Neste Natal resolvi pegar estrada para visitar minha avó no interior de Minas Gerais. Em menos de 1 hora de viagem me lembrei precisamente do motivo pelo qual não gosto de dirigir nos feriados prolongados: os desonestos que existem nas estrada.

Em um engarrafamento de 1 hora mais de 200 veículos cortaram caminho sobre o direito alheio trafegando pelo acostamento. Há alguns tão corruptos e descarados que chegavam a cortar caminho entrando e saindo de postos de combustível e restaurantes, se aproveitando de qualquer porção de terra que pudessem passar seu veículo e levar vantagem sobre quem estava andando na lei.

Em mais uma ocasião presenciei ultrapassagens super perigosas em locais com sinalização de faixa contínua e sobre pontes! As aberrações que dirigiam tais veículos saíam em alta velocidade na contramão sem nenhuma preocupação sobre onde iriam enfiar o carro quando outro viesse na mão correta de direção. Eu tenho uma ótima sugestão para estes! São homicidas e suicidas velados que estão a mercê do acaso para assumirem o posto!

Cheguei a conversar pela janela do veículo com um destes condutores. Ele teve a audácia de dizer “ eu não estou fazendo nada errado”. Eu deixei claro que ele sabia e que estava dando um péssimo exemplo para os filhos que acompanhavam tudo, a cada viagem. Mas isso me alivia? Nada!

Sinceramente estou cada vez mais desanimado com esta país hipócrita, em todos os sentidos. Mas no trânsito é onde existem um dos piores problemas: a vida das pessoas está em jogo, diretamente! Achei um grande passo as modificações na lei seca aumentando as multas e tornando as provas em vídeos e testemunhais suficientes para indiciamento e sugiro algo novo a seguir!

Devem ser aceitas provas em vídeo e fotos para fins de penalização e multa devido a infrações de trânsito

Eu gostaria de começar uma discussão sobre tal sugestão nos comentários abaixo, nas redes sociais, nas festas de fim de ano. Os infratores que fingem cumprir a lei apenas quando tem certeza da fiscalização pensariam muitas vezes em desrespeitar quem estivesse gravando tudo! Além disso, câmeras em cruzamentos e vias muito movimentadas nas cidades poderiam ser usadas facilmente para aplicar multas a vários tipos de infração! A maior parte das infrações podem ser detectadas sem nenhum aparato tecnológico caro, precisam apenas do respaldo da lei para tornar válido o que já existe!

Prisma HFP 7856 cometendo infração de trânsito

Infração de trânsito gravada em vídeo. Um absurdo esse tipo de coisa ainda acontecer nas estradas brasileiras! (Foto: arquivo pessoal)

Um passageiro que viajava comigo fez alguns vídeos no dia 22/12/2012 pela manhã na BR 040, antes de Curvelo, mostrando o total desrespeito às leis de trânsito e principalmente aos outros motoristas.

Nos dois vídeos, as placas ficam bem legíveis se assistir em alta resolução!

Neste primeiro vídeo é possível ver diversos motoristas ultrapassando pelo acostamento, mesmo quando é necessário sair da estrada para isto.

Neste segundo vídeo fica claro que o motorista que ultrapassa e chega a parar seu veículo na contramão colocou todos os presentes em grande risco. É um Chevrolet Prisma placa HFP-7856, mostrado na figura do início deste artigo.

Em várias outras situações seria um crime colocar a vida de outras pessoas em risco como ocorre neste vídeo. Somente no trânsito tais barbaridades são tratadas como “infrações de trânsito”. O que foi feito aí deveria ser tão sério quanto manusear explosivos dentro de um avião ou em um local com grande fluxo de pessoas! Imagine se a carreta que passou  ( aos 00:35 )  perde o controle e passa por cima de todos os carros parados?

Cansei de discutir estes assuntos e ainda encontrar pessoas que consideram “normal” e até mesmo “inteligente” quem age desta maneira. O pior é ainda ser considerado “errado” não concordar com tais atitudes! Como se ganhar tempo “roubando” o tempo dos outros fosse algo comum. Isto está enraizado na cultura deste país. E há quem acredite que tal comportamento é restrito a certas classes sociais. Por tudo que já presenciei eu duvido muito. Se o carro pode ser usado como uma dica a respeito da condição social do indivíduo, eu já vi este tipo de comportamento abusivo tanto em Fiat Uno quanto em Hyundai iX35! É gente de todo tipo que faz isso!

Ainda acredito em maneiras de mudar isto através da conscientização mas acho também imprescindível que a lei facilite o processo de indiciamento. Quando fotos e gravações de vídeo puderem ser usadas como provas de infrações de trânsito, vai ser bem mais difícil escapar impune! Pior é pensar que esse cara só receberia como punição, no máximo, uma multa e pontos na carteira.

Se você tem algo a dizer, compartilhe, escreva, dê sua opinião aqui!

Um comentário para “A roleta russa das estradas brasileiras!”

  1. Leandro Israel

    Realmente muito bom se considerassem as filmagens! Até mesmo durante os dias “normais” poderiam ser úteis, por exemplo, dizem que motociclistas desrespeitam o trânsito, em contrapartida dizem que motoristas desrespeitam os motociclistas, e por isso são forçados a fazer barbaridades. Uma filmagem mostraria quem é o errado da vez. Mesmo vale para os pedestres cangurus que simplesmente pulam na faixa sem esperar os carros pararem, e então sendo atropelados!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)