O dia amanheceu mais frio e seu carro ou moto não pega nem com reza brava. Sua partida a frio está te deixando na mão. Mas o que pode estar acontecendo com seu veículo que está dando problema na partida à frio? É importante avaliar e evitar que o problema se agrave.

Partida à frio não funciona: sensores

Os sensores são componentes de gerenciamento do funcionamento de motores encontrado em muitos veículos. O objetivo dos sensores é fornecer a central de injeção as informações necessárias para a queima ideal do combustível.

Por exemplo, a leitura da temperatura mais baixa do motor e do ar atmosférico pode resultar em um combustível adicional sendo injetado na câmara de combustão para enriquecer a mistura de combustível. Se o sensor não funcionar corretamente, ele não poderá desempenhar seu papel fundamental para o funcionamento do motor, para a economia de combustível entre outras questões do funcionamento normal de veículos.

Carro ou moto não pega de manhã

Um dos primeiros sintomas tipicamente associados a problemas nos sensores é um problema ao dar partida no veículo. Os sensores e injetores estão lá para enriquecer a mistura de combustível do veículo em condições de baixa temperatura. Se o injetor ou sensores falharem ou tiverem algum problema, podem não ser capazes de fornecer o combustível adicional necessário em condições de frio e, como resultado, podem causar dificuldades na partida do veículo.

Outro problema comum é o reservatório de partida a frio que pode estar vazio ou com combustível vencido, dificultando a partida do veículo. O monitoramento e trocas do combustível no reservatório vão garantir que o veículo não tenha problemas durante a partida à frio.

Problemas na partida a frio

Quando um carro não consegue dar a partida à frio normalmente, é preciso diagnosticas as possíveis falhas do sistema para que o veículo funcione da maneira correta. (Foto: College Candy)

Moto ou carro carburado não pega de manhã

Em veículos carburados, o problema pode ser resolvido enriquecendo a mistura através do afogador do veículo. Isso vale tanto para motos quanto para carros, pois ambos tem dispositivos que devem ser acionados para ajudar na partida à frio.

Problemas na regulagem do sistema de injeção

Isso vale tanto para veículos carburados quanto veículos com injeção eletrônica. Problemas na regulagem vão apresentar sintomas além de problemas na partida à frio, tal como um aumento no consumo de combustível e até o funcionamento irregular do motor.

Para um veículo carburado, pode ser necessário remover o carburador e fazer a regulagem e limpeza fora do veículo para o melhor funcionamento. Para um veículo com injeção eletrônica, pode ser necessário ligá-lo a um scanner automotivo para a devida regulagem do sistema. Pode ser necessário também remover os bicos injetores para uma limpeza e testes.

Combustível de má qualidade ou incorreto

Um combustível de má qualidade pode dar problemas na partida do seu motor. Mas para diagnosticar um combustível ruim, o veículo também vai apresentar problemas durante seu funcionamento normal como estouros no escapamento ou funcionamento irregular do motor.

Se o seu veículo começar a exibir qualquer um dos problemas acima, ou se você suspeitar que a partida a frio não está mais funcionando, tenha o veículo devidamente diagnosticado por um técnico profissional, para determinar o reparo apropriado para o problema.

Já teve problema de partida à frio com seu veículo? Como resolveu o problema?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)