O rebaixamento do carro é um recurso que muitas pessoas usam nos famosos “tunnings” para personalizarem seus veículos e deixá-los com um visual que mais os agrada.

Com certeza qualquer personalizador de carros gostaria de baixar o seu carro, desde que fique bonito. Alguns até empurram suas unidades de suspensão ao seu limite, ou abaixam elas muito mais do que deveriam. O sistema de suspensão de base é composto pela mola progressiva, os absorvedores de choque, as folhas e barras de torção. As folhas são geralmente utilizadas em veículos que transportam cargas enormes, então vamos nos concentrar mais no sistema convencional de suspensão.

Basicamente, as molas são projetadas para recuar quando você acertar um buraco ou uma lombada. Isso ajuda a manter a tração dos pneuso na estrada para melhor dirigibilidade. Rebaixando as molas de uma forma barata e perigosa pode envolver o corte das molas. Isto irá resultar em menores gastos iniciais, uma vez que não há necessidade de comprar um kit completo do sistema de suspensão apto para o rebaixamento. Mas o negócio de economia se transformaria em algo ruim em poucas semanas: quando você batesse em buracos e/ou lombadas, você comprimiria ainda mais o sistema de suspensão que então, iria estourar. Além disso, uma suspensão desalinhada resultaria em um desgaste irregular do pneu. O desgaste seria mais evidente no lado interno do pneu, uma vez que seria parecido com um V invertido, se você olhar na frente.

Se o “estouro” acontecer durante uma viagem, você pode facilmente perder o controle do veículo e as rodas podem facilmente travar, causando um acidente. Além disso, pneus desgastados perdem aderência e são praticamente inefetivos na chuva.

Reduzir seu veículo no caminho certo significa que você tem que comprar diferentes peças de reposição, que se espera serem um pouco caras. Suas próximas perguntas prováveis seriam “o que compra e qual marca comprar?”: opte sempre por partes de fabricantes originais. Essas pessoas sabem do design dos carros e os construirão de acordo com as especificações do carro, então um ajuste perfeito não seria tão difícil.

Carro rebaixado

Esta foto é um exemplo de pessoa que não fez um bom projeot para “tunar” o veículo. (Foto: www.assimsefaz.com.br)

Um lembrete é que ao escolher qual kit comprar é comprar os kits que são especificamente para uso de rua, se você vai usar o carro na rua já que este deve ser um pouco maior e mais suave do que o kit de corrida. Kits de suspensão de corrida se destinam a serem muito baixos, a fim de obter o centro do carro de gravidade baixo para torná-lo mais estável. Mas lembre-se que pistas de corrida, normalmente, tem superfícies quase que perfeitas para esse tipo de uso da suspensão do veículo

Tente fazer um passeio em um carro rebaixado e sentir o manuseio, bem como a suspensão. Tenha em mente que alterar o sistema de suspensão vai custar-lhe uma viagem desconfortável já que o sistema de amortecimento será duro para que os pneus não entrem em contato com o chassis do carro ou os pára-lamas. Dito isso, tente também procurar uma oficina especializada em rebaixamentos para não ter um serviço de má qualidade que pode prejudicar muito seu veículo e até ameaçar sua vida.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)