O que é CRV e CRLV do veiculo? Tem diferença?

Escrito na categoria "Leis e trânsito" por André M. Coelho.

Durante as aulas de legislação e durante o tempo em que você já tiver sua carteira de motorista, você irá lidar com dois documentos com uma certa frequência: o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) e o Certificado de Registro de Veículos (CRV). De cara, já é importante dizer que estes dois documentos são diferentes e entender essa diferença é importante para compreender melhor a legislação e burocracia brasileira do trânsito.

O que é o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV)?

É também conhecimento como licenciamento. Como documento, concede o direito de tráfego ao veículo, legalizando sua circulação. A liberação deste documento é feita após a quitação das taxas e valores referentes a impostos e tributos estaduais, como o IPVA, o seguro obrigatório, a taxa de renovação de licenciamento (para emissão do CRLV) e multas, caso tenha alguma pendente. Este documento só pode ser pago a vista em bancos conveniados com o DETRAN de seu estado, através de guia emitida para tal fim. Após a quitação dos valores, o documento é enviado diretamente para sua residência.

Documentos obrigatórios do veículo

Tanto o CRV quanto o CRLV são documentos essenciais para você manter seu veículo legalizado. (Foto: gruposalome.wordpress.com)

O que é o Certificado de Registro de Veículos (CRV)?

O CRV é emitido no ato do primeiro emplacamento de seu veículo. Todas as características do veículo estão registradas no CRV e quaisquer mudanças de características como cor, molas convencionas por esportivas, entre outras, devem ser comunicadas ao DETRAN para alterações no CRV. Para vender o veículo, a apresentação deste documento é obrigatória. A segunda via do documento deve ser solicitada imediatamente para deixar o seu veículo legalizado. É o documento também utilizado para passar a propriedade de um veículo para outra pessoa.

Posso dirigir sem estes documentos?

Não. Além de multa, você corre o risco de ter seus documentos de ter seu carro e seus documentos apreendidos. Portanto, vale a pena dar uma checada sempe nos seus documentos e verificar tanto a validade quanto a legalidade destes.

Vocês já tiveram problemas por causa destes documentos? Compartilhem sua experiência conosco no espaço de comentários abaixo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

27 comentários para: “O que é CRV e CRLV do veiculo? Tem diferença?”

  • Carlos Audizio Vieira

    Esta dica foi muito importante para mim pois eu não conhecia nada sobre isto. Muito obrigado.

    Responder
  • Fabio

    Senhores, eu estou com um problema, comprei um carro 0 km no final de 2013, agora em outubro recebi uma notificacão informando que o licenciamento de 2014 esta atrasado, porém, possuo o CRLV de 2014, preciso pagar o ipva?

    Responder
    • Luiz Fernandes Andrade

      Bem acho que não pois se vce tem o 2014 só que deve ser a diferença do licenciamento de 2013 para 2014 e só ver no Detran pelo valor vce tem a noção pois vce vai ver o valor real do IPVA 2015 e quando eles estão cobrando.

      Responder
      • Equipe Carro de Garagem

        Luiz, de qualquer forma, tem que pagar todos os IPVAs, mesmo os atrasados.

  • Gui

    Perdi o recibo do carro o que devo fazer?

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Fala rapaz! O que você deve fazer é retirar uma segunda via do recibo. As taxas variam de estado para estado. Todas as informações e procedimentos, bem como a documentação necessária, você encontra no site do DETRAN do seu estado.

      Responder
  • Claudio Case

    Gostei muito desta informaçãoes

    Responder
  • Paulo Nei

    Gostaria de saber o que faço pois comprei um carro 2015 e a pessoa perdeu o compra e venda do mesmo.
    Como posso proceder nesse caso, como se tira outro.

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Ir ao DETRAN da cidade onde o veículo está registrado, junto ao proprietário anterior do veículo.

      Responder
  • Carlos César

    Gostei muito das explicações!
    Gostaria de fazer uma pergunta sobre outro assunto. Vendi a 8 anos uma DT 180cc ano 94, porém o comprador não fez a transferência da mesma para o seu nome e eu também não notifiquei o DETRAN sobre tal venda. As cobranças de seguro e licenciamento estão vindo em meu nome. Como faço para me livrar de tal dívida?

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Você precisará comprovar que vendeu a moto ao outro comprador.

      Responder
  • Gerson Lemes

    O que devo fazer pra não tomar mais multa
    Porque n tem mais jeito eles fazem de tudo pra toma dinheiro nosso!

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Respeitar às leis de trânsito brasileiras. Se necessário, vale a pena fazer um curso de legislação de trânsito para se atualizar e relembrar as regras de Trânsito.

      Responder
  • Talita Fernandes

    Comprei um carro, porém passado algum tempo vendi ele, só assinei a crv mas não reconheci firma!
    A algum tempo atras o despachante do comprador foi ate minha casa dizendo que eu tinha que reconhecer firma, porém o comprador me deve o carro o que fazer nessa situação?

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Tem que reconhecer firma sim. Entrar em contato com o vendedor e ir com ele a um cartório.

      Responder
  • Mauricio Rodrigues

    Olá quero vender uma motocicleta, mas acho que perdi o crv de 2015, que estará valendo até Agosto 2016, só tenho o crv de 2014 é possivel ir ao cartorio com esse mesmo?

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Mauricio, o CRV só tem um, e deve ser o primeiro que você tenha do veículo, para poder fazer a venda.

      Responder
  • Junior

    Tenho um carro e vou vender mas eu perdi o crv oq faço?

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Junior, tire uma segunda via no DETRAN de sua cidade. No site do DETRAN de seu estado dá pra pegar todas as informações e documentos necessários.

      Responder
  • Kennedy Donato

    Comprei uma moto,, e demorei mas do que o prazo de validade para transferir pro meu nome,, aí chegou uma multa administrativa,, e estou c medo de perder a carta,, pois ainda é provisória,, oq devo fazer?

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Kennedy, entre em contato com o DETRAN de sua cidade. Pode ser possível recorrer ou transformar a multa em uma advertência.

      Responder
  • Paulo Henrique

    Olá, vendi um carro em 2007 e confiando no comprador não datei o recibo, ele não passou pro nome dele e pior o carro já passou por varias pessoas, agora estou recebendo varias multas e corro o risco de perder minha cnh, por favor o que devo fazer?

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Paulo, o ideal era ter registrado uma comunicação de venda no Detran de sua região.

      Responder
  • Alexandrina Chanquet

    Como faço para ficar sem pagar Ipva. Pois tenho exames, radiografias que compravam artrite reumatoide. Aguardo contato.

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Alexandrina, entre em contato com o departamento de trânsito responsável na sua cidade e siga os passos indicados por eles. Possivelmente irão solicitar laudos periciais e etc que comprovem seu problema.

      Responder
  • Rafael C Epifanio

    Bom dia, comprei o carro de minha mãe e ao assinei o recibo, não fiz a transferência no Detran, agora estou vendendo o carro. É Só o comprador realizar a transferência no Detran? Como fica o recibo?

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Como o recibo foi assinado, terá que passar para seu nome e depois transferir para o outro comprador.

      Responder

Deixe um comentário