Como funciona um carro elétrico? Video!

Escrito na categoria "Automóveis e veículos" por André M. Coelho.

Sejam bem vindos ao nosso site e ao nosso artigo especial da série como funciona. Se você tem curiosidade de saber o funcionamento de cada componente de seu carro e também algumas tecnologias novas no mercado, você está no lugar certo. Fiquem atentos a cada link que deixamos nas postagens. Chegou a hora de conferir tudo sobre o carro elétrico, tudo sobre este carro você acompanhar abaixo:

Você vai entender que existe muita diferença ente o carro elétrico do passado e o atual. Este termo na verdade é atualmente relacionado para designar diferentes tipos de tecnologia que são utilizadas para mover um automóvel.

Um grande exemplo de utilização deste termo fica por conta dos veículos híbridos. Eles recebem a classificação de veículo elétrico por usar eletricidade e também uma unidade de combustão interna adicional.

Como funciona um carro elétrico?

Todas as características de um motor de carro elétrico

Agora que você entendeu a diferença entre os veículos, certamente sabe que os veículos elétricos são aqueles que utilizam exclusivamente apenas a energia elétrica para se mover.

Este tipo de carro é considerado não poluente e atende à classificação de emissão zero. Após anos de pesquisas, o avanço garantiu uma autonomia e desempenho compatível com a real necessidade da vida nas grandes cidades.

Entre as principais características dos veículos à bateria, podemos destacar seu tamanho bem pequeno, eles são veículos bem silenciosos e extremamente fáceis de manobrar. Infelizmente ainda existem algumas barreiras, entre elas citamos o tempo de recarga e o preço, atualmente o veículo elétrico é muito maior do que os veículos à combustão.

Trouxemos um vídeo com o funcionamento completo, além de todas as características destes veículos.

Funcionamento

O funcionamento destes carros acontece devido à combinação de motor elétrico, regulador de motor e baterias. Este regulador recebe a energia das baterias e é responsável por repassar ao motor.

Existe um par de potenciômetros ligado ao pedal do acelerador, eles fornecem um sinal que avisa ao regulador quanta energia deve ser liberada.

A existência de 2 potenciômetros é visando a segurança. Isso foi feito para evitar situações que um potenciômetro fique preso na aceleração máxima. O regulador está sempre fazendo a leitura de ambos e só envia a informação se os sinais forem iguais.

O funcionamento destes carros acontece devido à combinação de motor elétrico, regulador de motor e baterias. Este regulador recebe a energia das baterias e é responsável por repassar ao motor.

Existe um par de potenciômetros ligado ao pedal do acelerador, eles fornecem um sinal que avisa ao regulador quanta energia deve ser liberada.

A existência de 2 potenciômetros é visando a segurança. Isso foi feito para evitar situações que um potenciômetro fique preso na aceleração máxima. O regulador está sempre fazendo a leitura de ambos e só envia a informação se os sinais forem iguais.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário