Os seguros, não só os de carro, servem para cobrir os prejuízos que as pessoas possam vir a ter com seu objeto segurado. Em relação aos carros, a maioria das pessoas têm procurado prevenir-se de danos, e estão buscando cada vez mais as agências de seguros, pois em tempos de violência, roubos, trânsito caótico, enchentes, isso se faz mais que necessário.
Mas é importante enfatizar que fazer um seguro não é sinônimo de lucro futuro diante de um dano presente, sua cobertura dá direito a ressarcir somente o que foi perdido, nada além disso, e mesmo assim depende ainda do tipo de seguro escolhido. Muitos segurados, diante de um acidente ou prejuízo, se surpreendem com suas seguradoras justamente pela falta de atenção nas condições prévias do contrato.

Os preços dos seguros de carros e sua cobertura variam de acordo com o automóvel, a cidade, a idade do segurado, se este tem filhos que dirigem, etc. Mais caro será o seguro quanto maior for o risco ou a probabilidade de acidente e prejuízo. O seguro do carro de um jovem de 25 anos sem dúvida será mais caro que o de um homem de 50 anos, pois baseado nas estatísticas de acidentes, estes acontecem em sua maioria entre jovens.

Saiba sobre seguro de carro

Dicas de seguro para carros

Existem duas categorias de seguros sendo usadas atualmente no Brasil:

 

  1. Cobertura compreensiva ou total. É o tipo de seguro mais caro, pois cobre roubo, incêndio e acidentes de trânsito que envolvem outros motoristas. É nesse tipo de cobertura que muitas seguradoras buscam diferenciais, podem oferecer atendimento mecânico, guincho, acompanhantes caso seja necessário prestar queixa em delegacias, e muitos outros serviços.
  2. Responsabilidade Civil Facultativa (RCF). É um seguro mais barato e comumente chamado de “seguro contra terceiros”, pois age somente em casos em que o segurado fere outra pessoa e danifica outro veículo. O segurado receberá da seguradora somente o valor da possível indenização que moverem contra ele, e não a cobertura do prejuízo que seu veículo possa ter sofrido.  Este é o seguro que mais tem crescido no Brasil, justamente pelo fato de ser muito mais acessível à população.

Abaixo uma reportagem do Jornal Hoje com dicas e sugestões sobre seguros de carro :

Gostou do artigo? Deixe seu comentário! Qual a seguradora do seu veículo? Já precisou do seguro? Conte como foi!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)