Em um veículo, existem diferentes tipos de luzes para auxiliar o motorista na direção, garantindo maior visibilidade e segurança na direção para o motorista. É importante compreender como usar essas luzes, além da legislação brasileira e as possíveis multas que você pode receber se por acaso você não usar as luzes corretamente.

O que são faróis de neblina, luzes de neblina, e lanternas de neblina?

Um farol normal pode refletir diretamente na neblina, neve, chuva pesada, ou partículas de poeira no ar, causando um excesso de brilho e confundindo os olhos dos motoristas, que não poderão ver a estrada de forma adequada. Nessas situações de baixa visibilidade causadas por partículas no ar faróis de neblina fazem um excelente trabalho.

Faróis de neblina são faróis completamente separados dos faróis normais, instalados a uma distância de 20 cm a 30 cm do solo. Faróis de neblina são fortes, e apontados para o solo, com o propósito exclusivo de iluminar a pista de rodagem para o motorista, e não para iluminar os obstáculos à frente do veículo.

Já as lanternas de neblina são as luzes usadas na parte traseira do veículo durante situações de baixa visibilidade causadas por poeira, neve, chuva, ou neblina. As lanternas de neblina são posicionadas na mesma altura das luzes de freio ou abaixo das luzes de freio, a 20 cm ou 30 cm do chão. Essas luzes servem para ajudar outros motoristas, que estão atrás dos veículos, a visualizar outros carros, evitando assim possíveis acidentes.

Situações de multa: não pode ser usada na cidade, sendo uma infração média. Usar o farol de neblina atrapalhando os motoristas que vem na direção oposta na estrada, usando o farol sem necessidade, o motorista pode estar cometendo uma infração grave. Usar o farol de neblina no lugar do farol baixo nas estradas e rodovias é uma infração média.

Posição dos faróis de neblina

No carro, esses pequenos faróis são os faróis de neblina. (Foto: blog.tuningparts.com.br)

O que é o farol de milha?

Um farol de milha é ainda mais potente do que os faróis de neblina. Faróis de milha tem um feixe estreito, em linha reta, e são instalados na parte da frente do veículo na mesma altura que os faróis normais. Faróis de milha são sempre brancos, uma vez que as luzes brancas são mais fortes. Seu uso é para situações off-road ou quando o motorista está atravessando estradas escuras ou trechos com iluminação muito ruim. Como são apontados para frente, e a potência deles é muito forte, as chances de cegar um motorista que vem na direção oposta é muito grande.

Situação de multa: não pode ser usada em cidades. Em estradas, só podem ser usados em situação de de baixa luminosidade, como estradas off-road, desde que não prejudique a visibilidade de outros motoristas. O uso em cidades pode resultar em infração média, e o uso em estradas em situações onde outros motoristas vem na direção oposta, pode resultas até em infração grave.

Posição dos faróis de milha

Esses 4 faróis de milhas são para uso mais focado em off road. (Foto: www.popularmechanics.com)

Faróis dianteiros

Os faróis dianteiros tem três configurações possíveis:

  • Farol alto: usado em situações de muito baixa luminosidade, para iluminar obstáculos à frente do veículo e auxiliar o motorista na direção em completa escuridão. Nessa configuração, o farol usa uma angulação para a lente que aumenta o alcance do feixe de luz e/ou usa uma lâmpada mais potente para iluminar uma maior área tanto para os lados, quanto à frente do veículo.
  • Farol baixo: usado em situações de luminosidade baixa, mas onde a escuridão ainda não é completa, e para aumentar a visibilidade do veículo, tanto à noite quanto de dia. Ajuda a iluminar obstáculos e a estrada à frente do veículo.
  • Farolete ou luz de posição: em um farol dianteiro, é a luz mais fraca. Usada para, literalmente, mostrar a posição do veículo. As luzes de posição estão geralmente posicionadas mais ao lateral possível, para dar uma noção do tamanho do veículo a outros veículos à frente ou atrás na direção.

Situação de multa: faróis quebrados, com as lanternas queimadas, desregulados, o irregulares (uso de faróis de LED, xenon, em carros que não são permitidos, por exemplo) podem resultar em infração grave e multa. O uso de farol alto na cidade ou quando o farol alto atrapalha outros motoristas na estrada (você não baixa o feixe do farol quando vem outro carro na direção oposta), pode resultar em infração média a grave, e multa. E o não uso do farol baixo nas estradas e rodovias pode resultar em infração média e multa. Você pode usar o farol baixo ligado o tempo todo, e isso não resulta em multa (inclusive, é até recomendado, para tornar seu carro mais visível).

Farol dianteiro de um veículo

O farol dianteiro pode ter incluso também o pisca, a parte laranja na foto, com o farol baixo e o farol alto, para situações diferentes de baixa luminosidade. (Foto: www.libertymutual.com)

Lanterna traseira, luz de ré, e luz de freio

A lanterna traseira é uma luz traseira, geralmente que liga-se juntamente com o farol baixo ou alto, para tornar o carro mais visível à noite. A luz de ré é uma luz adicional, no mesmo kit, que acende quando o carro aciona a ré. A luz de freio é uma outra luz (que pode ser a mesma que a luz de ré), que é acionada quando o motorista freia, avisando aos motoristas que vem atrás para ter mais cuidado.

Situação de multa: quando as lanternas estão queimadas ou quebradas, pode resultar em infração média e multa.

Acionamento das luzes do veículo

O comando para acionar as luzes pode ser diferente, mas os símbolos são os mesmos para te orientar no acionamento. (Foto: www.flatout.com.br)

Como acionar as luzes do seu veículo?

Nós recomendamos que você procure sempre o manual do seu veículo e conheça os comandos e símbolos do seu veículo para acionamento das luzes corretamente. Caso você não tenha o manual do seu veículo em mãos, digite no Google o nome do seu veículo e o manual, bem como o ano de fabricação, e você encontrará várias fontes confiáveis de download. Muitas fabricantes já disponibilizam o manual para download direto do site, uma praticidade muito bem vinda. Fóruns, clubes de carros, e grupos de discussão podem te ajudar a identificar os comandos específicos para o seu veículo também.

Alguma dúvida ainda? Deixe nos comentários suas perguntas, que iremos responder o quanto antes!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)