Você já corrigiu o problema que estava fazendo com que a luz da injeção eletrônica acendesse, mas agora ela não desliga mais. Pode não ser culpa sua, e pode ser que nada errado esteja acontecendo com o carro. Algumas verificações técnicas e procedimentos vão garantir que essa luz da injeção eletrônica acesa realmente não é um código de erro e que você pode rodar tranquilamente com seu veículo.

Luz da injeção eletrônica acesa: Corsa, Palio, Gol, Celta, Fiesta, ou qualquer outro carro, o que isso significa?

A luz da injeção eletrônica, também conhecida como Check Engine, acende quando há um problema mecânico ou elétrico no seu veículo ou quando está chegando a hora de agendar a revisão do veículo. Assim que o o problema é corrigido e a revisão é feita, um scanner automotivo deve ser ligado ao veículo para poder apagar os erros da memória da central, e rodar uma rotina de testes novamente para verificar se o erro vai ocorrer.

Após esse procedimento, pode acontecer da luz de injeção eletrônica voltar a acender, o que não é sinal de nova falha no veículo, necessariamente. Alguns métodos podem ser usados para corrigir essa falha e apagar a luz, ou pelo menos, identificar qual a falha mecânica ou elétrica que está causando o erro.

Luz da injeção eletrônica acesa

Quando a luz da injeção eletrônica do seu carro acender, pode não ser um sinal de falha elétrica ou mecânica. Pode ser, simplesmente, que um erro já corrigido ainda não foi apagado da memória da central do veículo. (Foto: www.aa1car.com)

Luz da injeção acesa: paciência e cuidado

O primeiro e mais fácil método para apagar a luz da injeção é uma combinação entre tempo e paciência. A maioria computadores de bordo de um veículo irá verificar novamente qualquer problema que causou a ativação da luz de injeção eletrônica. Conduza o veículo normalmente, e se a luz da injeção eletrônica ainda estiver após dois ou três dias, é sinal de que o problema pode não sido corrigido ou que o erro não foi apagado da central.

Apagar a luz da injeção eletrônica manualmente: ligar e desligar o veículo 3 vezes

Alguns veículos vão apagar automaticamente os códigos de erros que causaram o erro inicial após o veículo ser ligado e desligado três vezes seguidamente (sem girar o motor).

Basta inserir a chave na ignição, virar a chave por um segundo, e desligar por um segundo. Repita por três vezes e em seguida, ligue o carro normalmente. Verifique se a luz do motor funciona normalmente após esse procedimento.

Apagar a luz da injeção desconectando a bateria

Desconectando a bateria do carro é uma forma de apagar a memória da central, apesar de não ser um método muito eficiente.

De dentro do veículo, pressione o botão para liberar o capô. Com o carro desligado, ao abrir o capô, desconecte o cabo de alimentação positivo (com o símbolo de “+” e geralmente na cor vermelha), e deixe desligado por cerca de 15 minutos. Coloque a chave na ignição do veículo e gire 3 vezes para a posição ON, limpando os dados da central do veículo. Gire a chave para a posição OFF e reconecte o cabo da bateria. Ligue o carro, aguarde um minuto, e veja se o erro persiste.

Use um leitor OBD para verificar a injeção eletrônica e apagar os códigos de erros

Um leitor OBD é conectado ao veículo através de uma porta de comunicação, geralmente localizada na parte inferior do painel frontal do veículo. Geralmente essa porta está próxima ao painel de fusíveis. Há manuais na internet mostrando onde encontrar a porta OBD de vários veículos, e é bem fácil encontrar do seu modelo de veículo.

O leitor OBD pode ser independente (com visualizador, tela LCD, etc), ou pode se conectar ao seu smartphone ou tablet via Bluetooth ou WiFi, e usar um app para fazer a leitura dos códigos de erros e realizar tarefas como apagar os códigos de erros.

Para usar o leitor OBD e apagar a luz da injeção, ligue o leitor no conector e sincronize o dispositivo com seu smartphone ou tablet, baixando antes o aplicativo recomendado para a leitura do código de erros. Depois, apague os códigos de erros (ligue o carro e toque em apagar códigos de erros no aplicativo ou no leitor OBD) e verifique novamente os códigos. Desconecte o leitor e ligue o carro, para ver se a luz da injeção eletrônica continua acesa.

Mas e se a luz da injeção eletrônica continuar acesa?

Seguindo estas técnicas você provavelmente vai se livrar da a luz irritante da injeção eletrônica, bem como permitir que erros reais sejam exibidos corretamente no relatório de erros do veículo. Levando o veículo a um bom mecânico e que tenha um bom scanner automotivo, o profissional poderá apagar o código de erros e também verificar se a luz está acesa por um erro real ou por uma falha que não foi ainda realmente eliminada do veículo. Vale sempre lembrar que a luz da injeção é um indicador, um alerta, e serve para auxiliar motoristas e mecânicos para um bom diagnósticos, enquanto apenas um real procedimento de scanner e leitura do código de erros é que poderá dizer o que realmente está acontecendo com a luz do código de erros.

Ficou ainda alguma dúvida? Deixe nos comentáriso que estamos aqui para ajudar na hora de apagar os códigos de erros!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)