Scanner para moto, qual o melhor?

Escrito na categoria "Recall e manutenção" por André M. Coelho.

Ao procurar a melhor ferramenta de verificação OBD2, é importante que os proprietários de motos ou técnicos profissionais considerem algumas coisas importantes. Responder a algumas das perguntas abaixo simplificará o processo de seleção e provavelmente ajudará os proprietários de motos a tomar as decisões certas na escolha do melhor scanner para motos.

Qual o melhor scanner para motos: do básico ao avançado

É importante observar que um leitor de código básico tem funções muito limitadas. Ele simplesmente permite que os usuários saibam sobre um código de problema ou um problema na moto que precisa ser diagnosticado. Isso geralmente é preferido por quem procura um dispositivo de baixo custo. Uma desvantagem de um leitor de código básico é o fato de que ele foi projetado para funcionar apenas com os modelos de motos mais comuns.

Por outro lado, uma unidade de ponta, preferida principalmente por profissionais, tem menos probabilidade de encontrar problemas de incompatibilidade. Comparado a um leitor de código básico, inclui várias funções avançadas como:

Capacidade de ABS ou outros sistemas de segurança: detecta e redefine os sistemas de freio ABS e outros sistemas de segurança na moto.

Definições na tela: exibe as definições dos códigos de diagnóstico direto na tela

Capacidade de impressão: envia os resultados à impressora para que as cópias físicas sejam produzidas

Dados em tempo real: mostra informações em tempo real sobre os sensores do motor e os níveis de desempenho do carro. Este recurso funciona mesmo durante a condução.

Registro ou armazenamento de dados: salva informações do carro na memória do scanner para que possa ser visualizado a qualquer momento

Recupera o número de identificação do veículo (VIN): exibe o VIN do carro. Ajuda os proprietários a descobrir facilmente se um carro foi adulterado ou reconstruído

Scanner para motos

Um bom scanner para motos ajudará no diagnóstico e manutenção. (Imagem: Motorcycle & Powersports News)

Um bom scanner de motos multimarcas tem de ser atualizável

Frequentemente, scanners de baixo custo não podem ser atualizados. É, portanto, importante investir em unidades de ponta mais caras ou ferramentas de digitalização profissionais que oferecem a opção de atualização. A capacidade de atualização garante que o scanner funcionará mesmo com as motocicletas mais novas disponíveis no mercado hoje. Observação importante: cada atualização vem com um preço, por isso é sempre bom perguntar com antecedência quanto ela pode custar.

Compatibilidade do scanner de diagnóstico para motos

Conforme mencionado anteriormente neste artigo, o OBD2 utiliza cinco protocolos básicos de sinal. Embora a maioria dos fabricantes afirme que seu dispositivo funciona com a maioria dos veículos OBD2, ainda é melhor verificar a ferramenta. Isso se deve ao fato de que nem todos os scanners são compatíveis com todos os computadores instalados nas motocicletas.

Pesquise, pergunte, e confirme se o scanner escolhido funciona para o diagnóstico das motos para as quais quer proporcionar a devida manutenção.

Que tipo de scanner para motos universal você deseja?

Os scanners automáticos baseados em PC usam o poder do PC para diagnosticar e solucionar problemas com sua motocicleta.

Bluetooth

Um scanner Bluetooth pode transformar smartphones, tablets ou computadores em uma ferramenta de varredura avançada que fornece dados de desempenho ao vivo rápidos e confiáveis. São mais simples, e mais baratos, e também limitados no que podem fazer.

Portátil

Scanners automáticos portáteis são unidades úteis e poderosas que podem ser usadas por mecânicos para diagnosticar falhas no motor, freio e transmissão. Frequentemente, eles têm telas de informações mais claras e gráficos coloridos. O kit geralmente inclui uma fonte de alimentação, cabo de alimentação e dados, uma bateria e muito mais.

Profissional

Os modelos profissionais de scanners para motos proporcionam acesso a grandes bancos de dados com informações sobre as motos, incluindo também fóruns e ajuda no diagnóstico da sua motocicleta. Os preços são relativamente altos para o usuário individual, mas a eficácia dessas ferramentas é ótima, com recursos completos de uma ferramenta. Usar este kit de ferramentas irá atender às necessidades para começar a reunir informações mais precisas para contribuir para sua manutenção e reparos.

Como escolher o melhor scanner OBD2 para sua moto?

É pesquisar e ver o modelo que encaixa no seu bolso. A ferramenta deve atender aos requisitos básicos, bem como recursos de exibição adicionais ou conectividade Bluetooth e USB. A velocidade de varredura não precisa ser a mais eficiente, mas frequentemente usada para verificar recursos básicos da motocicleta. Um modelo mais básico é mais adequado para indivíduos que usam habilidades e amadores, bem como conhecimentos básicos sobre como reparar e manter alguns veículos mais antigos.

O ideal é começar com um modelo mais básico, e ir evoluindo nos modelos à medida em que sua necessidade aumenta. Assim, você aprende a lidar com o equipamento sem correr muitos riscos.

Profissionais devem começar com modelos pelo menos intermediários, ou seja, modelos que são independentes de computadores, smartphones, tablets, etc.

Depois de algum tempo usando, busque os modelos de marcas consolidadas no mercado e que oferecem um ótimo suporte, como a Snap-On. Assim, você estará fazendo um excelente investimento, que durará por anos. Só não se esqueça que alguns desses scanners para motos mais avançados cobram mensalidades para o acesso ao banco de dados.

Já usou algum scanner para motos? Qual? Quais você acha melhor?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário