Alguma vez você já esteve dirigindo com um marcador de combustível mostrando um tanque cheio de gasolina, só para ver o seu indicador de combustível cair para vazio do nada quando você acelerava? Marcadores de combustível podem apresentar defeitos por vários motivos. Se seu medidor de combustível não estiver funcionando, temos alguns passos a serem seguidos para solucionar o problema ou, pelo menos, encontrar as causas.

Um aviso: não nos responsabilizamos por qualquer dano que os reparos que você tentar possam provocar no veículo. Aqui só damos instruções básicas para encontrar a raiz do problema. Se você não tiver segurança no reparo, recomendamos que procure um profissional mecânico para encontrar o problema e solucioná-lo.

Marcador de combustível marcando errado? Comece pelo tanque de combustível do veículo

Localize o tanque de combustível do seu carro. Deve haver um fio perto do tanque com uma cor marrom (geralmente). Este é o fio de alimentação do remetente de combustível, que leva ao indicador de combustível quanta gasolina você deixou no tanque de seu carro. Desconecte o fio na base para testá-lo.

Defeito no marcador de combustível

Se o seu medidor de combustível estiver apresentando problemas, uma verificação simples pode fazer milagres para encontrar o defeito. (Foto: My Simple Plans)

Marcador de combustível com defeito: verificando o fio e o marcador

Quando o fio é desconectado e fica no ar, a agulha do indicador de combustível deve estar lendo acima de cheio. Se a ponta está tocando o chão (sem fluxo de eletricidade), o indicador de combustível deve estar lendo abaixo de vazio. Se estes não forem o caso, você tem um problema de fiação ou um indicador de combustível defeituoso, que não está lendo a voltagem corretamente.

Marcador de combustível oscilando ou defeituoso: diagnóstico com multímetro

Um multímetro é um dispositivo que mede a corrente elétrica que flui entre dois pontos, mostrando a quantidade de eletricidade à sua disposição. Usando duas agulhas de metal do multímetro, conecte uma extremidade ao fio marrom e a outra extremidade ao chão (uma superfície sem fluxo de eletricidade). Diferentes quantidades de fluxos elétricos indicam a quantidade de combustível no tanque. Coloque o multímetro no medidor de Ohms (símbolo Ω). Um maior número indica um tanque mais cheio. Se o multímetro não medir qualquer saída, verifique novamente a fiação para ver se ela está conectada ao tanque ou se o fio está corretamente aterrado. Se ele ainda não funciona, as chances são de que você tem cabos com defeito. Para verificar isso, desconecte o fio marrom envolvido com a conexão entre o medidor e verifique ao longo do fio para ver se há qualquer desgaste. Substitua os fios e certifique-se de que tudo está conectado e aterrado corretamente para verificar se funciona.

Troca do fio do medidor para testes

Se ainda não funcionar, tente substituir o fio marrom. Se você não tem certeza qual fio funciona para o seu carro, consulte a concessionária mais próxima para obter uma opinião profissional. Na pior das hipóteses, quando mesmo a substituição do fio não funcionar, você também pode precisar substituir o indicador de combustível ou a boia do tanque.

Comece sempre o diagnóstico pelo que é mais barato substituir

Sempre comece o diagnóstico pelo fio. Ele é o reparo mais barato do problema no medidor, além de ser a causa mais comum. Problemas na boia ou no medidor do painel podem ser facilmente diagnosticados após eliminar problemas com o fio. Se você sentir que precisa de ajuda profissional com seu medidor de combustível defeituoso, um bom mecânico eletricista pode te dar um diagnóstico exato e o reparo mais barato para seu veículo, além de ser o reparo mais eficiente. Se você tiver um scanner automotivo, ele também pode acusar defeito na boia ou no medidor, tornando ainda mais fácil o diagnóstico.

Você já teve problema com o medidor de combustível? Qual? Como encontrou o defeito? Qual foi a solução dada para o problema?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)