Como escolher um capacete? É mais fácil do que parece. Apesar dos muitos modelos, você pode usar os mesmos critérios para escolher entre as várias marcas de capacete disponíveis. Existem muitas boas marcas no mercado, mas algumas se destacam pela excelente escolhas de materiais, deixando os modelos da marca seguros, confortáveis, e também muito bonitos. Você precisa de alguns cuidados extras para escolher o modelo certo de capacete para o que você precisa, além de uma boa marca.

A exemplo, a marca de Capacete Shark é conhecida pela sua qualidade. Zeus, Arai, Shoei, AGF, são outros exemplos. Shark e Zeus, principalmente, são duas marcas que conseguem associar bom preço, conforto, e segurança com facilidade. Vamos citar alguns capacetes da Shark para fins de comparação e explicar por que há tanta diferença no preço de vários modelos e marcas de capacete no Brasil. Os capacetes usados em nosso exemplo estão todos disponíveis na loja Moto10. Os preços são baratos, o atendimento é muito bom, e é uma loja de confiança.

Segurança do capacete

O INMETRO realiza testes rigorosos para assegurar a segurança de um capacete. Existem outras empresas ao redor do mundo que fazem o mesmo processo de certificação, com metodologias um pouco diferente. Mas para rodar no Brasil, o capacete tem de estar certificado pelo INMETRO também. Quanto mais certificações, mais seguro é o capacete.

O que você pode ficar em dúvida é quanto ao preço de um capacete. Afinal, se todos os capacetes certificados pelo INMETRO protegem igual, por que a diferença de preço? Vamos explicar então a diferença, que vai muito além da marca estampada no capacete.

Proteção contra impactos e o preço do capacete: qual a relação?

Seu capacete protege você de um impacto através da distribuição da força em toda a casca exterior e interior,. Você deve saber que depois de ter sofrido um impacto, esse sistema de absorção, que é construído para entrar em colapso (“quebrar”), está comprometido e você vai precisar para substituir o capacete. Até isopor pode ser usado na construção de um capacete que passou no teste do INMETRO. A diferença é que é necessária apenas uma pontuação mínima para passar no teste. Muitas marcas preferem usar materiais mais baratos apenas para esse mínimo. São materiais de pior qualidade, e que protegem menos contra o impacto. Os testes do INMETRO não consideram algumas situações de estrada, como peças de caminhão voando e ficando “pregadas” no seu capacete (já vi acontecendo duas vezes). Um capacete mais caro vai ir além do teste estabelecido pela norma ABNT NBR 7471 para capacetes, usando as melhores tecnologias disponíveis para segurança.

Uma dica importante: proteção contra impactos, na nossa opinião, tem que proteger também o acabamento do capacete. Afinal, fica feio cada pedrinha nas estradas que bate no seu capacete arrancar uma lasca de tinta, não é?

O que esperar do capacete mais caro?

O capacete Shark Race-R Pro Stinger é o mais caro na loja Moto 10, quando escrevemos este artigo. Você se assusta com o peço, mas aí vê as especificações do capacete: casco em fibra de carbono-kevlar, fibras multiaxiais especiais para o tecido, viseira mais estável com 4 pontos de ancoragem (mais segurança e menos vibração em altas velocidades). É uma estrutura semelhante aos capacetes de pilotos profissionais, que frequentemente correm a mais de 300 km/h. É material semelhante ao capacete usado pelo Felipe Massa, quando a peça do carro do Rubens Barrichello se soltou e bateu no capacete. Até a aerodinâmica é melhor para esses capacetes mais caros. Claramente, é um capacete voltado para entusiastas da motovelocidade, pilotos, e os motociclistas que gostam de fazer longas viagens em motos com mais de 600 cc.

Uso para o capacete Shark Race Pro

Shark Race-R Pro Stinger é um dos melhores capacetes no mercado para entusiastas e pilotos, que buscam o melhor capacete para uso em suas motos de mais de 600 cilindradas. (Foto: http://moto10.com.br)

O que esperar do capacete mais barato?

No outro extremo, onde estão os capacetes mais baratos, temos modelos que custam até menos de R$100. Eu tenho um desses, de uma marca que prefiro nem citar o nome. Desconfortável, sem ajustes, viseira muito dura, estrutura muito sensível, e o acabamento dele ficou destruído com menos de um mês de uso. Com certeza, a estrutura de absorção de impacto desse capacete já está prejudicada, o tecido não é lavável (sequer removível). A densidade da estrutura interna é muito dura, o que prejudica no conforto. Cedo ou tarde terei de trocá-lo. É um capacete descartável, que você deve comprar apenas e somente se não tiver outras opções e precisa, urgentemente, transportar-se ou transportar alguém que não tem capacete. Deve ser uma opção apenas e somente em casos de emergência.

O que esperar de um capacete com uma boa relação entre custo e benefício?

Entre o mais caro e o mais barato, temos várias faixas de preço. Mas vamos usar o capacete S600 Exit da Shark como exemplo. Ele está entre os capacetes mais baratos da Shark no site Moto 10, mas usa um verniz de qualidade no seu revestimento externo, que protege o acabamento do capacete. A estrutura interna do capacete tem uma densidade variada, que ajuda na absorção de choques. Essa mesma estrutura também ajuda na redução da transferência de vibração para a cabeça do motorista. Uma narigueira, para proteger o nariz, ainda complementa mais a proteção contra impactos desse capacete. Ideal para quem anda nas cidades, faz pequenas viagens, e tem motocicletas de até 600 cc. Acima disso, ainda será um bom capacete, mas pode começar a gerar vibrações e ter uma aerodinâmica prejudicada em velocidades mais altas.

Conforto e ajuste do capacete valem o seu investimento

Ajuste e conforto não são sempre a mesma coisa. Seu capacete deve caber confortavelmente, ficar apertado o suficiente para que você não consiga retirá-lo agarrando a parte de trás e puxando para a frente. Você deve sentir a sua pele se movendo com o capacete quando o movimentar. Muitos capacetes vêm com estofamento ajustáveis ​​para ajudar a moldar o capacete à cabeça. Você deve sentir essa estrutura contra a parte superior e frontal da cabeça. O preenchimento deve travar em suas bochechas e queixo também. A possibilidade de ajustes finos do conforto do capacete, como sistema Air-Pump (bomba de ar) do capacete S900-C Prime da Shark é um bônus para conforto e segurança ao mesmo tempo.

  • Como encontrar o ajuste certo para o capacete?

Alguns pilotos experimentam dezenas de capacetes antes que eles fiquem satisfeitos com o ajuste. Se o capacete não cabe confortavelmente, você não terá a proteção que você espera. Testar o capacete em um curto passeio de moto é uma ótima maneira de medir o ajuste e conforto.

  • Entradas de ar e ruídos

Muitos capacetes têm aberturas na parte superior do capacete para refrescar a parte superior da cabeça. As aberturas de ventilação pode mudar o fluxo de ar sobre o capacete, prejudicando a aerodinâmica se não forem bem construídas. Essa mesma estrutura, bem como o bom apoio das partes móveis do capacete (viseiras, por exemplo), ajuda bastante a reduzir ruídos e barulhos na estrada, de forma a não prejudica o sentido da audição do motociclista durante a pilotagem.

  • Tecido e acolchoamento

O tecido e preenchimento do capacete ser ajustáveis para caber seu rosto. Todo mundo tem diferentes características faciais, e suas maçãs do rosto, nariz, testa, queixo ficarão mais confortáveis se você pode personalizar o forro. Você vai querer se sentir pressão a do preenchimento no seu rosto, mas não o suficiente para ser doloroso ou perturbador. Estofamento em torno das orelhas também pode adicionar para o conforto do seu passeio. Muitos especialistas em segurança da motocicleta acreditam que uma boa vedação em torno da orelha ajuda a bloquear sons do vento e melhora a sintonia com ruídos do motor. Se a sua audição parece abafada demais, pode ser que o capacete não é ideal para você.

Sistema Air Pump da Shark

Vê esse botão vermelho no capacete? Ao pressionar, ele vai bombear ar para partes estratégicas do capacete Shark que possui o sistema, fazendo um ajuste confortável e firme para sua cabeça. (Foto: www.fcmoto.de)

  • Capacete aberto, fechado, ou articulado

Você pode usar um capacete articulado, em que a frente pode ser movida para cima, ou um capacete fechado. O capacete aberto é altamente inseguro para a pilotagem. O estilo de capacete é uma questão de gosto pessoal, e não entra muito em uma análise tão complexa. Motoboys e pessoas que trabalham com motocicletas podem se beneficiar de um capacete articulado, para poder abrir o capacete sem ter que removê-lo. Para todos os outros tipos de uso, um capacete fechado é mais apropriado.

O que esperar do capacete mais caro?

Na loja Moto 10, o Race-R Pro Original da Shark é semelhante ao Stinger, com o alto preço acompanhando. Esse preço mais alto oferece excelentes opções de conforto e ajuste. Por exemplo, são 4 pontos de entrada de ar, otimizados para refrescar o piloto sem prejudicar a aerodinâmica. O spoiler na parte traseira do capacete ajuda a reduzir o arrasto aerodinâmico. Com o capacete testado em túneis de vento, seu design é trabalhado para reduzir o impacto dos ventos na vibração do capacete. Inclui extratores de ar, para reduzir o embaçamento do capacete. O conforto e ajuste são completos com a viseira com mais pontos de ancoragem (4, no total), o fecho magnético, e a estrutura interna de dupla camada de acolchoamento, sendo um para a camada de absorção de impactos, e um para a camada de conforto. Toda a estrutura interna pode ser removida para lavar. Ideal para para entusiastas da motovelocidade, pilotos, e os motociclistas que gostam de fazer longas viagens em motos com mais de 600 cc.

O que esperar do capacete mais barato?

Nenhum dos capacetes da Shark entra nesse critério, mas vou usar de novo um capacete que tenho aqui. Ele não tem muitas formas de ajuste, o fecho dele é duro e desconfortável, a estrutura interna não é removível para lavagem. A vibração até mesmo em baixas velocidades é muita, chegando a incomodar. As orelhas ficam muito pressionadas contra as laterais do capacete, e a ventilação é praticamente inexistente. O queixo e bochechas ficam “soltos” dentro do capacete, o que é inseguro e aumenta ainda mais a vibração do capacete. Recomendado apenas para usos em urgências em emergências.

O que esperar de um capacete com uma boa relação entre custo e benefício

O capacete S700-S Moonlight KY da Shark oferece um excelente conforto. Possuem entradas de ar bem posicionadas, que reduzem o arrasto ao mesmo tempo que refrescam o piloto, reduzindo também as vibrações dos ventos no capacete. É possível fazer o ajuste das entradas de ar para seu gosto. Inclui também uma viseira solar interna, de fácil abertura e fechamento, algo muito prático (sempre compro capacetes com viseira solar). Também inclui extratores de ar para reduzir os efeitos do embaçamento. O sistema Slide Lock do capacete ainda possibilita escolher uma altura para a viseira frontal, o que pode ajudar muito naquela ventilação extra nos dias mais quentes. Ideal para quem anda nas cidades, pequenas, e até longas viagens. Em motos com mais de 1000 cc, esse capacete pode até “chiar” um pouco em altas velocidades, mas ele dá conta do trabalho satisfatoriamente.

E você? Como escolhe o equipamento de segurança para moto? Já comprou um capacete Shark? Como foi a experiência?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)