é importante garantir sua segurança. O capacete é o item básico que todo ciclista deve usar, sem exceção. Mas além do capacete, alguns itens extras de segurança podem garantir que qualquer queda, tombo, ou colisão com a bicicleta resultem apenas em pequenos arranhões fáceis de curar.

Bicicleta e equipamentos de segurança: capacete para bicicletas e luvas

Os capacetes de bicicletas são leves e, ao mesmo tempo, resistentes. Eles ajudam também na aerodinâmica: os buracos nos capacetes são essenciais na quebra da resistência do ar, melhorando a aerodinâmica da bicicleta. Para uma proteção completa com o capacete, compre um com proteção ao queixo e boca.

Além do capacete para garantir a segurança da sua cabeça e cérebro, as luvas fazem parte de um importante e completo kit de segurança contra acidentes de bicicleta. As luvas protegem a pele das mãos quando você cai. O acolchoamento e material das luvas evita que ao usar as mãos para se proteger de uma queda, você tenha as mãos arranhadas ou machucadas. Em climas mais frios, as luvas protegem as mãos da temperatura. Quando você passar por lugares cobertos de cacos de vidro, uma luva pode te ajudar a limpar os pneus sem machucar suas mãos. Luvas laváveis são a melhor opção, com membranas que cubram os dedos total ou parcialmente.

Kit básico de segurança para bicicletas

Luzes, faixas refletivas, buzinas, luvas, capacete. E quem quer exagerar um pouco mais na segurança ao dirigir bicicletas, pode ainda incluir roupas para chuva e GPS. (Foto: www.popsugar.com)

Equipamentos de ciclismo: proteção para queixo e boca

Muitos esportes de contato usam protetores bucais para proteger os participantes. Isso inclui boxe, futebol e muitos outros. Há evidências de que um golpe no queixo faz muito mais do que estragar os dentes. A energia transmitida pela articulação da mandíbula pode ser canalizada diretamente para o cérebro, produzindo os mesmos efeitos vistos em lutadores quando eles são atingidos por um golpe certeiro. E uma queda que atinja a boca ou queixo do ciclista pode acabar com ele, literalmente.

Um bom protetor bucal ou protetor de queixo de encaixe no capacete estabiliza a mandíbula, envolvendo tanto os dentes superiores quanto inferiores. Capacetes para ciclistas com o protetor de mandíbula embutido são recomendados, principalmente para ciclistas de trilha, mais propensos a quedas.

Equipamentos de bicicleta: proteção completa

A proteção completa, também chamada de body armor (armadura corporal), não é tão eficiente quanto parece. Esse tipo de proteção é projetado principalmente para evitar os efeitos de coisas afiadas batendo contra você. O impacto em si não será protegido pela armadura. Uma proteção completa não vai te proteger contra clavículas quebradas, por exemplo, mas vai ajudar a evitar que um galho de árvore saia rasgando sua pele. Mas quais partes de uma proteção completa podem realmente proporcionar uma proteção que valem seu investimento?

Joelheiras e caneleiras – Protegem com eficiência contra impactos para colisões de alta velocidade.

Proteção peitoral e de costas – Absorve parcialmente o impacto, ajudando a evitar costelas ou vértebras quebradas.

Proteção de antebraço e ombreiras – Prejudicam a mobilidade, e protegem parcialmente. Salvo no caso de ciclistas extremos, de trilhas difíceis, é mais eficiente usar camisas longas e acolchoadas para proteção.

Obs.: em crianças esse tipo de proteção excessiva pode mais atrapalhar do que ajudar. Foque na compra de um bom capacete e um par de luvas para a criança.

Protegendo sua cabeça com o capacete certo

Capacetes como esse tem um protetor de queixo de encaixe, que pode ser facilmente removido para passeios mais tranquilos. (Foto: www.bikerumor.com)

Protetores de mãos

Esses protetores são encaixados no guidão da bicicleta, e pode vir com reflexivos ou luzes, que ajudam na visibilidade. Também protege as mãos contra objetos que possam ser arremessados contra a bicicleta, evitando que atinjam diretamente as suas mãos.

Luzes e sinais sonoros para bicicletas

Não há nenhum substituto no quesito segurança para luzes ativas, se você andar de bicicleta depois de escurecer. Nenhum dispositivo reflexivo ou material pode alcançar a visibilidade que as luzes elétricas pode alcançar. Faróis e piscas de emergência são essenciais para os ciclistas. Setas que informam a direção que o ciclista está tomando ajudam também na segurança, mas não são tão necessárias. Uma luz traseira abaixo do banco, duas luzes laterais nos guidões, e uma luz frontal de farol são o que você precisa para sua visibilidade e segurança. Não se esqueça também de uma buzina ou sino, para chamar a atenção dos mais desavisados nos seus passeios.

Materiais reflexivos nas bicicletas

A fita refletiva deve ser usada nos capacetes e na própria bicicleta, nas laterais, traseira, e frente. Devem ser, obrigatoriamente, combinada com as luzes para a melhor visibilidade possível. Fitas refletivas podem também ser usadas em pedais e nas rodas, mesmo se forem fabricadas de plástico duro, e forem de encaixe.

Encaixes de pés e pedais

Sob algumas condições, o piloto não pode ter os pés fixos nos pedais, mas geralmente você deve, e fazendo isso ajuda a eliminar as falhas quando um pé desliza fora do pedal no momento errado. Seja qual for o sistema que você usa deve ser ajustado adequadamente e bem cuidado, ou você vai cair algum dia, porque você é incapaz de tirar o seu pé rápido o suficiente. O ideal são sistemas de encaixe rápido, que desencaixam quando você move os pés para fora. Treine bastante o encaixe e desencaixe antes de sair pedalando com os pés encaixados nos pedais.

Pneus de bicicletas: segurança essencial!

Pneus de bicicleta não são todos iguais na aderência na estrada, especialmente quando as condições são de chuva ou lama. Os sulcos dos pneus podem não responder de forma eficiente, e um composto de borracha mais macio pode ser melhor do que pneus de borracha dura. Você deve estar ciente de que os pneus podem fazer a diferença. Use o pneu certo para o tipo de terreno onde você vai andar, seja o terreno asfalto, trilhas, lama, ou estradas de terra.
mais rodas

O ciclista: o acessório de segurança mais importante em uma bicicleta

O equipamento de segurança mais importante em qualquer bicicleta é o cérebro do ciclista. Você pode evitar mais lesões por andar com segurança do que com a proteção do equipamento. Pense um pouco e faça uma escolha consciente sobre o nível de segurança que pretende obter em todos os seus passeios do dia a dia. Talvez você não se importa muito se você ficar ferido, mas o capacete é primordial em qualquer passeio de bicicleta. Luzes e faixas refletivas são obrigações de segurança também. Pneus devem ser bem escolhidos. De resto, deixe seu bom senso falar, e ajudar na criação do passeio seguro para você e sua bicicleta.

Quais itens de segurança você usa ao andar de bicicleta? Quantas vezes já caiu de bicicleta?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)