Lâmpada h4: qual preço e pra que serve?

Escrito na categoria "Acessórios e opcionais" por André M. Coelho.

Para aqueles que são leigos com os muitos tipos de lâmpadas de farol, descobrir a diferença entre cada lâmpada pode ser confusa. Saber mais sobre as diferenças entre várias lâmpadas e acessórios automotivos ajudará você a comprar as melhores lâmpadas para o seu carro. Neste artigo, aprenderemos mais sobre a lâmpada H4 e seus usos.

Tipos de lâmpada H4

Existem várias categorias principais de lâmpadas encontradas nos veículos de hoje. Algumas lâmpadas podem ser usadas para grandes funções, como faróis ou luzes de freio. Outras lâmpadas são usadas apenas para peças menores, como luzes interiores ou luzes de sinalização. Os motoristas geralmente estão preocupados apenas com a primeira categoria, pois são as lâmpadas que você usará para iluminar a estrada.

As lâmpadas H4 caem nesta primeira categoria. Elas são únicas porque as lâmpadas H4 são usados ​​apenas em faróis, graças a algumas propriedades especiais, que vamos discutir mais tarde neste artigo.

Conexões para lâmpada de farol

Existem muitas conexões de lâmpadas diferentes por aí. Se você está fazendo compras para lâmpadas de farol, você provavelmente descobrirá que o mais comum é H1, H3, H7 e H4, entre outros. O que faz com que cada bulbo seja exclusivo é o tipo de encaixe ou base, mais facilmente identificado pelos pinos que são usados ​​para conectar a lâmpada.

A maioria dos acessórios de lâmpada de faróis, incluindo os lâmpadas populares H1 e H7, têm dois conectores na base. Algumas lâmpadas, como a lâmpada H3, parecem um pouco diferentes. A H4 é fácil de identificar por causa de sua base de três conectores, que é única entre essas lâmpadas diferentes.

Lâmpada H4 para veículos

Uma lâmpada h4 se refere a um tipo de conector que as lâmpadas de faróis geralmente usam em veículos. (Imagem: PIAA)

Filamentos na lâmpada H4

A maioria das lâmpadas de farol, incluindo aquelas que mencionamos aqui, são lâmpadas de filamento único. Isso significa que há apenas um filamento ou fio, dentro da lâmpada. Os filamentos são a parte da lâmpada que realmente acende, produzindo o brilho que ilumina a estrada.

Enquanto as lâmpadas H1, H3 e H7 têm apenas um filamento, o H4 é um bulbo de filamento duplo. Em vez de apenas uma luz produtora de luz, a lâmpada H4 tem duas. Isso permite que a lâmpada H4 sirva como o feixe principal e os faróis do feixe mergulhados em uma única lâmpada. Com outros tipos de lâmpada de faróis, você precisará comprar duas lâmpadas separadas – uma para o feixe principal e outra para o feixe de farol baixo.

Claramente, isso faz com que a lâmpada H4 seja superior à maioria das outros lâmpadas de farol em termos de conveniência. Também pode salvar o tempo e dinheiro dos motoristas, como você comprará menos lâmpadas e salvar-se o incômodo de substituir as lâmpadas de feixe principal e baixo.

Usos e preço da lâmpada H4

A lâmpada H4 foi originalmente inventada para uso em carros de corrida. No entanto, seu uso foi principalmente restrito a carros europeus por décadas. Nos Estados Unidos, as lâmpadas H4 eram populares em motocicletas, mas não podiam ser usados ​​em carros ou caminhões devido a restrições legais que exigem faróis selados.

Mesmo quando essas restrições foram levantadas, as lâmpadas H4 foram banidas por agências reguladoras nos Estados Unidos. As lâmpadas de filamento duplo não eram precisas o suficiente para atender às restrições nos padrões de feixe para os faróis dos EUA, pois poderiam facilmente apontar para cima e cegar o tráfego.

Como resultado, uma lâmpada alternativa chamada HB2 ou 9003 foi desenvolvida. Isso pode ser bastante confuso para os consumidores. A H4, a HB2 e a 9003 são essencialmente todas as mesmas lâmpadas e podem ser usados ​​de forma intercambiável. Muitas lâmpadas que se ajustam a essa especificação apresentarão todos os três rótulos na embalagem.

Seja qual for a opção, o preço de uma lâmpada H4 de uma boa marca para os veículos populares estão entre 1% e 5% do salário mínimo. Dependendo também da tecnologia utilizada, ela pode ser um pouco mais cara, mas geralmente não varia acima de 10% do salário mínimo, mesmo para lâmpadas de veículos mais caros.

Lâmpada H4 de halogênio ou de LED?

As lâmpadas H4 estão disponíveis em halogênio e LED. Bulbos de halogênio são o estilo tradicional de lâmpada automática. Eles são tipicamente o tipo menos dispendioso de lâmpada, especialmente quando comparado a lâmpadas de hid Xenon mais recentes. Bulbos modernos de Halogênop H4 vêm em uma variedade de estilos e seus rivais de desempenho das lâmpadas de Xenon.

Lâmpadas LED são frequentemente usadas por motoristas que querem uma aparência elegante para seus faróis. Elas são mais caros que os lâmpadas de halogênio, mas duram por mais tempo. Lâmpadas LED podem ter uma temperatura de cor mais fria, o que significa que parecem ser uma cor branca ou azul brilhante.

Se você quer um visual moderno e desempenho duradouro, lâmpadas LED são ótimas. No entanto, lâmpadas LED H4 não são legais para uso na estrada para todos os veículos como lâmpadas de farol. Para muitos motoristas, isso significa que as lâmpadas de halogênio são sua única opção viável.

Quando usar lâmpadas H4?

Os motoristas não têm muita escolha quando se trata das lâmpadas em seus faróis. Como diferentes tipos de bulbo têm diferentes acessórios, eles não são intercambiáveis. Se o seu veículo requer lâmpadas H4, você não pode simplesmente mudar para outro encaixe de lâmpada. A única exceção é a lâmpada HB2 ou 9003, que são idênticas às lâmpadas H4.

Não tenho certeza de que tipo de lâmpadas você precisa? Verifique para encontrar o encaixe da lâmpada correta para o seu veículo usando um localizador de lâmpadas oferecidos por diferentes fabricantes, verifique no manual do veículo, ou simplesmente pergunte nos comentários e iremos ajudar!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário