Quais os defeitos mais caros o seu carro pode apresentar?

Escrito na categoria "Automóveis e veículos" por André M. Coelho.

Ter um carro ou qualquer outro tipo de veículo é uma maravilha, né? Economizamos tempo e evitamos filas e transporte público lotado.

A parte ruim é quando o veículo apresenta um problema. Aí, pode ser algo simples ou uma grande dor de cabeça.

Mesmo cuidando do veículo e fazendo manutenção preventiva, vai chegar uma hora que não tem jeito, o carro vai ter que ser levado à uma oficina.

Nessa hora surge a preocupação tanto com o problema quanto com o gasto inesperado. A seguir, citaremos alguns dos defeitos mais caros que o seu carro pode apresentar:

Motor: até a negligência de uma simples troca de óleo pode causar um problemão. Caso seja necessário a retificação do motor do seu veículo, se prepare para desembolsar no mínimo R$ 2.500.

Embreagem: atualmente, os carros possuem embreagem hidráulica que deixa o carro mais macio mas, também se desgasta mais rápido. A troca de uma embreagem sai no mínimo uns R$ 700,00.

Câmbio automático: carros com transmissão automática são bastante confortáveis e quase não dão problemas. Mas, caso haja um defeito, prepare o bolso. O conserto sai em torno de uns R$ 3.500 para mais, dependendo do modelo do carro.

Câmbio Automático

O câmbio automático é um dos itens mais caros na hora do conserto

Modulos Eletrônicos: responsáveis por controlar diversos itens do carro (ar, airbag, motor, etc). Caso haja necessidade de troca, dependendo do modelo do carro pode custar mais de R$ 1 mil (caso do Punto) somente a peça, sem a mão de obra. O módulo do Vectra 2.0 sai quase R$ 3 mil enquanto numa Mercedes chega a R$ 27 mil.

Airbag: apesar de ser um item de segurança que começa a ser difundido no país, o custo ainda é caro. Caso o airbag frontal de um veículo seja acionado, depois será necessária a troca das bolsas e, dependendo, também será necessária a troca do módulo eletrônico. No Vectra, só as bolsas do motorista e passageiro saem mais de R$ 3 mil. Em modelos como Bora e Passat, a reposição do sistema pode sair por R$ 14 mil.

Teto Solar: se não for realizada a prevenção, pode ser necessário a troca. Nesse caso, pode custar de R$ 1 mil até uns R$ 6 mil (Teto SkyWindow da Fiat).

Enfim, atualmente, são esses itens que possuem maior valor na hora do conserto. Lembrando que o valor varia de carro para carro. Quanto mais caro e mais tecnológico for o veículo, mais cara será a manutenção e o conserto.

Quando precisar levar o seu veículo para uma oficina, não se esqueça de fazer o orçamento em ao menos três pois, os valores podem sofrer diferenças consideráveis. Dependendo do problema, o veículo deverá ser levado à uma especializada.

Aproveite e saiba como escolher uma oficina e o que fazer quando a luz da injeção eletrônica acender.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

2 comentários para: “Quais os defeitos mais caros o seu carro pode apresentar?”

  • Jerry Adriano

    Meu carro é um Corolla fiz a injeção completa mas a lâmpada da injeção continua acesa como eu faço pra apagar ela

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Use um scanner para identificar o problema.

      Responder

Deixe um comentário