A carreira de mecânico de aeronaves é bem gratificante. São bons salários, o mercado está muito aquecido e há planos de carreira e benefícios muito satisfatórios. Porém, é necessário muito estudo e dedicação para se tornar um mecânico de aeronaves.

A ANAC, a agência responsável pela fiscalização e certificação destes profissionais e tem todas as instruções para seguir essa carreira em seu site. E para ajudar nossos leitores, vamos esclarecer e instruí-los nas principais delas através deste artigo.

Pré-requisitos

É necessária a conclusão com o aproveitamento mínimo exigido em um curso que seja homologado pela ANAC. As habilitações em GMP, CEL ou AVI também tem que vir de uma escolar autorizada pela ANAC, com duração média de 13 meses para cada habilitação.

Para conseguir então seu certificado, o indivíduo terá que:

  • Ter completado 18 anos;
  • Ter concluído o 2º grau (ensino médio);
  • Ter sido aprovado em curso homologado pela ANAC;
  • Ter sido aprovado em banca de exames da ANAC.

As habilitações de Mecânico de Manutenção de Aeronaves (MMA) estão em 3 grupos:

  • Motopropulsor;
  • Célula;
  • Aviônicos.

Quando a pessoa adquirir a primeira habilitação em um dos grupos, ele pode ir se especializando e obter certificações e habilitações extras através da comprovação de pelo menos um ano de trabalho em empresa aérea ou de manutenção homologadas pela ANAC, com comprovação de vínculo empregatício. Após comprovação, o indivíduo fará um exame de conhecimentos práticos, quando receberá sua certificação, caso aprovado.

As especialidades

São três as especialidades possíveis como um MMA:

  • GMP (Grupo motopropulsor) – com esta especialidade você estará habilitado a trabalhar com todos os tipos de motores de aviação geral (convencional ou a reação), todos os sistemas de hélices e rotores e com todos os sistemas dos grupos moto-propulsores;
  • CEL (Célula) – especialidade que trabalha com todos os sistemas de pressurização, ar condicionado, pneumático, sistemas hidráulicos. Também é nesta habilitação que você vai poder trabalhar na estrutura de aviões e helicópteros em geral, ou seja, a fuselagem da aeronave;
  • AVI (Aviônicos) – permite que você trabalhe em todos os componentes elétricos e eletrônicos de aeronave, inclusive instrumentos de navegação, rádio-navegação e rádio-comunicação, sistemas elétricos e de radar.
Trabalho de um mecânico

Com bons salários, o mecânico de aeronaves é bem recompensado pelo seu trabalho. Porém, é um trabalho de muita responsabilidade! (Foto: www.mecanicodeaeronaves.com)

Como se inscrever em Curso Homologado

Além das exigências já citadas acima, brasileiros precisam apresentar os seguintes documentos no ato da inscrição:

  • Ficha de Inscrição/matrícula preenchida (fornecida pela escola ou aeroclube);
  • Comprovante de conclusão do ensino médio;
  • Título de eleitor;
  • CPF;
  • Certificados de Reservista ou Alistamento Militar;
  • 01 fotografia 3×4 recente;
  • Comprovante de pagamento de taxa de inscrição (caso necessário);
  • Outros critérios repassados pela unidade que ministrará o curso.

Candidatos estrangeiros precisam dos seguintes documentos:

  • Ficha de inscrição/matrícula;
  • 01  fotografia 3×4 recente;
  • Passaporte;
  • Outros critérios que forem exigidos pela unidade que ministrará o curso.

Exames

Pilotos, comissários, mecânicos de voo e de manutenção aeronáutica só podem trabalhar de forma legal ao obter Licenças e Certificações de Habilitação Técnica específicos da Aviação Civil. São provas de conteúdo teórico, preparadas e aplicadas pela ANAC. Existem exames online para pilotos, mecânicos de voo, comissários e mecânicos de manutenção de aeronaves.

Os exames são aplicados em caráter permanente nas cidades de: Belém, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Recife, Salvador e São Paulo. Para mais informações, o site da ANAC sobre seus exames é bem completo, com todas as informações e regulamentações necessárias para quem for fazer ou quer agendar seus exames.

Após o exame da ANAC

Quando aprovado no exame, tendo experiência profissional mínima de três anos em empresa de manutenção homologada pela ANAC e com vínculo empregatício, basta preencher o requerimento padrão, a ser enviado através do SINTAC (Sistema Integrado de Informações da Aviação Civil) juntamente com os documentos comprobatórios solicitados, para devida análise e parecer técnico e consequente obtenção do Certificado de Habilitação Técnica (CHT).

Você poderá e deverá também se manter atualizado de novas tecnologias e cursos, se capacitando para lidar com as novidades no setor e assim, se manter ativo e necessário ao mercado de trabalho.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)