O setor automobilístico continua repleto de novidades, nos diversos segmentos. Como tem sido mostrado, tanto aqui quanto em outros sites e mídias, umas das tendências atuais são os carros compactos e de baixo custo.

As fabricantes que não tinham um veículo desse porte estão ou já desenvolveram as suas versões. Enquanto algumas marcas que possuem compactos, estão reestilizando ou criando uma nova geração.

Extraordinariamente, algumas fabricantes preferem criar um modelo novo para colocar no lugar do que se pretende tirar de linha. E esse é o possível caso do Chevrolet Spark.

Ainda sem previsão de desembarque no Brasil, o modelo possui a mesma plataforma do Cobalt (porém neste ela é extendida). Ele já está sendo produzido na Argentina e já é encontrado em diversos países europeus, alguns sul americanos e nos EUA.

Frente do Spark

Frente do Chevrolet Spark

Traseira do Spark

Traseira do Chevrolet Spark

Lateral do Spark

Lateral do Chevrolet Spark

Caso venha para terras tupiniquins, há grandes chances dele substituir o defasado Celta. Isso porque a Chevrolet vem renovando toda a sua frota, o Cobalt entrou no lugar do Astra, o Cruize aposentou o Vectra e por aí vai.

O Spark é um veículo compacto, alguns centímetros menor que o Celta, e voltado para o uso individual e diário nas grandes cidades. Suas dimensões são as seguintes: 3,64 m de comprimento, 1,60 m de largura, 1,55 m de altura, 2,38 m de entre-eixos, porta-malas com capacidade para até 170 litros e tanque de 35 litros.

O modelo é equipado com motor Ecotec 1.2 DOCH que gera 80 cv de potência, 11,3 kgfm de torque máximo e o câmbio é manual de 5 marchas. O consumo fica em torno de 17 km/l na cidade.

Interior do Spark

Interior do Chevrolet Spark

Painel do Spark

Painel do Chevrolet Spark

O design é moderno, com linhas angulosas e a grande grade frontal, característica da marca. Os faróis são alongados (grande tendência do mercado), os vincos são bem pronunciados e as maçanetas das portas traseiras ficam escondidas na moldura da janela.

A traseira e a lateral lembram o Ford Ka, porém as lanternas traseiras são arredondadas e possuem um visual moderno. A cabine, apesar de pequena, consegue ser espaçosa.

O painel de instrumento, inspirado no painel de motocicletas, possui mostradores que variam entre analógico e digital e a iluminação é azulada. A cor do veículo acompanha algumas partes do interior (painel e lateral), além de aparecer também no tecido.

Se o Spark vier para o Brasil, seus principais concorrentes serão: o Toyota Etios, Gol, Novo Uno, Chery QQ, Nissan March, Kia Picanto, Ford Ka e Hyundai HB. Opções de escolha é que não irão faltar.

Veja também o Novo Chevrolet Sonic, concorrente de carros como o VW Polo, Fiat Punto, New Fiesta e Honda Fit.

 

 

2 comentários para “Chevrolet Spark – O que esperar?”

  1. Edite Antunes de Oliveira

    Estou ansiosa para a chegada do spark. Meu primeiro carro, quero por ser pequeno.

    Responder
  2. Edite Antunes de Oliveira

    Quero por ser carro pequeno. Espero que alcance minhas expectativas.

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)