O que é um carro tropicalizado?

Escrito na categoria "Automóveis e veículos" por André M. Coelho.

Há algumas décadas atrás, tanto carros nacionais quanto os importados, apresentavam problemas frequentemente.

Isso acontecia porque os carros fabricados no país eram baseados nos carros estrangeiros e estes, não eram apropriados para o território brasileiro.

Com o tempo, a indústria foi evoluindo e os problemas nos carros nacionais foram sendo amenizados.

Porém, há pouco mais de 10 anos, quando as importações foram reautorizadas pelo governo, é que as condições dos veículos importados começaram a melhorar.

Nessa época, começou-se a ouvir o termo tropicalização de carro ou carro tropicalizado. Esses termos se referem aos carros importados que são adaptados de acordo com as condições do clima brasileiro, além do tipo de gasolina e das estradas (na maioria de má qualidade).

Tropicalização de carro

Interior claro costuma ficar escuro durante a tropicalização de carro

O termo carro tropicalizado não serve apenas para o caso acima. Um carro japonês que precise sofrer alterações para entrar no mercado americano também será um carro tropicalizado.

Ou seja, sempre que um carro, produto ou tecnologia estrangeira precise passar por alterações para se adaptar à um país, esses sofrerão tropicalização.

No Brasil, as principais alterações realizadas nos carros tropicalizados ficam por conta dos pneus, suspensão, vidros, direção, motor, sistema de alimentação de combustível e vedações do habitáculo.

Muitas vezes também é levado em consideração o gosto dos brasileiros, em alguns veículos o acabamento é mudado. Por exemplo, muitos carros que possuem o acabamento interno bicolor ou de cor clara chegam ao país em uma única cor e escura.

Algumas montadoras, como a Mercedes-Benz, não realizam a tropicalização de carro  já que os seus veículos passam por rigorosos testes e são adaptados para diversas condições climáticas e de terrenos.

Isso me faz lembrar que, as pessoas que pretendem importar algum veículo, devem levar em consideração que os carros importados não são tropicalizados.

Assim, dependendo da marca, o modelo poderá apresentar problemas (principalmente em relação ao combustível brasileiro que possui qualidade bem inferior).

Aproveite e saiba quais a marcas de carros mais seguras e quais os tipos de airbags disponíveis no mercado.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário