Mesmo sob as melhores condições de direção, conduzir um veículo exige toda a sua atenção e seu melhor julgamento. Quando chove, anoitece, ou há neblina na estrada, atenção e um bom julgamento tornam-se ainda mais importantes. Para ser um piloto bom e dirigir com segurança, você deve aprender a dirigir em todas as situações de tráfego, pois nunca se sabe quando você precisará dessas habilidades para se safar de problemas.

Dicas sobre dirigir a noite

Cerca de 90% de suas decisões são baseadas no que você vê. E os maiores perigos de dirigir a noite estão relacionados à visibilidade. À noite, você deve usar o cuidado extra para compensar a visibilidade reduzida. Você também deve saber que a capacidade de ver bem à noite diminui com a idade.

Dirigir à noite é mais perigoso porque a distância que você pode ver à frente ou para os lados é reduzida. Você deve dirigir mais devagar do que você faria à luz do dia, especialmente em áreas que não são conhecidos ou em estradas estreitas, com muitas curvas. Seus faróis cobrem aproximadamente 100 metros à frente. É importante que você conduza a uma velocidade que permite a você parar com segurança dentro dessa distância. Isso é conduzir dentro do “intervalo” de seus faróis.

A legislação exige que você use os faróis à noite e em situações de baixa visibilidade, como neblina e chuva. Mesmo quando os faróis não te ajudam a ver em períodos de pouca luz, isso torna mais fácil para os outros condutores e pedestres para ver seu veículo.

Seja atencioso quando você usa seus faróis altos. Seus faróis devem estar no farol baixo quando você está perto de um veículo ou em locais iluminados. Isso vale também para quando o veículo à frente está na pista oposta. Você também deve escurecer as luzes para pedestres que se aproximam de você. O farol baixo e o farol de neblina de seu veículo devem ser apropriadamente regulados para ajudar nessa visibilidade e para não atrapalhar a visibilidade dos outros. Faróis de xenon são um grande perigo nas estradas, porque a maioria dos kits não está dentro da legislação permitida no Brasil, e tem uma potência luminosa que pode cegar os outros.

Se um motorista que se aproxima não é reduz os faróis, pisque os faróis para farol alto por um segundo e, em seguida, retorne para o farol médio. Para ajudar a evitar o brilho de se aproximar dos faróis altos, mova seus olhos para a direita. Utiliza a borda da estrada como uma guia até que o veículo se aproxima passe.

Para reduzir o brilho das luzes de veículos seguintes, mudar o seu espelho retrovisor interno para a posição “noite”.

Luzes de dentro do seu veículo ou de lâmpadas da rua tornam mais difícil para você ver a estrada à frente. Mantenha a luz interior do veículo desligada e diminua as luzes do painel. Ajuste as suas viseiras para reduzir o brilho das luzes de cima.

Um pára brisa sujo aumenta o brilho dos faróis que se aproximam. Certifique-se as luzes e vidro pára brisas estão limpos para dirigir à noite.

Mantenha uma velocidade estável entre 60 km/h e 80km/h em estradas. Essa velocidade fornece o tempo necessário de reação à emergências na pista.

Dirigindo em situação de neblina

A neblina ou nevoeiro é também uma situação semelhante à chuva, pois deixa a estrada úmida e pode atrapalhar a aderência. (Foto: stockclip.com)

Dicas sobre dirigir na chuva ou sob neblina

Um pouco de chuva e umidade faz estradas escorregadias. Folhas molhadas podem ser escorregadias e perigosas. Reduza a velocidade e aumente a distância entre seu veículo e os da frente para melhorar a sua segurança sob estas condições. Tome cuidado adicional em curvas, retornos, e subidas.

Sob forte chuva, os pneus podem começar a andar sobre a água que está em cima do pavimento da estrada. Esta “aquaplanagem” pode causar perda completa de tração e controle da direção. A aquaplanagem ocorre normalmente em velocidades mais altas, mas também pode ocorrer se os pneus estão gastos ou não inflados corretamente. Quando há chuva forte, sempre faz sentido para dirigir mais devagar. Se o seu veículo começa a perder tração, diminua sua velocidade ainda mais. Bons pneus devem ter a ajuda de sulcos profundo para evitar a aquaplanagem, drenando a água da banda de rodagem, ou seja, a parte do pneu que entra em contato com o solo.

Chuva ou nevoeiro torna mais difícil de ver através de seu pára brisa, e difícil para os outros condutores te enxergarem. A legislação brasileira exige que você acenda os faróis quando as condições meteorológicas requerem o uso de pára brisas para limpar chuva, granizo ou nevoeiro.

Feixes de farol alto refletem nas gotas de chuva e nevoeiro. Isso torna ainda mais difícil para você ver. Para uma melhor visibilidade durante estas condições meteorológicas, mantenha os faróis baixo acesos. Reduza a velocidade. Sinalize suas curvas e retornos mais cedo para deixar outros motoristas e usuários de estrada mais alertas. Freie cedo, quando você diminuir a velocidade atrás de outro veículo estiver indo para uma parada de interseção.

Alguns veículos possuem luzes de nevoeiro da frente e nas traseiras, para uso quando há nevoeiro intenso ou em condições climáticas perigosas semelhantes que restringem a visibilidade. Quando a visibilidade melhorar, você pode desligar suas luzes de nevoeiro para reduzir o brilho que pode incomodar os outros condutores.

Mantenha uma velocidade estável de 60 km/h em estradas, e aumente a distância entre você e os veículos da frente.

O risco da derrapagem e como se recuperar de uma derrapagem

O melhor método para se recuperar de uma derrapagem é o mesmo, tanto para veículos de passeio com tração frontal quanto veículos de tração traseira. Se suas rodas traseiras começam a derrapar, você deverá tomar a seguinte atitude:

Vire o volante na direção para a qual o veículo está tentando ir. Se suas rodas traseiras deslizam para a esquerda, vire a esquerda. Se elas deslizam para a direita, oriente o veículo para a direita.

Se suas rodas traseiras começam a deslizar na outra direção, como você recuperar, virar o volante em direção a esse lado. Você pode ter que girar a roda esquerda e direita várias vezes para obter o seu veículo completamente controlado.

Se o seu veículo tem freios ABS, mantenha seu pé com a pressão no pedal do freio. Se o seu veículo não tem ABS, pressione o pedal com cuidado. Pressione mais rapidamente apenas quando seu carro ficar mais lento. Se você frear pesado com freios normais, você só vai piorar a situação.

Se suas rodas dianteiras derrapam, tire o pé do acelerador e mude para neutro ou pise na embreagem, mas não tente corrigir a direção imediatamente. Quando as rodas derrapam de lado, elas vão desacelerar e a tração vai voltar. Enquanto a tração retorna, vire o volante na direção que você quer ir. Em seguida, coloque a transmissão em “drive/D”/primeira marcha ou libere a embreagem e acelere cuidadosamente.

Curso de direção defensiva

A manobra acima deve ser treinada, preferencialmente em um curso de direção defensiva, para tornar o reflexo de corrigir a direção algo automático, natural. Tome os cuidados apropriados, como dirigir devagar, deixar o veículo com a manutenção em dia, e dar toda a atenção durante a direção. Assim, dificilmente você precisará usar manobras arriscadas para se safar de um acidente.

Você tem dicas de direção para chuva, noite, e nevoeiro? Compartilhe nos comentários sua dica e experiência!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)