A privatização das rodovias brasileiras foi uma necessidade que trouxe muitas melhorias na qualidade de nossas estradas, além de maior segurança e suporte por parte das concessionárias que são responsáveis pela administração e manutenção delas. Para que a qualidade seja mantida porém, há um preço a ser pago, que é o pedágio.

Muitos acham que os valores são caros ou que a responsabilidade das estradas é apenas e somente do governo. Porém, é indiscutível que as estradas privatizadas valem cada centavo pago nos pedágios. E para te ajudar a planejar melhor suas viagens, vamos falar aqui sobre o preço de pedágio nas principais rodovias do Brasil.

Através do site da ABCR – Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias, você consegue visualizar as tarifas de pedágio de todas as rodovias do Brasil ou pelo nome da concessionária. É simples o processo: basta acessar este link, escolher a concessionária ou rodovia e clicar em “Pesquisar. Agora vamos para o processo de planejamento da viagem.

Antes de você verificar as tarifas, veja primeiro o percurso que irá fazer através de algum mapa online, GPS ou por algum guia que te ajude. Assim que ele estiver pronto, vá ao site da ABCR e verifique os preços dos pedágios. Pesquise na internet a qualidade das estradas e em quais trechos você deve ser mais cauteloso, evitando surpresas desagradáveis como uma estrada de má qualidade ou tráfego pesado.

Preços dos pedágios

No site da ABCR, você pode verificar todas as tarifas de pedágio das estradas brasileiras por rodovia ou concessionária. (Foto: makivelpoliticademocratica.blogspot.com)

Alguns motoristas tem optado por estradas paralelas para não pagar pelo pedágio. Isso é um erro grave. Além dos pedágios terem um valor muito pequeno pelos benefícios que oferecem, as estradas paralelas normalmente não são muito bem monitoradas, além de ter um estado de conservação questionável. Se você for desses que quer economizar para uma viagem, provavelmente também deve ser do tipo que economiza na manutenção preventiva do veículo, o que é mais um erro.

Leve o veículo ao seu mecânico de confiança e peça para ele fazer uma revisão para sua viagem. Troque os pneus antes da viagem, caso seja necessário, nunca depois. Previna-se contra acidentes. Tome todo o cuidado e precauções para não ser pego de surpresa durante sua viagem.

Marinheiros de primeira viagem e motoristas mais experientes devem ficar cientes que o planejamento é a alma da economia e segurança em uma viagem. Gaste todo o tempo necessário para se preparar, arrume todo e no fim das contas, curta a viagem o máximo que puder. Você vai ver que pagar pelo pedágio não é tão ruim assim.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)