Se o seu veículo tiver freios sensíveis, a maneira de tirar o ar é sangrando os freios. Para fazer o trabalho, você precisa do equipamento apropriado, como o recipiente para sangrar os freios e uma chave que se encaixa no bocal do sangramento do seu veículo, um frasco do fluido de freio apropriado, um frasco de vidro limpo, o manual do seu veículo, e um amigo para te ajudar a drenar o fluido de freio (preferencialmente). Para evitar danificar ou prejudicar o funcionamento do atuador de ABS, EBD, BA ou outros sistemas de freio sofisticados, um profissional deve fazer o sangramento dos freios para você. Alguns sistemas precisam do uso de scanner automotivo antes e após o sangramento, portanto verifique no manual do seu veículo antes de fazer o sangramento do freio.

Como fazer sangria de freio?

Encontre o pequeno bico chamado de parafuso de purga de freio que está localizado atrás de cada um de seus freios. Alcançar este parafuso de purga pode ser mais fácil se você subir o veículo. Se você estiver rastejando por baixo dele, coloque um cobertor antigo ou uma espessa camada de jornais primeiro. Se você realmente quer se sentir confortável, use um suporte com rodinhas para se deitar e deslizar com facilidade. sob o veículo.

Escolha a chave ou soquete adequados e que se encaixam no parafuso e solte o parafuso.

As chaves especiais chamadas chaves de purga se encaixam no parafuso perfeitamente e podem evitar espanar a cabeça hexagonal do parafuso. Tenha cuidado para não quebrá-lo ou você precisará de reparos profissionais. Se estiver preso, pulverize um pouco de lubrificante ao redor do parafuso. Depois de soltá-lo, aperte-o novamente, mas não muito apertado.

Coloque um pequeno pedaço de mangueira flexível sobre a extremidade do parafuso do sangramento e coloque a outra extremidade da mangueira no frasco. Em seguida, encha o frasco com líquido de freio para cobrir o final da mangueira. Se você não tem nada que se encaixa sobre o parafuso do, mantenha o frasco perto do bocal de modo que qualquer fluido que for expulso caia na jarra.

Sangrar freios do carro

Sangrar o seu freio é necessário para manter o sistema de frenagem com bom desempenho e garantindo sua segurança na direção. (Foto: YouTube)

Sangria de freio: bombeando o fluido de freio

Peça a um amigo que bombe seu pedal de freio lentamente algumas vezes. Peça a ele que diga quando estiver freando e quando soltar o freio. Se o veículo estiver elevado, antes de permitir que seu amigo entre com você embaixo, certifique-se de que as rodas estão travadas e que o veículo não está estacionado em uma elevação.

Depois que seu amigo bombear o pedal algumas vezes e está segurando o pedal para baixo, abra o parafuso de purga. O fluido do freio irá esguichar. Se houver ar em suas linhas de freio, as bolhas de ar estarão no fluido. Ver estas bolhas é mais fácil se você estiver usando o método de mangueira no recipiente, mas você também pode vê-las sem ele. Antes que seu amigo libere o pedal do freio, aperte o parafuso de purga. Se não o fizer, o ar é sugado de volta para as linhas de freio quando o pedal for solto.

Diga ao seu amigo que libere o pedal e ouça para ele ou ela para dizer quando o fizer. Repita este procedimento, afrouxando o parafuso e apertando-o de novo e de novo até que não haja mais bolhas de ar noo fluido.

Adicionando fluido de freio

Abra o seu cilindro mestre e adicione mais fluido de freio até o nível alcançar a linha superior. Se você não tomar cuidado ao fazer essa etapa, corre o risco de drenar todo o fluido do cilindro principal e extrair o ar para as linhas a partir do topo. Se isso acontecer, você deve voltar e sangrar seu cilindro principal até que você sugue o ar para fora desse fim do sistema. Portanto, é preciso ir completando o sistema por cima ao mesmo tempo que você vai drenando o fluido antigo, para evitar a formação de bolas de ar. Quando começar a sair o fluido da cor do fluido novo, é sinal de que você fez um bom trabalho.

Se você errar e tem que sangrar o cilindro mestre, terá de repetir etapas acima. Basta sangrar no ponto em que as linhas de freio se prendem ao cilindro ou no bico do sangramento do cilindro mestre, se tiver um.

Repita este processo com cada freio até o ar sair de cada linha de freio. Não se esqueça de adicionar fluido de freio ao cilindro mestre depois de sangrar cada freio. Depois de colocar o nível de líquido do freio no cilindro mestre de volta ao nível máximo pela última vez, dirija o veículo ao redor do quarteirão em baixa velocidade.

O pedal do freio não deve se sentir esponjoso quando você pressiona. Se ele ficar assim, verifique o cilindro mestre novamente para ter certeza de que está cheio e tente sangrar os freios mais uma vez. Se persistir mesmo após a sangria, é recomendado procurar um profissional.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)