As peças que compõem o motor costumam sofrer um desgaste natural e com o tempo, o motor perde em desempenho e força.

A idade e/ou falta de manutenção do veículo pode fazer com que seja necessário realizar a retífica do motor.

Como esse processo possui um valor elevado, muitas pessoas ficam na dúvida se devem comprar um motor novo ou realizar a retificação.

Em poucas palavras, a retífica de motor é um processo que proporciona uma “nova” vida ao motor, faz o motor voltar a ser “novo” novamente.

Mas não vá esperando que o motor fique igual a um zero pois, isso é impossível. A usinagem de um motor novo é toda balanceada, com medidas perfeitas e o mínimo de folgas graças aos sistemas computadorizados das montadoras.

Sem contar outros detalhes como a perda da dureza de materiais como da árvore de manivelas. Durante o processo de retífica (usinagem) o material vai sair do seu eixo original, vai ficar um pouco mais fino.

Porém, nada que comprometa o motor. Na verdade, o motor retificado (quando realizado em uma retificadora boa de serviço) apresentará durabilidade e rendimento semelhante ao de um zero.

Retificação de motor

A retífica de motor pode ser total ou parcial

No processo de retificação, todos os componentes do motor passam por um processo de usinagem: bloco, virabrequim (árvore de manivela), comando, bielas, válvulas de admissão e escape e outros.

Já os componentes que não podem passar pelo processo são trocados, como: os pistões, retentores, juntas, cabeçotes, bronzinas (de mancais e de bielas), pinos/anéis, etc.

Todo o processo de retífica é realizado por meio de máquinas (retificadoras, fresas, tornos e plainas) que proporcionam uma precisão adequada.

Há retificação do motor pode ser total ou parcial. Porém, a maioria prefere optar pela total para que não haja nenhum problema futuro e necessidade de uma nova retífica.

A seguir, alguns motivos que podem levar à necessidade de retificação do motor:

  • Consumo excessivo de combustível e/ou de óleo lubrificante
  • Superaquecimento
  • Perda de potência
  • Velas encharcadas de óleo e/ou cobertas de carvão e/ou borras
  • Excesso de fumaça saindo pelo escapamento
  • Motor apresentando fortes barulhos
  • Rompimento da correia dentada

Atualmente, quem possui veículo da Chevrolet tem a opção de comprar o motor parcial, não sendo necessário realizar o processo de retificação. Eles custam em média R$ 2 mil, ou seja, chega a ser mais barato do que uma retífica. Sem contar que o veículo ganhará um motor realmente novo.

O único inconveniente é que o proprietário do veículo deverá ir ao Detran, munido da nota fiscal, para retirar um novo documento contendo o novo número de série do motor. Nada que deixe de valer a pena!

As outras montadoras deviam seguir o exemplo da Chevrolet. Assim, os proprietários de veículos teriam menos dor de cabeça, maior garantia e seus veículos ainda seriam valorizados.

Um comentário para “O que é a retífica de um motor? Veja o processo em vídeo!”

  1. Antoniofarias

    Muito legal tirei muitas dúvidas

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)