Hoje encontramos veículos que vêm em três configurações para a tração: tração dianteira, tração traseira ou tração “all-wheel”. Neste artigo, vamos nos concentrar em apenas nas trações dianteira e traseira. A tração dianteira é onde o motor aciona apenas as rodas dianteiras. Tração traseira é quando o motor aciona apenas as rodas traseiras.

Tração dianteira é usada a fim de proporcionar um chassi mais compacto. Muito pouco espaço é necessário, uma vez que o motor e as rodas são impulsionados pela parte dianteira do veículo. Um túnel central ou um maior chassi não é necessário, pois eles estariam em uma configuração de tração traseira. O eixo motor do veículo de tração traseira tem de chegar do motor para as rodas traseiras, causando a necessidade de um túnel ou chassi mais alto. A configuração de tração dianteira também promove a boa tração das rodas com o chão.

Devido à sua melhor tração com a distribuição melhor de peso, veículos de tração dianteira são preferidos em relação a tração traseira quando necessários para dirigir na lama, neve ou piso molhado. No entanto, veículos de tração dianteira não são sempre tão rápidos para acelerar como os de tração traseira por causa da transferência de peso que ocorre durante a aceleração, fazendo com que as rodas da frente reduzam drasticamente a sua aderência, afetando negativamente torque.

Além disso, veículos com tração dianteira possuem um motor transversal (de um lado para o outro), enquanto veículos de tração traseira tem um motor longitudinal (da frente para trás). Devido ao estilo do motor, a tração dianteira restringe efetivamente o tamanho do motor. É por isso que você vai ver carros de tração dianteira com motores V4 em linha e V6. Motores mais longos, tais como V6 em linha e motores grandes V8 são difíceis de encaixar no espaço disponível. É por isso que a maioria dos carros de luxo, bem como carros esportivos mais frequentemente tem uma configuração de tração traseira.

Tração traseira

Na foto, o diagrama de um veículo com tração traseira. (Foto: car-comparison.blogspot.com)

Vantagens para uma configuração de tração dianteira incluem:

  • Mais espaço interior;
  • Menor peso;
  • Menor custo para fabricação;
  • Eficiência de direção melhor;
  • Centro de gravidade para a frente que melhora a tração;
  • Manuseio previsível.

Desvantagens de um veículo de tração dianteira são:

  • Torque mais pobre, permitindo que o veículo vire para esquerda ou direita quando eles são acelerados com alguma força;
  • Falta de deslocamento de peso, que limita a aceleração do veículo;
  • Tração reduzida quando o veículo está subindo uma ladeira em condições escorregadias;
  • As juntas em anexo ao cubo da roda tendem a se desgastar mais rápido;
  • Aumento círculo de giro porque o motor transversal limita a rotação das rodas dianteiras;
  • O tamanho do motor é restrito.

Vantagens de um veículo de tração traseira incluem:

  • Distribuição de peso mais igualada;
  • Transferência melhor do peso durante a aceleração;
  • Melhor raio de direção;
  • Melhor manipulação em piso seco;
  • Melhor frenagem;
  • Melhor capacidade de reboque;
  • Manutenção mais fácil;
  • Pode caracterizar motores mais potentes.

Desvantagens incluem:

  • Possibilidade de sobreviragem, quando o veículo estiver em alta velocidade;
  • Mais pobre tração em neve, gelo e areia;
  • Menos espaço interior;
  • Aumento de peso;
  • Maior custo do veículo;
  • Distribuição de peso inapropriada quando o veículo está carregado;
  • Um longo eixo cardã para alcançar as rodas traseiras.

Então, como você pode ver, é importante considerar seus hábitos de condução e as necessidades para determinar qual configuração seria ideal para você. A melhor forma de saber isso é dirigindo os dois tipos diferentes de veículos por algum tempo e vendo seus costumes na direção de um veículo. O gosto pessoal, além de suas necessidades, também tem que ser levado em conta. Por isso, boa sorte em seus testes e faça bom proveito de sua escolha!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)