A utilização do cinto de segurança infelizmente ainda não é um hábito de todos os motoristas brasileiros. Desde a época em que a utilização não era obrigatória em todos os assentos do veículo ainda há esta mentalidade de utilizar o cinto apenas para evitar multas em caso de fiscalização. Pode parecer a tal esperteza da qual o brasileiro tanto se gaba, mas não passa da mais simples e rude ignorância.

Em outros países em que o transporte público e a tecnologia automotiva é mais evoluída a utilização do cinto de segurança já era obrigatório a muito mais tempo. Inclusive o cinto de três pontos em todos os assentos dos veículos se tornou item obrigatório a muito tempo. No Brasil, como os automóveis são sempre mais ultrapassados e as leis são criadas em sua maioria com fins eleitorais, medidas vistas como impopulares não geram preocupação política, mesmo que sejam indispensáveis para a segurança da população.

Um simulador de capotamento é um equipamento que gira um carro real em torno de um eixo apenas com o objetivo de mostrar aos ocupantes o que acontece de verdade no momento de um capotamento. Todos eles saem firmemente convencidos de que o cinto de segurança é um item essencial e deve ser usado em qualquer trajeto que se fizer com o carro.

Detalhes sobre como desprender o cinto para sair de um carro capotado ou sobre quem sai primeiro quando o carro estiver tombado de lado também são ensinados. Pode parecer óbvio mas é melhor saber antes o que fazer para não ter que pensar no momento de desespero e se machucar ainda mais.

Vários fabricantes de veículos fazem campanhas pela utilização de cinto de segurança. Tanto para afirmarem a segurança dos seus veículos quanto para evitar que acidentes com os mesmos levem a vítimas e manchem a reputação da marca. A questão é que não adianta um carro ser extremamente seguro se os ocupantes não utilizam corretamente os itens de proteção. Em 2015 tivemos um triste exemplo na mídia quando um cantor sertanejo e sua namorada não sobreviveram a um acidente e estavam sem cinto. O carro em que estavam era extremamente seguro e a falta do cinto de segurança foi crucial para o desfecho negativo.

Cinto de segurança em dummies

Siga o exemplo destes dummies da imagem da Ford: use o cinto!

O vídeo abaixo mostra uma reportagem com um destes simuladores, explicando inclusive como sair de um carro virado.

Este outro vídeo ainda mais interessante mostra um recorde de direção sobre duas rodas, mas tem uma lição importante tambem. :)

É bem óbvio que usar o cinto de segurança é essencial, não somente para sua segurança mas para outros ocupantes do veículo. Quanto estiver em um carro exija que todos os ocupantes usem o cinto. Mesmo que eles não queiram se proteger, é a sua vida que também está em risco!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)