O filtro de combustível fica entre a bomba de combustível do seu carro e os bicos injetores de combustível. Essencialmente, ele ajuda a eliminar quaisquer impurezas no combustível que a bomba de combustível possa estar enviando em direção ao seu motor. Ao agir como uma barreira e removendo esses contaminantes, o filtro de combustível protege seus bicos injetores, a saúde do seu motor e o desempenho geral do seu carro, como resultando num aumento do consumo de combustível, entre outros sintomas.

Como você não tem como olhar sempre para seu filtro de combustível, conhecer os sintomas de um filtro sujo pode ajudar-lhe a encontrar a melhor maneira de reparar seus problemas do carro que estão sendo causados pelo filtro sujo. Substituir o filtro de combustível é um trabalho fácil, mas você deve primeiro se certificar de que qualquer problema que você está passando está realmente relacionado com obstrução em seu filtro.

Filtro de combustível sujo gasta mais e deixa o motor engasgando

Se o seu motor continua hesitando quando você acelera, você provavelmente tem um filtro de combustível sujo ou entupido. A obstrução significa que o fluxo de combustível para o motor está restrito e esta combustão anormal, em última análise, reduz a potência do carro e capacidade de resposta, além de aumentar o consumo do veículo. Se o veículo não responder quando você acelerar ou engasga enquanto ele aumenta em velocidade, também pode ser um sinal de um filtro de combustível sujo.

Filtro de combustível sujo pode causar falhas e paradas no motor

Seu motor precisa de um abastecimento constante de combustível para funcionar corretamente e eficientemente. Um filtro de combustível que se tornou sujo vai restringir o fluxo de combustível para o motor, de modo que o abastecimento do motor não será constante. Se o fluxo for excessivamente pequeno, o motor do carro pode até parar de funcionar. Quanto mais vezes isso acontece, mais provável é que seu veículo tenha um filtro de combustível sujo que precisa ser substituído.

Sintomas de filtro de combustível sujo

Um filtro de combustível sujo pode ser também o sintoma de uma gasolina de má qualidade ou desgaste no tanque do seu motor. (Foto: homewiring.org)

Filtro de combustível sujo: carro não dá partida

Como seu motor requer uma mistura de combustível e de ar ideal para poder dar a partida, ele não vai dar a partida se nenhum ou pouco combustível está chegando ao motor. Falha ao dar partida no veículo é um sinal definitivo de um filtro de combustível sujo ou um que está completamente obstruído. Ele precisa ser substituído antes que o veículo dê a partida corretamente.

Da mesma forma, seu veículo não dando partida também pode estar relacionado com uma bateria ruim ou uma ignição com problemas. Se você conseguiu eliminar esses dois problemas, é definitivamente hora de considerar o filtro de combustível como o culpado.

Partida mais difícil provocada por um filtro de combustível sujo

Se o seu filtro de combustível está sujo, mas não completamente entupido, você vai experimentar uma partida mais difícil para seu veículo. Isso significa que o fornecimento de combustível para o motor será restrito, de modo que dar a partida vai se tornar muito mais difícil. No entanto, esteja ciente de que um filtro de combustível sujo não é necessariamente a única causa de uma partida mais difícil em seu carro. O problema também pode estar em suas conexões ou no seu carburador. Substituir o filtro de combustível é um bom primeiro passo para diagnosticar o problema.

Desempenho diferente em velocidades diferentes pode ser um sintoma de filtro de combustível sujo

Se você tem um filtro de combustível sujo, a gasolina que atinge o seu motor terá impurezas e seu carro não vai funcionar tão eficientemente. Este sintoma particular pode ser difícil de reconhecer no início, uma vez que é bem possível que, ao pressionar para baixo duramente no pedal de aceleração ou quando você estiver em velocidades de cruzeiro, você vai conseguir um bom desempenho. Mesmo com um filtro de combustível sujo, a gasolina ainda pode chegar ao motor corretamente se a pressão é alta. Em velocidades mais elevadas, a pressão do motor estaria proporcionando condições ideais para um automóvel eficiente.

No entanto, tudo o que isso faz é mascarar a realidade. Problemas reais vão surgir em velocidades mais lentas quando a pressão é muito menor, o que significa que o combustível não é empurrado para o motor do seu veículo com tanta força e o desempenho será ruim. O motor pode ter um funcionamento intermitente ou pode fraquejar ou cortar completamente quando tiver menos combustível disponível.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)