Um aditivo de boa qualidade do tipo etileno-glicol ou orgânico, com elementos anticorrosivos e de estabilização da fórmula e do ponto de ebulição, deve ser colocado no veículo, junto a uma quantidade ideal de água destilada para uma mistura na proporção especificada no manual do proprietário. Se você não sabe a quantidade certa de aditivo, é bom entender como encontrar a quantidade certa e a proporção ideal.

Proporção de aditivo e água destilada no veículo

Com o tempo, uma mistura de aditivo e água vai perder suas propriedades anticorrosivas. Substitua com uma nova mistura na proporção especificada no manual do veículo. Tal proporção, geralmente, está em torno de 50% a 60% de água para 50% a 40% de aditivo.

Existem aditivos orgânicos capazes de proporcionar os mesmos resultados que um aditivo de etileno-glicol. Deve ser pesquisada a equivalência entre o etileno glicol e o aditivo orgânico de sua escolha antes da substituição. Além disso, deve ser feito um flush e drenagem completa do sistema antes de substituir pelo aditivo orgânico.

Proporção de aditivo no líquido de arrefecimento

Aplique a proporção correta de aditivo no líquido de arrefecimento para prevenir o superaquecimento do motor e evitar danos permanentes ao veículo. (Foto: Top 10 Best Car Vacuum Cleaners with Reviews in 2016)

Descarte e escolha do aditivo correto para o veículo

Você não pode simplesmente jogar o aditivo do radiador descartado no ralo de uma casa. É preciso buscar uma oficina mecânica para que eles descartem o líquido corretamente.

Aditivos que usam o etileno-glicol na formulação são mais eficientes e evaporam menos, além de não ser inflamável. Ele deve ser misturado com água destilada ou filtrada com carvão ativado, pelo menos.

Qualquer marca que você escolher, certifique-se de que ela foi aprovada pelos fabricantes de automóveis para o seu tipo de motor, principalmente para quem tem um veículo novo, ainda na garantia. Assim, a pessoa garantirá que o veículo não perca a garantia.

Todo aditivo de qualidade tem que possuir um bom anticorrosivo em sua composição, e em seu rótulo, deve estar a recomendação para uso em todos os tipos de motor, evitando danos aos diferentes componentes do motor.

Antes de saber quantos litros de aditivo adicionar, verifique o sistema de arrefecimento!

Verifique todas as mangueiras que mostram sinais de fissuras quando apertadas. Verifique todas as travas da mangueira, bem como a tampa do radiador. Se houver corrosão em qualquer junção, remova a mangueira e limpe a tubulação metálica. Considere trocar por uma mangueira nova. Não aperte demais as travas das mangueiras, ou você poderá danificá-las.

Se você puder ver o sujeira no sistema de arrefecimento, aproveite a oportunidade de limpeza completa, através do flush. Prepare-se para vazamentos, principalmente se o sistema de arrefecimento do veículo estiver muito prejudicado. Nesse caso, pode ser até necessário substituir componentes como o radiador, ou fazer a retífica do motor.

Como colocar aditivo no radiador

Deixe o motor esfriar e coloque um recipiente sob o local de drenagem. Se não houver uma torneira de drenagem no radiador ou se a torneira estiver presa, destrave e remova a mangueira inferior do mesmo, drenando o veículo. Remova a tampa de enchimento do radiador para acelerar o fluxo de água. Lembrando: faça isso com o veículo frio.

Antes de começar a recarregar o sistema, certifique-se de que verificou e montou todas as mangueiras, apertou todas as travas e fechou todas as torneiras de drenagem.

Despeje a quantidade correta de aditivo e, em seguida, encha com água ou misture a solução de aditivo em um balde limpo, e use o recipiente com um funil para derramar o líquido de arrefecimento apropriadamente, sem entornar.

Respeite a proporção de aditivo para a água. Existem líquidos de arrefecimento que são vendidos já misturados, e podem ser uma mão na roda na hora de comprar a quantidade certa de líquido de arrefecimento para seu carro.

Quantos litros de aditivo vai no radiador do carro?

Entenda: você não vai colocar aditivo puro no radiador. Vai colocar uma mistura de aditivo e água destilada ou filtrada com carvão ativado. E é bem simples preencher o sistema de arrefecimento.

Abra a tampa do reservatório de expansão e vá colocando a mistura. Quando atingir o nível marcado no reservatório de expansão, coloque a tampa espere alguns minutos. Remova a tampa e ligue o veículo, verificando se o reservatório baixou muito. Se baixou, complete até o nível do reservatório e repita a operação, até que a quantidade de líquido se estabilize. Espalhe jornais no chão para estancar qualquer vazamento.

A quantidade exata de líquido de arrefecimento pode ser encontrada no manual do proprietário, pelo site da fabricante do veículo, ou simplesmente fazendo uma ligação para a concessionária. É possível também encontrar tabelas em sites de fabricantes de aditivos. Sempre compre, pelo menos, um a dois litros a mais de líquido de arrefecimento, para preencher com o tempo e manter seu veículo bem conservado.

Você coloca a quantidade certa de líquido de arrefecimento no seu veículo? Como você faz a manutenção do seu sistema de arrefecimento?

 

 

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)