É importante misturar a tinta do carro com a viscosidade certa, para que a tinta não corra linhas ou deixe o carro com um acabamento surrado. A maioria das oficinas de reparos e carrocerias cobra um preço alto para a realização de uma pintura no carro. Se você tiver as ferramentas certas e um bom entendimento das técnicas de pintura de carros, poderá realizar essa tarefa por conta própria.

Você precisa certificar-se de misturar a tinta corretamente, para que ela se espalhe uniformemente e flua suavemente da pistola de pintura. Antes de começar a trabalhar em uma pintura de carro, pesquise tutoriais online e dicas do tipo faça você mesmo para aprender a pintar o carro em algumas etapas simples. Siga também as orientações abaixo, para misturar a tinta automotiva corretamente.

Como diluir tinta automotiva: informações gerais

Ao contrário da maioria das outras tintas usadas em residências, a pintura do carro deve ser misturada com um thinner para obter uma viscosidade ideal. Se você não souber qual tinta é adequada ao seu veículo, consulte o manual do proprietário ou entre em contato com o revendedor de carros para descobrir qual tinta é melhor.

É aconselhável comprar um balde de mistura com marcas de medição que permitam determinar a quantidade correta de tinta ou redutor que você precisa colocar.

Leia as instruções listadas na lata de tinta. Tente se apossar das folhas de dados técnicos do produto que você comprou, para obter informações detalhadas sobre as proporções de mistura adequadas ao seu trabalho de pintura.

Lembre-se de que a proporção de redutores ou diluentes que devem ser usados ​​para tintas à base de água, tintas à base de solvente e tintas acrílicas é diferente. Portanto, você deve consultar as instruções listadas na lata antes de misturar a tinta.

Use o balde de mistura para derramar a quantidade necessária de tinta e redutor, ou primer e ativador. Misture bem esta solução e coe antes de derramar no copo de tinta que está preso à pistola.

Diluição de tintas automotivas

Diluindo tintas automotivas é possível pintar veículos com uma melhor cobertura e melhores resultados. (Foto: Hyperluxe)

Como preparar tinta automotiva: proporções e detalhes

Embora as proporções variem amplamente em vários produtos, as tintas metálicas à base de solvente são misturadas na proporção de 2:1 (2 partes de tinta: 1 parte thinner), enquanto as tintas à base de água são misturadas com um aditivo de 10%. Lembre-se, este aditivo também precisa ser à base de água.

Quando se trata de tintas acrílicas de 2 partes, você terá que usar uma combinação de endurecedores e diluentes para obter a viscosidade correta. Como orientação geral, a proporção de cor para endurecedor é 2:1 com uma adição de 10% de solvente.

É melhor não encher completamente o copo de pintura preso à pistola, porque ela fica pesada. Verifique também se a superfície a ser pintada está livre de poeira, partículas e amassados. Além disso, você deve permitir que a tinta seque pelo período recomendado antes de terminar com a camada superior.

Você deve realizar o trabalho de pintura meticulosamente, para obter ótimos resultados finais. Lembre-se também de estacionar o veículo em uma área bem ventilada para que os vapores da tinta não o afetem.

Mistura de tinta automotiva: passo a passo

As tintas são divididas em duas categorias: tinta à base de óleo, também conhecida como tinta alquídica, e tintas à base de água, conhecidas como tinta látex. A tinta à base de óleo usa solvente à base de petróleo como meio, enquanto a tinta de látex usa água como meio.

Até recentemente, era possível pulverizar apenas com tintas à base de óleo, pois eram mais finas que a tinta látex, não secavam tão rapidamente e não entupiam o bico da pistola. As tintas de látex agora são feitas de novas resinas sintéticas, compatíveis com a água, com uma consistência mais fina e úmidas o suficiente para serem usadas em uma pistola de pintura.

Hoje você pode usar uma pistola sem ar ou uma lata de aerossol para pintar com tinta látex. No entanto, você ainda pode achar que a tinta látex é muito grossa para o bico da pistola e precisa ser diluída. Veja como diluir a tinta látex para que possa ser usada em uma pistola de pintura.

1. Tinta látex

Materiais necessários:

  • Balde de 20 litros)
  • Água
  • Funil

Aqui está o que você faz:

Despeje a tinta no balde. Adicione 1/2 xícara de água para cada galão de tinta. Faça a homogenização

Verifique a espessura executando a tinta em um funil. Se ela flui livremente através do funil, você sabe que a tinta está bastante fina. Se a tinta for muito grossa, adicione 1/8 de xícara de água adicional por 3,8 litros de água e misture.

2. Tinta PU

Para tinta PU, é necessário usar um catalisador. A proporção estará na lata da tinta. A mistura, geralmente, é de 1 parte de catalisador para 3 partes, mas pode variar de acordo com a marca da tinta. Misture como a tinta látex usando o catalisador ao invés da água. Algumas marcas ainda pedem a diluição com água, mas verifique na lata as recomendações.

3. Tinta poliéster

Para a tinta poliéster, é preciso usar um solvente apropriado para a tinta, geralmente recomendado na lata da tinta. Pode ou não ser necessário usar um solvente ou água, de acordo com a recomendação na lata de tinta.

Lembre-se, adicionar água mudará a cor da tinta e o tempo de secagem. A água também precisará usar mais demãos de tinta para obter o acabamento desejado.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)