Rastreadores de fábrica instalados em carros

Escrito na categoria "Acessórios e opcionais" por André M. Coelho.

Parece que o governo brasileiro atualmente está se preocupando um pouco mais com o consumidor de veículos zero km. Além de manter o IPI em baixa, a partir de 2014 todos os veículos zero km vendidos no país terão que vir de série com airbag frontal e ABS.

Outro item que passará a ser obrigatório, a partir do ano que vem, nos carros novos é o sistema de bloqueio. Ele é composto por um bloqueador e um rastreador e deverá custar em torno de R$ 350.

Em casos de furtos, a partir de uma certa distância, o sistema bloqueia o motor do carro e este para de funcionar. Além disso, o sistema antifurto também consegue rastrear a localização do veículo, facilitando a busca.

O uso do rastreador de carro será opcional já que o consumidor tem que pagar uma taxa (cerca de R$ 60 por mês) para obter esse tipo de serviço. Enquanto o bloqueador será funcional e poderá ser acionado diretamente pelo proprietário.

Sistema antifurto

Sistema antifurto agora será item obrigatório nos carros novos fabricados a partir de 2013

Todos os itens obrigatórios serão inseridos aos poucos no mercado. No primeiro mês do ano que vem, 20% dos veículos fabricados virão com kit antifurto e até o fim de 2013 deverá ser 100% dos veículos. O mesmo vai acontecer em 2014 com a instalação de airbag frontal e freios ABS como itens obrigatórios.

Apesar de todos os benefícios, com certeza, esses itens irão pesar no bolso do consumidor. Além de já pagarmos caro pelos veículos no Brasil (graças aos altos impostos e outros fatores), mesmo assim, o valor deve aumentar ainda mais devido aos itens inclusos e obrigatórios.

O lado positivo é que os consumidores terão um pouco mais de segurança, o número de acidentes fatais deve diminuir e o valor do seguro dos veículos também deve baixar para quem adotar o sistema antifurto.

Aproveite e veja alguns lançamentos futuros de carros como o J2 da JAC Motors e o Chevrolet Onix.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário