Ao comprar um seguro de automóveis, é fácil ficar confuso sobre qual a cobertura comprar. Você deseja manter seus pagamentos baratos, mas você também quer ter certeza de que você está devidamente protegido. Aqui está o que tudo isso significa.

Suponha que você machuque alguém em um acidente, e foi determinado você como culpado. Contas médicas da outra pessoa seriam de sua responsabilidade. Isso é o que o seguro de responsabilidade e prejuízo corporal cobre.

Imagine que você dirige seu carro na direção de outro carro ou uma caixa de correio, um ônibus ou um poste. Sua responsabilidade de danos materiais ajudará a pagar por esse dano.

Mantenha sua cauda coberta com seguros que possibilitem pagar todos os danos físicos sofridos em um acidente onde o veículo que bate no seu foi responsável.

Tenha certeza que os danos em seu veículo estão cobertos, se o outro cara não tem seguro o suficiente.

Pense sobre o preço de reparo ou substituição de seu carro após um acidente. Os números sobem rapidamente. Seguro de colisão vai pagar por acidentes relacionados com reparos ou substituição. Obtenha a maior franquia que você possa pagar confortavelmente para manter o seu prêmio mais baixo.

Cruze os dedos, mas perceba que carros são roubados todos os dias. Um seguro abrangente cobre enchente, vandalismo, granizo, fogo, bem como roubos e furtos.

Garantindo o transporte

Se você precisa de um veículo no dia a dia, o carro reserva em seu seguro é uma obrigação, já que ficar sem um veículo pode resultado em prejuízos. (Foto: www.minascar.org.br)

Considere o seu próprio seguro de saúde pessoal antes de fazer um seguro de uma seguradora de automóveis de custos médicos. Este seguro irá pagar as contas médicas, se você ou membro da família, os passageiros são feridos em um acidente, assim como será o seu seguro de saúde na maioria dos casos. Tenha em mente que os passageiros que não têm seguro de saúde e/ou não são membros da família nem sempre são cobertos.

Agora, sobre o carro reserva, vale a pena você levar em conta sua rotina. Caso você trabalhe com o veículo e precisa dele no dia a dia, não há dois pensamentos para a escolha do carro reserva no seguro. Já no caso de você não ser tão dependente do veículo em sua vida, alguns dias sem um veículo podem até fazer bem para sua saúde. Famílias grandes e que usam carros grandes, porém, também não tem como optar por não incluir o carro reserva no seguro. Esta escolha vai depender muito da rotina e escolha do proprietário e da família. O importante não é tanto o preço, mas o seguro que vai melhor atender a você.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)