Os carros chineses chegaram com tudo ao mercado brasileiro, oferecendo pacotes enormes de equipamentos, design arrojado e moderno, tudo por um preço considerado razoável e até mesmo mais baixo em comparação com as marcas já consagradas no Brasil. Mas uma pergunta que não quer calar é: vale a pena comprar um carro chinês? Compensa? Quais são as vantagens frente aos outros carros? Quais as desvantagens? O carro chinês possui a mesma qualidade dos carros de marcas europeias e dos produzidos no Brasil? Vamos analisas essas questões!

As vantagens dos carros chineses frente às outras marcas se dão basicamente pela relação entre seu preço e os itens de série oferecidos. Os carros vêm praticamente completos, com ar-condicionado, trio elétrico, air bags, CD-player MP3 com entrada USB, direção hidráulica, freios ABS, rodas de liga leve, regulagem do volante, dentre muitos outros equipamentos. Esta é uma regra entre os carros chineses vendidos no Brasil, e sua principal estratégia de marketing. Compra-se um carro chinês completo por um preço similar a um carro de outra marca sem equipamento algum. Por exemplo, o Chery QQ é o carro popular mais barato do Brasil, vendido por R$ 22.900,00 e contendo todos os itens listados acima. Em termos de categoria ele pode ser comparado ao Novo Uno, que em sua versão básica custa R$26.490,00, com pouquíssimos itens de série. A relação custo/benefício de um carro chinês é, portanto, inegável.

Devo comprar um carro chinês?

Este é o Effa M-100. O carro popular mais barato à venda no Brasil. Vale a pena?

As desvantagens dos carros chineses frente aos outros carros vendidos no Brasil estão relacionadas principalmente ao pós-venda. Isso quer dizer da disponibilidade de peças, manutenção e mão de obra qualificada para resolver problemas. Se o seu carro necessitar da troca de alguma peça e de revisão especializada, você pode ficar a ver navios, esperar muito por isso e ainda pagar caro. Em contato com uma concessionária da Chery, um amigo disse ter procurado por um farol novo. Disseram que a peça não estava disponível e demoraria em média 10 dias para chegar. Diante disso você acha que vale a pena? Outra desvantagem é a ausência de motores flex. O bicombustível é preferido por muitas pessoas em função de sua economia. É uma tecnologia que também desbanca o carro chinês frente aos outros.

A nossa opinião é, portanto, a seguinte: aguardar mais um pouco pela consolidação das marcas por aqui e até procurar participar das pesquisas a respeito das demandas dos brasileiros em relação aos carros. Com o tempo acreditamos que as marcas chinesas irão disponibilizar um pós-venda completo e adequar sua tecnologia às nossas demandas.

5 comentários para “Compensa comprar um carro chinês?”

  1. Felipe

    A foto é um Effa M-100, não um Cherry QQ

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Felipe!
      Muito obrigado por informar o erro.
      Corrigimos a legenda!
      Leitores como você fazer o site cada vez melhor.

      Responder
  2. Anderson

    Não sei de quando é este artigo. Hoje as montadores chinesas estão mais consolidadas no mercado ou ainda é preciso aguardar mais?

    A concessionária mais perto de minha cidade está a quase 200km.

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Anderson, deram uma melhorada considerável. Mas vale mesmo pesquisar a opinião do público, em geral, e de mecânicos sobre a confiabilidade dos veículos chineses, bem como preço de peças, problemas mais comuns, etc.

      Responder
  3. Almir Ferreira

    Bom dia, as pessoas ficam com medo de comprar, só porque é Chinês, mas outras marcas, tem grande parte de suas peças e/ou acessórios produzidos na China.

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)