Existem muitos casos de carros abandonados, inclusive alguns carros de famosos, como o carro do cantor Belchior, que está abandonado há anos e com dívidas astronômicas com o estacionamento. Existe um caso famoso também no aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, desde 2008. Também temos casos menos famosos, de carros clássicos ou não tão clássicos que foram abandonados por vários motivos diferentes. Mas será que vale a pena comprar um carro abandonado?

Este negócio de comprar carros abandonados já é muito comum entre entusiastas de mecânica e colecionadores, que buscam ótimos negócios. Quem faz negócio nessas raridades normalmente investe pouco na compra, faz um investimento na reforma e tem uma alta valorização do veículo. Porém, vai depender do carro que você encontrou, o tempo e o dinheiro investido na reforma e seu empenho em fazer do carro abandonado uma raridade sobre rodas.

O porém é que essa compra é como jogar na loteria. Nos EUA existem programa de televisão que falam de compradores especializados nesses “achados”. É uma boa procurar por estes programas e começar a aprender como negociar e saber quando um carro pode ser um bom negócio. Você precisa ter noções básicas de mecânica e do valor de peças para o veículo, lembrando que no Brasil as peças podem ser muito raras e a importação delas pode ser muito cara.

A restauração de um veículo não é apenas um investimento: é um hobby. A procura das peças, a pesquisa em fóruns para possíveis substituições, modificações e personalizações no veículo. Até a busca por peças originais pode render histórias longas e viagens que podem envolver toda uma família.

Carro abandonado

Carros de modelo popular abandonados como este raramente valem o investimento. Procure mais por raridades, como veículos clássicos e que marcaram época. (Foto: oquefazercomolixo-thi.blogspot.com)

O importante aqui é consultar o RENAVAM do veículo pra saber a história do mesmo. Na hora de negociar, pense já em tudo que vai precisar gastar em peças, serviços de funilaria e pintura, parte elétrica e mecânica, etc. O investimento deve valer os custos, levando em conta que os débitos que o veículo carrega podem pesar muito em seu bolso. Mas se o investimento tem um caráter emocional, como um carro que marcou sua vida, sua infância ou um projeto de um sonho, nossa única recomendação é não cair na tentação da primeira oportunidade que surgir, se ela for muito custosa.

De qualquer forma, quando encontrar um carro abandonado, não basta querer comprar um deles. Você precisará encontrar o dono para fazer o negócio. Alguns podem ser um pouco cabeças dura. Outros, irão querer se desfazer do carro abandonado o quanto antes. Importante é não demonstrar muito interesse, tratando o veículo como se ele fosse só mais um, mesmo que seja o maior achado de sua vida. E daí, partir para a análise se vale o seu investimento financeiro, emocional e de tempo ou não.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)