Amortecedores mantêm os pneus do seu carro contra a superfície da estrada, proporcionando uma pressão uniforme para que o desgaste do piso permaneça consistente. Outra função dos choques envolve absorver os impactos e movimentos verticais para cima e para baixo do eixo traseiro e da suspensão dianteira. Sem amortecedores, o veículo seria visivelmente áspero e dissonante, fazendo com que outros componentes se desgastassem mais rápido que o normal. Amortecedores exibem numerosos sinais quando enfraquecem ou falham.

O que é coxim?

O coxim é como se fosse uma almofada para a parte superior do amortecedor encaixar e se conectar com a estrutura do veículo. O coxim evita que a parte metálica do veículo e da ponta do amortecedor sofra danos, ajudando também no processo de absorção de impactos e vibrações.

Um coxim danificado apresentará sintomas semelhantes a problemas no amortecedor, que podem incluir os seguintes problemas.

Como saber se o coxim está ruim pela altura do amortecedor?

Totalmente estendidos e com vedações e pistões totalmente funcionais, os amortecedores têm uma altura predeterminada, posicionando o veículo na distância adequada do solo. Todos os lados do veículo devem permanecer a poucos centímetros um do outro, se os pneus tiverem a pressão exata e as partes da suspensão da extremidade dianteira não apresentarem danos ou desgaste. Qualquer desvio perceptível na altura pode indicar um tubo de amortecedor enfraquecido ou com vazamento, ou um coxim que está danificado e não está dando suporte apropriado ao amortecedor.

Amortecedor ruim faz barulho e salta muito

Salto ou ressalto excessivo quando o veículo rola sobre os lábios ou ressaltos da entrada de automóveis pode apontar para amortecedores que perderam o efeito de amortecimento. O fluido hidráulico preso dentro do cilindro de amortecimento retarda o movimento vertical do pistão de choque; quando as vedações vazaram ou quando as molas de sustentação enfraqueceram, há um salto definitivo para o carro, um sinal claro de que os amortecedores devem ser substituídos. Um simples teste de rebote pode ser realizado empurrando com força o pára-choque dianteiro ou traseiro. Geralmente, um carro que se recupera mais de duas vezes tem um problema de amortecedor, indicando substituição. Esse problema pode resultar em danos ao coxim, que deve ser verificado na troca dos componentes.

Vazamentos no sistema do amortecedor

Qualquer vazamento visual ao redor do tubo do corpo de amortecedor, seja na parte superior ou no corpo do amortecedor, indica que os selos estão desgastados ou rachados. Como resultado, há uma perda no fluido hidráulico e todo o efeito de amortecimento desapareceu. O óleo ficará claramente visível no corpo do amortecedor, junto com sujeira e poeira.

Com essa perda, mais impactos chegam ao coxim, que pode já estar rachado ou desgastado pelo uso excessivo.

Coxim de amortecedor

Um coxim de amortecedor com defeito pode causar danos ao veículo e piorar a qualidade da direção. (Foto: Unigom)

Ruídos e vibrações no veículo

Ruídos altos ou barulhos ao dirigir em curvas ou ruas irregulares, podem indicar uma montagem de amortecedor quebrado. Às vezes os parafusos se quebram e o tubo de amortecedor se solta completamente, fazendo com que o lado do veículo caia. Um amortecedor quebrado também pode produzir um ruído de raspagem ou ralação. Com um coxim danificado, além dos ruídos, o veículo vibrará mais, e essa vibração chegará até o volante.

Desgaste do pneu por conta do coxim

Coxins e amortecedores gastos não podem manter os pneus firmemente plantados na superfície da estrada. Com esses sistemas desgastados, os pneus tendem a pular, e em altas velocidades isso faz com que pedaços de pneus sejam rasgados do piso.

O padrão de desgaste do pneu ficará irregular, e o piso aparece ondulado ao redor da circunferência. Esse padrão de desgaste aponta especificamente para problemas do amortecedor, já que nenhum outro componente causa esse desgaste anormal do pneu.

Carro inclina muito

Se o veículo se inclinar excessivamente em uma curva apertada ou gradual, isso significa que o sistema de suspensão não pode manter sua altura e perdeu a capacidade de carregar a carga da estrutura. Ruídos, como rangidos e gemidos, podem significar que outras partes da suspensão estão se afundando (tocando ou roçando a armação), e isso pode ser um sinal de que os amortecedores perderam sua força.

Como pode ver, geralmente os problemas nos coxins estão associados com outros danos ao sistema de suspensão. Todo cuidado é pouco ao fazer a manutenção desse sistema. Procure um bom mecânico e faça um bom diagnóstico antes de qualquer coisa.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)