A scramblers começaram como motos de estrada. Depois, os proprietários começaram a modificar as motos para aguentar as trilhas de terra. Basicamente, uma moto scrambler é uma cafe racer adaptada para aguentar o off-road, o que dá à moto um visual retrô ao mesmo tempo em que cria uma moto prática para usar fora da estrada. Mas como fazer a moto scrambler?

Escolhendo sua moto scrambler

O ideal para seu primeiro projeto de moto scrambler são motos menores e mais antigas. Motos até 400 cc são ótimas opções, e você pode encontrar motos antigas em bom estado para modificar para uma scrambler.

Geralmente, os principais ingredientes dos scramblers provêm da suspensão dupla, motor de um ou dois cilindros refrigerado a ar, a prioridade do torque sobre a potência, simplicidade visual e menos cilindros pesados ​​que se projetam do eixo central. Em uma cafe racer, para título de comparação, você deve priorizar a potência em vez do torque.

Scrambler: o que é que precisa ser feito?

Para fazer uma moto scrambler, você precisa de algumas linhas visuais que atravessam a bicicleta. Por exemplo, uma linha paralela ao solo que passa pelo centro do farol e vai até a traseira da motocicleta. Trace essas linhas corretamente, baseado no design de uma scrambler clássica, e você terá uma moto com um visual mais equilibrado para diversas situações. Para o visual scrambler começar com o pé direito, tente trocar o tanque por algo menor ou mais delicado do que um tanque de uma cafe racer. O objetivo é lançar volume visual e criar proporções melhores para a motocicleta.

Moto scrambler

A moto scrambler é quase uma cafe racer, com a diferença de que é preparada para o off road. (Foto: Bike Bandit)

Projeto scrambler: modificações na moto

Obtenha suportes que possam ser apertados firmemente e que tragam os faróis para mais perto dos garfos e da moto. Obtenha medidores menores, compactos, para a parte frontal da moto. Encurte o assento alguns centímetros. Juntos, essas modificações começam a dar a sensação de uma moto que teve tudo desnecessário removido, enquanto ainda mantém um visual legal.

Não entre em pânico se a curva de seu assento ou tanque interrompe um pouco o equilíbrio, basta fazer com que o eixo de cada componente trabalhe em conjunto. Você quer evitar que seus olhos vejam a máquina como se as costas dela estivessem quebradas

Experimente usar o escape, o guidão e a tampa do assento para implicar essas linhas desejadas, sem ter que criá-las com o tanque ou quadro. Faça suas mudanças de suspensão antes de estabelecer nessas linhas. Poucos centímetros a mais na parte traseira podem prejudicar até os planos melhor planejados.

Aros e pneus na moto scrambler

O uso de pneus pesados vai mudar a sua experiência de condução na estrada normal. Não há como contornar isso. Grama úmida e superfícies soltas são agora seus amigos, e onde a moto terá seu melhor desempenho.

As rodas e os pneus que você escolher vão percorrer um longo caminho para definir o estilo da sua máquina, bem como a maneira como ela vai ser dirigida. Um aro dianteiro de 18 polegadas com um pneu de perfil mais alto terá um diâmetro de rolamento próximo a uma configuração de 19 polegadas. Qualquer um ajudará a suavizar as superfícies mais difíceis, sem perder as origens da moto do visual do seu scrambler. Na parte traseira, 18 polegadas é a preferência, mas um pneu de 17 funciona bem também.

Uma palavra de advertência: verifique se o seu pneu de sonho e combinação de borda irá ficar afastado de seus garfos, braço giratório traseiro, corrente e similares. Ignore este passo e você terá pneus que não passam entre os garfos da maneira esperada.

Passe algum tempo explorando os traços e os limites do novo pneu na estrada, especialmente se você estiver acostumado com pneus de estrada modernos. Lembre-se de que às vezes você precisará usar uma pressão ligeiramente mais baixa do que nos pneus de estrada.

Desempenho do motor scrambler

Ao contrário de uma cafe racer, você não está entrando automaticamente em uma caçada para a potência superior máxima. Os carburadores preparados podem dar-lhe uma capacidade de resposta extra e uma melhoria útil da potência para manter a velocidade de entrada alta e uma melhor capacidade de resposta final.

Fora de estrada, a entrada de ar é sua amiga. Você precisará trabalhar um pouco mais no seu projeto para manter a entrada e ainda parecer legal.

Escapamentos elevados são a marca da verdadeira scrambler, embora nem todas os tenham. Posicione-os para complementar a linha do tanque/ assento/quadro para um impacto adicional.

Suspensão da moto scrambler

Experimente trocar a suspensão para algo mais robusto. Em seguida, trabalhe com a pré-carga para posicionar o curso da suspensão onde você pode usá-la. Uma configuração personalizada mesmo na suspensão mais básica é extremamente inspiradora de confiança. Fabricantes de suspensões tem vários guias para te ajudar nesse aspecto, e na construção de uma moto suave de dirigir.

Importante é que ao ajustar suspensões que sejam maiores do que os modelos de fábrica, é importante também observar a folga da corrente, o ângulo do braço oscilante e a tração do cabo do freio. Também mudará sua geometria da parte dianteira. Um pouco de tamanho extra geralmente é bem-vindo, mas não vá longe demais sem considerar (e testar) os efeitos.

Uma palavra rápida sobre o peso da bicicleta. Uma moto mais leve é melhor e mais fácil de manusear, e significa que você vai durar mais tempo quando estiver todo equipado para dirigir fora de estrada..

Detalhes de uma moto scrambler

Trabalhe o design a partir de tantos ângulos quanto possível. Se for possível, recomendamos que pague um profissional para fazer esses detalhes da moto.

Você notará que muitas scramblers, especialmente as mais antigas, tem elementos de espaço negativo em seu design. Em torno dos cilindros, as fendas do tanque para o assento, entre a roda traseira e o pára-lamas, e entre a borda do tanque e a direção. O truque? Mantenha esses espaços consistentes e intencionais.

Se você é um amante dos assentos finos, pedimos que você reconsidere. A espuma extra é sua amiga, especialmente no off-road. Além disso, um assento mais espesso complementa bem a parte superior de uma scrambler.

Resista ao desejo de não usar pára-choques

Levante o pára-choque dianteiro ligeiramente do pneu para lidar melhor com a lama. Monte com um suporte de borracha para evitar rachaduras. Na traseira, estenda o para-lamas para além do ponto central da roda.

Finalmente, pense nas curvas e raios de borda do seu motor, tanque, iluminação e assento. Por exemplo, belos conjuntos arredondados desfrutam de um tanque similarmente curvilíneo, mas tente uma forma mais retilínea se o seu motor tiver uma forma mais geométrica.

Por fim, sempre tenha um mecânico de sobreaviso para te ajudar no design e nos detalhes da motocicleta.

Como está indo seu projeto scrambler? Qual moto escolheu para fazer o projeto?

Marcadores: , ,

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)