Que o mercado automobilístico ao em alta, principalmente no Brasil, todo mundo já sabe. Agora, um segmento que vem sendo bastante explorado pelas montadoras é o de veículos compactos e populares.

A Nissan criou o March, a Volkswagem já comercializa no exterior o Up, a Chevrolet tem o Spark (que desembarcará em terras tupiniquins em breve), a Hyundai lançará o HB e por aí vai. Bom para o consumidor, que tem mais opções de modelos.

Esse ano, mais um modelo chega no país para aumentar a lista desse tipo de veículo: o Toyota Etios. A previsão é que ele seja apresentado ao grande público em agosto (expostos em shoppings de todo o país) e comece a ser vendido a partir de setembro. Ele também ficará exposto no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro.

Apesar de ser um veículo compacto, ele é bem espaçoso. Acomoda até 5 pessoas e os passageiros do banco traseiro, mesmo um pouco mais altos, não chegam a encostar a cabeça no teto. O espaço para as pernas de quem vai no banco traseiro é bom e no centro, o assoalho é praticamente plano, o que melhora a vida de quem vai no meio.

Etios da Toyota

Toyota Etios

Toyota Etios Hatch

Traseira do Toyota Etios Hatch

Interior do Toyota Etios

Painel do Toyota Etios

O design é conservador, sem ousadia ou modernidade. As linhas lembram muito o Renault Logan e o Nissan Tiida. O interior também não tem nenhuma novidade, o acabamento é simples, mas de boa qualidade (há presença de muito plástico e o tecido é comum).

Um detalhe importante e que se tornou prejudicial é o painel de instrumentos. Ele se localiza no centro, alinhado ao console central, o que prejudica a visibilidade e tira a atenção do condutor.

Há rumores de que o Etios virá de fábrica com airbag frontal e freios ABS com EBD, além de alarme, ar condicionado e som com entrada usb. Mas, nenhuma informação mais detalhada (potência, itens de série e opcionais) foi divulgada pela marca.

O carro será disponibilizado em versão hatch e sedã. O hatch terá as seguintes medidas: 3,78 m de comprimento, 1,69 m de largura, 1,51 m de altura, 2,46 m de entre-eixos e porta-malas com capacidade para até 263 litros.

Já a versão sedã terá a mesma largura e altura porém, 4,26 m de comprimento, 2,55 m de entre-eixos e porta-malas com capacidade para até 595 litros (muito bom e maior do que a maioria, mesmo no segmento de sedã grande e de luxo).

A versão hatch terá duas opções de motor: 1.3 ou 1.5, bicombustível, 16 válvulas, 4 cilindros e duplo comando de cabeçote. A versão sedã será equipada somente com o motor 1.5. Em ambas versões só haverá opção de câmbio manual de 5 marchas.

O veículo será produzido no Brasil e custará a partir de R$ 30 mil reais, podendo chegar a quase R$ 50 mil a versão top de linha com todos os opcionais disponíveis.

Ele terá que surpreender para conseguir tomar uma parcela do segmento. Seus concorrentes são os mais variados: Gol, Voyagem, Novo Palio, Grand Siena, Picanto, Fiesta, Logan, etc.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)