Ainda não é comum no Brasil, mas nos Estados Unidos não são apenas os carros de luxo que utilizam um botão de partida ao invés da chave. Esta popularização deste tipo ignição gerou a necessidade da regulamentação do sistema.

Carros com botão de partida e legislação

Os fabricantes de veículos deverão seguir a norma, que estabelece principalmente um tempo específico para o botão ligar e desligar o motor. A Sociedade Internacional de Engenheiros Automotivos (SAE) propôs um padrão para esta tecnologia em que uma das recomendações é de que o motor deverá ser desligado com um toque longo de 0.5 a 2.0 segundos, ou 2 toques rápidos. Claro que a maioria dos fabricantes vai seguir as recomendações, mas Toyota planejou esperar a decisão final do do NHTSA (National Security Traffic Safety Administration) para modificar o seu atual sistema que desliga o carro ao pressionar o botão por 3 segundos.

Importância das normas para carros que ligam sem chave

As normas para um botão de partida de um carro que liga sem chave são essenciais para reduzir os custos das fabricantes e, ao mesmo tempo, oferecer segurança aos proprietários de veículos que nunca tiveram um carro que liga sem chave. (Foto: caricos.com)

Normas técnicas internacionais para veículos

Pode parecer bobagem mas a não regulamentação de algo tão simples começaria a tornar os carros tão complexos como vários outros sistemas eletrônicos. Hoje em dia, todo mundo sabe como ligar ou desligar um carro pois basta girar a chave, mas se não houver uma norma para os carros que ligam e desligam através do botão de partida, cada carro será ligado de uma maneira diferente, o que pode gerar uma grande confusão. A padronização das regras para esses sistemas também possibilitam que fabricantes de peças possam padronizar o sistema e economizar custos para fabricar um carro zero.

Pensando um pouco mais neste sistema, você acha que ele teria sucesso no Brasil? E se fosse conjugado com um sensor biométrico para leitura das impressões digitais? Deixe seu comentário!

5 comentários para “Carro com botão de partida: agora tem norma”

  1. Helbete Andre Liberato

    Eu gostaria de saber onde eu compro deste botão de partida?

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Olá Helbete.
      Os carros com botão de partida ainda são raros no país e não conheço produtos para tornar o seu carro um deles. Mas pode ser que exista. Se souber de algum, por favor comente aqui novamente e compartilhe conosco.

      Responder
      • Marcio 78santos

        Oi meu nome e Márcio e moro em Sergipe e gostaria de dar uma dica.
        Tenho um Peugeot 306 Break importado, que teve um problema na ignição a algum tempo. Como é um carro importado, tive muita dificuldades em encontrar a tal peça, sem falar do custo com a mesma. Foi aí que me veio a ideia de instalar um mecanismo parecido. Instalei um botão no liga e desliga no lugar do miolo da chave essa botão você encontra em qualquer casa de eletrônica, que servirá para ligar o painel. Em seguida instalei um botão de partida parecido com as partidas de Scanias. Esse você encontra em auto peças. Instalei um sistema de alarme com sensor de presença que trava todo o carro quando o controle (sensor) se afasta do mesmo. Como ficou? Ao se aproximar do carro as portas se destravam automaticamente e ligo o painel de automóvel e dou partida, ficou muito bom. Mesmo que por acaso existir uma tentativa de roubo depois de alguns metros de distancia com o carro em movimento o sistema perceberá a falta do sensor e se desligará automaticamente emitindo um som de alarme.

      • Alex

        Olá Márcio.

        Obrigado pelo comentário!

        Excelente solução a sua! Além de economizar uma grana ainda ficou com um carro com mais tecnologia ainda, com a ideia do sensor de presença. Só por curiosidade, quanto custaria o reparo original e em quanto ficou a sua adaptação usando o botão de partida?

  2. Everaldo Lopes

    Tecnologia é sempre bem vinda, tudo para melhorar, simplificar e dar agiidade é muito bom. Que venham as novas tenologias!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)