Algumas montadoras têm apostado nos carros elétricos. Estes estão começando a engatinhar no Brasil mas, já são sucesso na Europa.

A Renault é uma das fabricantes que tem investido bastante no segmento. Desenvolveu 3 veículos sendo que dois são modelos já existentes porém, em versão elétrica.

A grande estrela da marca fica por conta do Twizy, um carro que elétrico que lembra muito um quadricículo. O modelo foi lançado na Europa no meio do semestre passado e vendeu mais de 4 mil unidades em menos de um mês do lançamento.

O design é simples, ousado e moderno. O carrinho chama a atenção por onde passa já que é totalmente diferente. No meio do ano, o Twizy recebeu o prêmio de melhor design de 2012 na sua categoria no Red Dot Design Award (uma das premiações mais importantes de design do mundo).

O carro elétrico da Renault tem capacidade para 2 pessoas (uma atrás da outra). Suas medidas são bastante enxutas: 2,32 m de comprimento, 1,23 m de largura e 1,46 m de altura. Assim, ele cumpre com méritos o seu papel de veículo voltado para os centros urbanos (ocupa pouco espaço).

Frente do Twizy

Frente do Renault Twizy

Traseira do Twizy

Traseira do Renault Twizy

Lateral do Twizy

Renault Twizy com portas opcionais

Ele foi desenvolvido apenas para locomoção nas cidades, literalmente. Não possui ar condicionado, som e nem janelas. As portas são opcionais e se abrem para cima.

O veículo é basicamente uma “gaiola” de aço coberta por fibra e plástico o que proporcionou bastante leveza, apenas 450 kg. O volante é comum (igual ao de qualquer carro) e o painel digital mostra apenas as informações básicas (velocidade, hora, autonomia e carga da bateria).

O RenaultTwizy possui airbag frontal e freio a disco nas quatro rodas. O cinto de segurança é de três pontos porém, o motorista também possui um outro cinto horizontal que ajuda a segurar o condutor no caso de colisão lateral.

A suspensão é bastante firme, o que pode prejudica um pouco o conforto, e a estabilidade é excelente. É possivel dirigir de uma forma mais agressiva que o veículo não dá nenhum sinal de inclinação.

Painel do Twizy

Painel do Renault Twizy

Detalhes do Twizy

Detalhes do Renault Twizy

O modelo é disponível em duas versões: Twizy 45 (motor elétrico de 9 cv de potência e velocidade máxima de 45 km/h) e Twizy 85 (com 17 cv de potência e 85 km/h de velocidade máxima).

A bateria possui autonomia de 100 km e é recarregada em apenas três horas e meia através de qualquer tomada doméstica de 220 v. No exterior, os proprietários do Twizy pagam um valor mensal para o aluguel da bateria.

Ainda não há previsão para que o Twizy desembarque por aqui. Se houver incentivos fiscais, como a redução do IPI, pode ser que o veículo chegue no Brasil já em 2013.

Mesmo assim, caso venha para o país, o modelo será para poucos devido ao custo x benefício. No exterior, um Twizy custa em média R$ 19 mil reais. Se chegar aqui ele custará no mínimo uns R$ 45 mil reais. Assim, acho que o brasileiro ainda preferirá o carro comum do que um elétrico.

Apesar do carro elétrico não emitir gases poluentes, ele não é tão ecológico. As baterias não são recicláveis e para ser recarregadas, é necessário uma fonte de energia não renovável. Sendo assim, a indústria ainda continua a procura da fonte de energia perfeita.

Se você é ecologicamente correto e tem uma grana sobrando, dê uma olhada no Toyota Prius (o híbrido mais vendido do mundo) que desembarca no Brasil.

6 comentários para “Renault Twizy – Qual o preço de ser ecológico no Brasil?”

  1. Silvio Laeth Barros Almada

    Gostei muito do carro elétrico Renault twizy. Gostaria de comprar um.

    Responder
  2. Alfonso Menegassi

    Quando começam as vendas. Quero um!

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Por enquanto Alfonso, ele só é montado no Brasil. Mas faz uma pressão na Renault que a gente consegue que ele seja vendido aqui.

      Responder
  3. Maxwell

    Não vejo o recarregamento com um problema deste pequenino. Um painel solar resolveria o seu problema “ecológico” e ficaria 100% energia renovável. Já as baterias…estas sim são um problema sério…resolvido na Europa com o contrato de aluguel. Chegando ao final da vida útil, são trocadas.

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Sim, mas são caras. E não é tão fácil fazer um carro solar. A eficiência das placas solares não é tão boa ainda para alimentar um veículo.

      Responder
  4. Veninna

    Moro em roma e este tipo de carro tem aqui como se fossem gols ai no brasil, smart e twizy servem muito bem aqui por causa das ruas pequenininhas. Minha filha que esta começando a dirigir ama esse carro pois é muito facil de manobra-lo, mas não sei se esse tipo de carro será lançado tão brevemente no brasil, pois o smart não teve muito sucesso e a renault deve estar apreensiva em lança-lo no Brasil por causa disso

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)