Entenda uma coisa de uma vez por todas: reservatório de água do radiador é um termo errado, e pode te induzir a cometer um erro fatal para a vida útil do seu veículo. O motivo? Reservatório de água na verdade é um reservatório de líquido de arrefecimento, que é uma mistura ideal entre água destilada e aditivo. Sem essa mistura, você reduz a vida útil do motor e aumenta os riscos de vazamentos e o desgaste do motor do veículo, além de poder causar o superaquecimento. Nunca coloque apenas água no reservatório, ok? Agora que corrigimos o erro mais comum, é hora de aprender um pouco sobre o reservatório de líquido de arrefecimento.

Reservatório de líquido de arrefecimento ou reservatório de expansão: entenda!

Seu reservatório de líquido de arrefecimento é uma parte essencial do sistema de resfriamento nos veículos. O reservatório de líquido de arrefecimento é uma câmara de expansão para o líquido de arrefecimento, que se expande ao aquecer, ao mesmo tempo que é um dispositivo para te ajudar a saber o nível do líquido de arrefecimento ou a proporção de aditivo e água no sistema.

O proprietário de um veículo precisa compreender que o sistema de resfriamento de um veículo precisa ter um reservatório de expansão por causa da variação na temperatura à qual um veículo é sujeito quando está sendo utilizado. Quanto maior a temperatura, maior será a expansão do líquido de arrefecimento ao evaporar. Nessa evaporação, é necessário um lugar para que os gases se expandam sem danificar o sistema de arrefecimento. Aí é que você tem o reservatório de expansão/líquido de arrefecimento. A tampa do reservatório, inclusive, é planejada para abrir quando a pressão chega a um nível predeterminado, evitando danos ao sistema e liberando um pouco da pressão.

Manutenção do reservatório de arrefecimento

Com um reservatório de líquido de arrefecimento em sua manutenção ideal, é possível controlar o nível do líquido de arrefecimento no radiador e também a qualidade deste, evitando possíveis problemas com aquecimento do motor. (Foto: YourMechanic)

Por que manter o reservatório do líquido de arrefecimento limpo?

Sem um reservatório, o líquido de arrefecimento em expansão devido à alta temperatura seria empurrado para fora da tampa do radiador seria derramado, reduzindo o nível do líquido no sistema e ainda causando danos ambientais. Além disso, com o sistema aberto, o radiador pode começar a puxar ar para o sistema, formando bolhas em seu radiador e possivelmente permitindo que o líquido não atinja certas partes a serem refrigeradas devido a bolsas de ar formadas. As bolhas de ar também aumentam a pressão no sistema, o que pode danificar o veículo, causando vazamentos e danos permanentes a certas partes do motor. A limpeza do reservatório garante que você prolongue a vida útil da peça e ainda possa verificar por danos, ou possíveis problemas de vedação da tampa, antes que o problema se agrave. Além disso, a limpeza do reservatório de expansão possibilita que você tenha uma oportunidade para verificar a proporção de aditivo para a água no líquido de arrefecimento, verificar se há óleo ou outros detritos no líquido (o que demonstra um problema no sistema de arrefecimento), e também checar o nível de aditivo a olho nu. Com o reservatório sujo, tudo isso fica mais difícil e demorado.

Limpar reservatório de expansão: passo a passo

O primeiro passo para a limpeza do reservatório de expansão está na verificação do líquido de arrefecimento. Se o reservatório ficou sujo, significa que houve algum problema na manutenção do líquido. Pode ser que você não completou com aditivo na proporção correta, pode ser um vazamento de óleo que está se misturando com o líquido de arrefecimento, pode ser que você demorou tempo demais para trocar o líquido, etc. Verifique a cor do líquido, a proporção de aditivo para a água com a ferramenta apropriada, etc.

O segundo passo está na troca do líquido de arrefecimento. Se o reservatório sujou, significa que o sistema está com problemas. Limpar o reservatório só resultaria nele se sujando novamente em pouco tempo. O que deve ser feito é o flush do sistema, preferencialmente com o equipamento adequado. Há produtos no mercado para o flush que podem ser usados com o veículo funcionando normalmente, mas você tem que pesquisar. Esse procedimento irá limpar o sistema de arrefecimento para que a limpeza do reservatório não tenha sido em vão. Vale lembrar que sistemas muito danificados podem apresentar vazamentos após um flush e por isso, recomendamos que você só faça esse procedimento se tiver o equipamento certo, ou deixe o serviço para um profissional. Pode ser necessário mais de um flush para sistemas que estejam muito sujos. O flush com os produtor adequados ainda pode ajudar na limpeza do reservatório.

A terceira etapa está na limpeza do reservatório. Certifique-se de esperar até que o carro esteja frio para evitar se queimar com o líquido dentro do reservatório de expansão. Desconecte a mangueira sob o tanque para permitir que o líquido saia, preferencialmente colocando um balde embaixo do carro para evitar que o líquido se espalhe. Remova a tampa do reservatório e coloque um pano de microfibra lá dentro, colocando logo depois uma mistura de água sanitária suave e água até encher. Tape o buraco da mangueira se ele começar a vazar. Deixe a mistura agir por um tempo e logo depois, use uma escova de dentes antiga para escovar o interior, ou algum tipo de acessório com cerdas. Em seguida, retire o pano e use água de uma mangueira com um pouco de pressão para enxaguá-lo. Se você tiver alguma forma de água pressurizada, pode ser uma boa ideia usar.

Quarta etapa da limpeza é relacionada a uma limpeza mais profunda do reservatório. Se o reservatório estiver muito sujo e os passos acima não são suficientes para limpá-lo, desconecte todas as mangueiras e retire o reservatório do veículo. Um bom truque é preenchê-lo novamente com água sanitária, água e cubos de gelo. Agite o tanque vigorosamente para limpar o interior. Repita algumas vezes e enxágue com a mangueira com alta pressão. Se mesmo assim o reservatório não ficar limpo, a recomendação é realizar a troca do reservatório por um novo, já que não será possível dar a manutenção correta ao veículo com um reservatório sujo.

Por fim, com a proporção ideal de aditivo com água destilada recomendada pela fabricante do seu veículo, preencha o sistema novamente e coloque o veículo para rodar em baixa rotação, até acionar o ventilador. Verifique por vazamentos para se garantir e pronto!

Você tem alguma técnica de limpeza para reservatórios de líquido de arrefecimento? Qual a sua técnica? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)