Para alguns de nós, os arranhões nas portas de nossos carros são uma grande aflição, principalmente aqueles arranhões que aparecem perto das maçanetas. Não só para eles prejudicam a imagem limpa do seu carro como são feios para o visual de seu automóvel. Depois de meses de chaves batendo nas portas, arranhões de pequenos esbarrões, e arranhados na porta causados por unhas, é hora de dar uma solução a este problema e retornar o visual da porta do seu carro para o esplendor antigo.

O que provoca arranhões na porta do carro?

Você causa arranhões na porta do carro com anéis, chaves e unhas, raramente com esbarrões. Estes arranhões na porta, principalmente no caso de arranhões próximos da maçaneta do carro, só aparecem com o tempo. Pense em quantas vezes você abriu a porta do carro, suas unhas bateram a pintura, talvez uma chave ou duas batendo contra o acabamento. Se você fosse fazer isso com qualquer outra parte da pintura do seu carro, exatamente a mesma coisa iria acontecer. Sem a proteção adequada, você vai acabar causando arranhões. Felizmente, removê-los é quase tão fácil como causá-los.

Removendo arranhados na maçaneta do carro

Arranhões nas maçanetas podem ser removidos com um pouco de cuidado e manutenção na pintura do seu veículo. Porém, você precisa proteger a pintura assim que acabar, pois não pode deixar que os elementos danifiquem de novo sua lataria. (Foto: www.autogeekonline.net)

Lave e use uma Clay Bar/Barra de Argila

Não importa se você está polindo uma maçaneta da porta ou o carro inteiro, você sempre quer ter certeza de que você tenha removido qualquer contaminação da superfície antes de começar o procedimento. O primeiro passo para fazer isso é lavar seu carro com um sabão de pH equilibrado para lavagem do carro. Depois de lavado e seco, use a barra de argila/clay bar na área que vai receber o polimento. Você pode querer aproveitar esta oportunidade para lavar e usar a clay bar no carro inteiro. Faça isso do jeito certo, ou você corre o risco de arranhar seu carro.

A argila deve ser usada em conjunto com um silicone spray ou lubrificante apropriado. Use uma “bolinha” da clay bar achatada na ponta dos dedos, como um pequeno “disco” de clay bar. Borrife o lubrificante na área a ser limpa e passe a clay bar em movimentos de vai e vem, fazendo pressão leve sobre a superfície. Sempre que a barrinha travar, borrife mais lubrificante. Dobre a barra de argila quando estiver muito suja, colocando a sujeira para dentro dela. Limpe a superfície onde você passou a clay bar com um pano de microfibra. Para guardar a clay bar, borrife o lubrificante nos dois lados dela e pronto.

Polindo a área

Como regra geral, não use o composto de polimento mais pesado que você pode encontrar. Seja simplesmente um polimento nas maçanetas ou o acabamento geral do carro, o polimento mais pesado pode levar à deterioração prematura do verniz. Para o polimento das maçanetas e das áreas abaixo, atrás e em torno delas, despeje uma quantidade generosa de composto de polimento para suavização na mão em um aplicador de espuma. Use um movimento circular para garantir uma cobertura completa. Algumas áreas podem precisar de mais atenção, então repita se necessário.

Se você negligenciar a sua pintura e deixar os arranhados continuarem, pode chegar ao ponto onde você precisará de uma máquina para limpar ao redor das maçanetas. Neste caso, recomendamos um polidor orbital e não uma máquina de alta velocidade. Você ainda vai precisar fazer algum polimento à mão para chegar atrás da alça da maçaneta e em locais apertados.

Aplique verniz para pintura

O verniz é usado ​​após o polimento para preencher eventuais imperfeições remanescentes. O composto de polimento faz um bom trabalho no arredondamento bordas e fazendo arranhões menos evidentes ao olho humano, mas eles não podem remover riscos mais profundos ou mesmo aqueles que passaram das camadas de proteção da tinta de seu automóvel. É o trabalho do verniz encobrir essas pequenas manchas e, finalmente, deixar a sua superfície cristalina. Aplique o verniz tal como você faz com o composto de polimento e certifique-se toda a área está completamente coberta. A superfície deve ter agora uma ótima aparência, mas você ainda precisa proteger corretamente a pintura do seu carro.

Proteção ao acabamento

Indiscutivelmente o passo mais importante em todo o processo, você sempre tem que proteger seu trabalho duro e dar à sua pintura a proteção adequada contra os elementos. Isso, é claro, termina o processo, certificando-se de que o verniz não desgastará nas próximas semanas por terem alguma imperfeição. Existem proteções mais resistentes para a tintura em áreas que são mais “castigadas”, onde você pode reforçar para evitar arranhões. É também possível que você aplique adesivos de proteção nas maçanetas, que podem ser transparentes ou na cor de sua preferência. Estes só devem ser aplicados após você fazer todos os procedimentos acima, caso já tenha arranhões no carro, ou antes de começarem a aparecer os arranhões, caso você ainda tenha a pintura do carro intacta.

Considerações Finais

Se você seguir os passos acima, você vai ser capaz de remover com êxito arranhões de unhas na pintura do seu carro, arranhões causados por chaves, e assim por diante. O que é mais importante a partir deste artigo, no entanto, pode ser resumido em uma palavra: proteção. Você deve proteger sua pintura e lataria sempre que fizer processos de polimento e limpeza do carro. Tudo que você tem a fazer é aplicar um selante de pintura de qualidade e seu carro terá um ótimo visual por longos períodos de tempo, e você não vai ficar cheio de arranhões feios em torno das maçanetas do seu carro.

Você usa quais produtos para consertar a pintura do seu carro? Quais produtos você recomenda? Como você faz a proteção da lataria de seu carro?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)